Blog do Adriano Roberto


As duas justiças dos juízes indicados e dos concursados
Autor
Adriano Roberto

As duas justiças dos juízes indicados e dos concursados

Uma juíza diz em artigo que existem duas justiças no Brasil: A dos juízes indicados por políticos e a dos juízes concursados

Os ministros do STF Gilmar Mendes, Dias Tófolli e Ricardo Levandovisk soltaram Zé Dirceu. Convido meus internautas a ler o texto abaixo, da lavra da juíza Ludmila Lins Grillo, com o qual o País todo concorda plenamente.

"Sempre que o STF profere alguma decisão bizarra, o povo logo se apressa para sentenciar: “a Justiça no Brasil é uma piada”. Nem se passa pela cabeça da galera que os outros juízes – sim, os OUTROS – se contorcem de vergonha com certas decisões da Suprema Corte, e não se sentem nem um pouco representados por ela.

O que muitos juízes sentem é que existem duas Justiças no Brasil. E essas Justiças não se misturam uma com a outra. Uma é a dos juízes por indicação política. A outra é a dos juízes concursados. A Justiça do STF e a Justiça de primeiro grau revelam a existência de duas categorias de juízes que não se misturam. São como água e azeite.

São dois mundos completamente isolados um do outro. Um não tem contato nenhum com o outro e um não se assemelha em nada com o outro. Um, muitas vezes, parece atuar contra o outro. Faz declarações contra o outro. E o outro, por muitas vezes, morre de vergonha do um.

Geralmente, o outro prefere que os “juízes” do STF sejam mesmo chamados de Ministros – para não confundir com os demais, os verdadeiros juízes. A atual composição do STF revela que, dentre os 11 Ministros (sim, M-I-N-I-S-T-R-O-S!), apenas dois são magistrados de carreira: Rosa Weber e Luiz Fux.

Ou seja: nove deles não têm a mais vaga ideia do que é gerir uma unidade judiciária a quilômetros de distância de sua família, em cidades pequenas de interior, com falta de mão-de-obra e de infra-estrutura, com uma demanda acachapante e praticamente inadministrável.

Julgam grandes causas – as mais importantes do Brasil – sem terem nunca sequer julgado um inventariozinho da dona Maria que morreu. Nem uma pensão alimentícia simplória. Nem uma medida para um menor infrator, nem um remédio para um doente, nem uma internação para um idoso, nem uma autorização para menor em eventos e viagens, nem uma partilhazinha de bens, nem uma aposentadoriazinha rural. Nada. NADA.

Certamente não fazem a menor ideia de como é visitar a casa humilde da senhorinha acamada que não se mexe, para propiciar-lhe a interdição. Nem imaginam como é desgastante a visita periódica ao presídio – e o percorrer por entre as celas. Nem sonham com as correições nos cartórios extrajudiciais.

Nem supõem o que seja passar um dia inteiro ouvindo testemunhas e interrogando réus. Nunca presidiram uma sessão do Tribunal do Júri. Não conhecem as agruras, as dificuldades do interior. Não conhecem nada do que é ser juiz de primeiro grau. Nada. Do alto de seus carros com motorista pagos com dinheiro público, não devem fazer a menor ideia de que ser juiz de verdade é não ter motorista nenhum.

Ser juiz é andar com seu próprio carro – por sua conta e risco – nas estradas de terra do interior do Brasil . Talvez os Ministros nem saibam o que é uma estrada de terra – ou nem se lembrem mais o que é isso. Às vezes, nem a gasolina ganhamos, tirando muitas vezes do nosso próprio bolso para sustentar o Estado, sem saber se um dia seremos reembolsados - muitas vezes não somos.

Será que os juízes, digo, Ministros do STF sabem o que é passar por isso? Por que será que os réus lutam tanto para serem julgados pelo STF (o famoso “foro privilegiado") – fugindo dos juízes de primeiro grau como o diabo foge da cruz? Por que será que eles preferem ser julgados pelos “juízes” indicados politicamente, e não pelos juízes concursados?

É por essas e outras que, sem constrangimento algum, rogo-lhes: não me coloquem no mesmo balaio do STF. Faço parte da outra Justiça: a de VERDADE.''

 



Apple pode comprar a Netflix, apontam analistas
Autor
Adriano Roberto

Apple pode comprar a Netflix, apontam analistas

 

A Apple está sentada em uma pilha gigante de dinheiro; mais especificamente, US$ 250 bilhões. É uma quantia que está parada e que pode ser investida a qualquer momento, gerando especulações sobre o que a Apple poderia comprar com essa fortuna. E a bola da vez é a Netflix.

