06 Maio 2021
Bolsonaro diz que não citou a China ao falar em vírus de laboratório

Bolsonaro diz que não citou a China ao falar em vírus de laboratório

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta 4ª feira (5.mai.2021) que o Brasil é “muito importante” para a China e negou ter citado o país asiático em declaração sobre a origem do novo coronavírus.

Mais cedo, em evento no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo levantou a possibilidade de a covid-19 ter sido criada em “laboratório”. Não há indícios de que isso tenha acontecido. “Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês”, afirmou.

A China, com 2% de crescimento, teve o 2º melhor desempenho econômico em 2020 entre 50 países analisados pela Austin Rating. O 1º foi Taiwan (3,1%).

A declaração repercutiu negativamente. O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse que a fala de Bolsonaro pode “piorar” a chegada de insumos chineses para produção de vacinas. O presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, Fausto Pinato (PP-SP), disse que o presidente pode ter uma “grave doença mental” que o faz “confundir realidade com ficção”.

À noite, Bolsonaro se justificou, afirmando não ter citado diretamente o país asiático em seu discurso.

“Eu sei o que é guerra biológica, o que é guerra química, guerra nuclear. […] Só falei isso e mais nada. Agora, vocês da imprensa não falam onde nasceu o vírus. Falem. Ou estão temendo alguma coisa. Eu não falei a palavra China. […] Muita maldade para atrair atrito com um país que é muito importante para nós. E nós somos muito importantes para ele”, afirmou.

A matéria-prima para produção das duas vacinas produzidas no Brasil é o IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), cujo o maior exportador é a China.

O presidente falou sobre o caso ao recepcionar o motorista Robson Oliveira, que foi indultado pela Rússia por porte de medicamento ilegal no território. No Brasil, a substância é permitida.