O Citigroup, uma das maiores empresas de serviços financeiros do mundo, criou uma lista de empresas que têm chances de passarem por uma aquisição para se juntar à Apple. São sete companhias gigantes que poderiam ser adquiridas.

A maior aposta é realmente a Netflix. Na visão do Citi, as chances de a empresa de streaming de vídeo e produção de conteúdo ser comprada chegam a 40%. Atualmente, o valor de mercado da companhia é de US$ 68 bilhões, o que forçaria a Apple a pagar uma boa parte do valor que tem em caixa se realmente quisesse tirar essa ideia do papel.



O PT se prepara para a guerra

O presidente do PT, Rui Falcão, prometeu arrebentar o Brasil caso Lula seja condenado pela Lava Jato. Leia um trecho de seu discurso, reproduzido pelo UOL: “Que no dia 10 eles saibam muito bem: se quiserem condenar o Lula, se quiserem continuar com essa campanha, haverá resistência no país inteiro (…).

Nessa resistência, não estarão apenas os militantes do PT. Estarão as lideranças do movimento popular, os sem-terra, os sem-teto, os líderes sindicais, a CUT, outras centrais, os partidos de esquerda — como o PCdo B—, irmanados para garantir a democracia no Brasil”.

E depois: “Nós fomos golpeados no impeachment e a nossa capacidade de reação foi pequena, porque nós não estávamos preparados para o golpe. Agora, nós temos que ter consciência de que há um outro golpe em curso. E esse nós temos que barrar. E se barra o golpe é com mobilização, com luta, com capacidade de enfrentamento. E isso a militância do PT nunca se recusou a fazer”.



Empetur seleciona de atendentes para 30 vagas em PE

A Empresa de Turismo de Pernambuco (EMPETUR) vai abrir no dia 08 de maio de 2017, as inscrições para o Processo Seletivo que visa contratar 30 Atendentes Bilíngues de Informações Turísticas.

Os profissionais vão atuar em jornada de 36 horas semanais, no município de Petrolina e na Região Metropolitana de Recife e farão jus à salário de R$ 2.018,37 mensal.

As oportunidades são para profissionais das áreas de turismo, hotelaria, história, geografia, relações públicas ou letras, o que deverá ser comprovado na Avaliação Curricular de caráter classificatório e eliminatório, tida como a maneira de avaliação na seleção.

Os interessados devem fazer a inscrição presencialmente até o dia 22 de maio de 2017, na sede do órgão, localizada na Avenida Professor Andrade Bezerra, s/nº, Salgadinho, Olinda. O horário de atendimento é das 9h às 12h e das 14h às 16h, ou via postal para o mesmo endereço respeitando e data.

Este Processo Seletivo terá validade de dois anos, improrrogáveis, conforme o edital disponibilizado em nosso site.



Jornalista que teria chantageado Marco Feliciano virá ré
Autor
Adriano Roberto

Jornalista que teria chantageado Marco Feliciano virá ré

A jornalista Patrícia de Oliveira Souza Lélis, de 23 anos, se tornou ré no processo no qual é acusada de mentir e extorquir dinheiro de Talma de Oliveira Bauer, de 65 anos, assessor do deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP).
 
O Ministério Público (MP) acusou Patrícia de denunciação caluniosa e extorsão contra Bauer. A Justiça de São Paulo aceitou a denúncia e marcou para maio o interrogatório da jornalista.
 
De acordo com o G1, a 1ª Promotoria Criminal considera que Patrícia mentiu à Polícia Civil em 2016 ao dizer que foi sequestrada e mantida em cárcere privado pelo assessor do deputado num hotel na capital paulista. Bauer chegou a ser preso.
 
Além disso, Patrícia foi acusada de extorquir Bauer para gravar vídeos em São Paulo desmentindo a acusação de tentativa de assédio sexual que ela fez contra Feliciano, no ano passado, em Brasília. Segundo o assessor, foram pagos R$ 20 mil a um amigo da jornalista.
 
Feliciano foi acusado de estupro por Patrícia, e o caso passou para a polícia do Distrito Federal, já que o parlamentar tem foro privilegiado.
 
A publicação recorda que a Polícia Civil já havia indiciado Patrícia pelos crimes em setembro e pedido a prisão preventiva da jovem. Mas ela não chegou a ser presa. A jornalista chegoua pedir para anular o inquérito policial mas o pedido não foi aceito.


UPE anuncia concurso para preencher 270 vagas
Autor
Adriano Roberto

UPE anuncia concurso para preencher 270 vagas

Da FolhaPE - A Universidade de Pernambuco (UPE) anuncia a abertura de concurso público para preencher 270 vagas em diversas unidades da instituição no Estado. As vagas são para servidores técnicos administrativos, de nível médio e superior. O edital ainda não tem data de divulgação.

De acordo com as informações preliminares divulgadas pela UPE, a seleção terá 128 vagas para Analista em Gestão Universitária (nível superior), com salário base no valor de R$ 2.605,45. Outras 142 oportunidades serão para o cargo de Assistente em Gestão (nível médio), com salário base no valor de R$ 1.157,98.

Para o nível superior, as oportunidades são para os seguintes profissionais: administrador, advogado, analista de sistemas, assistente social, bibliotecário, biomédico, contador, biólogo, engenheiro, fisioterapeuta, pedagogo, psicólogo, secretária executiva, terapeuta ocupacional e tradutor.

Já o nível médio abarcará as funções de assistente administrativo, técnico administrativo, técnico em contabilidade, técnico em arquivo, técnico em informática, técnico em saúde bucal, técnico de laboratório, técnico em secretariado, técnico de enfermagem, técnico em edificações, técnico em radiologia e atendente de clínica odontológica.

O último concurso para servidores da UPE aconteceu em 2012 e disponibilizou apenas 50 vagas, todas para o Interior de Pernambuco.

Confira a distribuição das vagas:

Escola Superior de Educação Física (Recife): 6 vagas para nível superior e 5 para nível médio;

Faculdade de Ciências da Administração (Recife): 4 vagas para nível superior e 6 para o nível médio;

Faculdade de Ciências Médicas (Recife): 4 vagas para nível superior e 7 para o nível médio;

Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (Recife): 6 vagas para nível superior e 7 para o nível médio;

Instituto de Ciências Biológicas (Recife): 3 vagas para nível superior e 5 para o nível médio;

Escola Politécnica de Pernambuco - Poli (Recife): 10 vagas para nível superior e 15 para o nível médio;

Faculdade de Odontologia - FOP (Camaragibe): 4 vagas para nível superior e 16 para o nível médio;

Reitoria (Recife): 50 vagas para nível superior e 38 para o nível médio;

Petrolina: 8 vagas para nível superior e 8 para o nível médio;

Mata Norte: 8 vagas para nível superior e 5 para o nível médio;

Mata Sul: 3 vagas para nível superior e 5 para o nível médio;

Garanhuns: 11 vagas para nível superior e 11 para o nível médio;

Arcoverde: 4 vagas para nível superior e 4 para o nível médio;

Caruaru: 4 vagas para o nível médio;

Salgueiro: 2 vagas para nível superior e 3 para o nível médio;

Serra Talhada: 5 vagas para nível superior e 3 para o nível médio.



Marcelo Odebrecht confirma em depoimento a Moro que Lula é o amigo
Autor
Adriano Roberto

Marcelo Odebrecht confirma em depoimento a Moro que Lula é o amigo

 Marcelo Odebrecht afirmou que o codinome “amigo” das planilhas da propina da empreiteira referia-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em depoimento prestado ao juiz federal Sérgio Moro, nesta segunda-feira (10). Foi o primeiro depoimento dele na Operação Lava Jato depois da assinatura do acordo de delação premiada.

O empresário é testemunha no processo que investiga se o ex-ministro Antônio Palocci recebeu propina para favorecer a empreiteira. Odebrecht também disse no depoimento que “italiano” era Palocci e “pós-itália”, o ex-ministro Guido Mantega.

O conteúdo dos interrogatórios, assim como as delações, está sob sigilo. A testemunha também citou uma doação ao Instituto Lula, em 2014, e a compra de um terreno que seria usado como sede do instituto.

A obra acabou não realizada. O ex-presidente do Grupo Odebrecht afirmou também que Palocci intermediava pagamentos e assuntos de interesse da empresa com o PT. O que diz o Instituto Lula O Instituto Lula afirmou que funciona no mesmo local desde 1991 e que não recebeu nenhum terreno da Odebrecht.

Disse ainda que todas as doações ao Instituto foram feitas com os devidos registros e nota fiscal, dentro da lei e informadas à Operação Lava Jato. O Instituto declarou ainda que o ex-presidente Lula não tem conhecimento ou relação com qualquer planilha na qual pessoas possam se referir a ele como “amigo”.

A Globo não conseguiu contato com o advogado de Antônio Palocci e Guido Mantega. O PT não quis se pronunciar.



Cunha diz que vai abrir o bico atingindo mundo empresarial
Autor
Adriano Roberto

Cunha diz que vai abrir o bico atingindo mundo empresarial

Cansado da vida na cadeia, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ameaça fazer acordo de delação premiada e “explodir” o mundo empresarial, começando pelo setor de carne, que ainda sofre os efeitos da Operação Carne Fraca.

O recado teria sido enviado pelo ex-deputado a um parlamentar, segundo divulgado na coluna Painel da Folha de S. Paulo. A defesa de Cunha, no entanto, segue negando esta possibilidade, como faz desde o princípio.

Ainda segundo o texto, há quem acredite que Cunha tentará fechar acordo de delação com a Polícia Federal, e não com os procuradores, assim como fez o marqueteiro do PT Duda Mendonça.



Mônica cuspiu o chiclete e detonou Dilma em delação
Autor
Adriano Roberto

Mônica cuspiu o chiclete e detonou Dilma em delação

 

A ex-presidente Dilma Rousseff tem se apegado com todas as forças ao argumento de que "são mentirosos" os delatores que a acusam de comandar um esquema criminoso de propina que irrigou suas campanhas.

No auge do desespero, Dilma chegou a afirmar que o executivo Marcelo Odebrecht foi torturado na Lava Jato para "inventar" coisas a seu respeito. Dilma sabe que o empreiteiro entregou provas robustas sobre seus relatos e não há tortura neste mundo capaz de produzir provas retroativas.

Mas os problemas de Dilma não se resumem às delações do príncipe dos empreiteiros e de seus comandados. O casal de marqueteiros responsável pelas campanhas da petista também já deu com a língua nos dentes e confirmou que  Dilma sabia dos esquemas de financiamento ilícito de suas campanhas com dinheiro desviado pela Odebrecht dos cofres públicos com sua conivência.

A mulher de João Santana, Monica Moura, cuspiu o chiclete e confirmou a fama de caloteira de Dilma. A publicitária afirmou que cobrou a petista diversas vezes valores que ficaram "pendurados" da campanha de 2010 e que concordou com a "solução" proposta por Dilma de receber dinheiro roubado da Petrobras.

Embora a abertura de processos possa demorar ainda alguns meses, o fato é que a delação do casal de marqueteiros promete deixar Dilma bastante encrencada na Lava Jato.

Presa durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, Monica Moura pagou mais de R$ 30 milhões em fiança para ser colocada em liberdade. Agora, a publicitária e seu marido entregaram Dilma, Lula e o PT para continuar livres. 



Da cadeia Dirceu alerta PT da prisão de Lula e Dilma
Autor
Adriano Roberto

Da cadeia Dirceu alerta PT da prisão de Lula e Dilma

José Dirceu, o ex-Ministro-Chefe da Casa Civil dos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, tem alertado aliados do PT que o visitam na prisão que o partido deveria estar mais atento ao risco de Lula e Dilma serem presos após delações do publicitário João Santana e sua mulher, Mônica Moura.

Segundo a coluna Painel da Folha de S. Paulo, Dirceu disse a mais de um interlocutor que o PT deveria se adiantar e organizar grandes manifestações com a colaboração de movimentos sociais e grupos da sociedade civil.

Para o ex-ministro, Lula e Dilma devem ser os principais alvos da delação dos ex-marqueteiros do partido.

Preso em agosto de 2015 na operação "Pixuleco", da Lava Jato, Dirceu está detido no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 23 anos e três meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro.



Triunfo: chuva forte aumenta volume de água no Açude
Autor
Adriano Roberto

Triunfo: chuva forte aumenta volume de água no Açude

Na noite desta quarta-feira (05) os triunfenses puderam desfrutar de uma forte chuva que trouxe junto com ela muitos trovões e sem dúvidas a esperança de volta aos agricultores da região. Muitas cisternas foram reabastecidas com a água da chuva e poços e cacimbas armazenaram o suficiente para um bom tempo é o que contam os moradores da zona rural.

A chuva que durou por várias horas, também aumentou o volume de água no Lago João Barbosa, o que alegrou ainda mais a população, devolvendo aos poucos a beleza do 'Açude' é o principal cartão postal da cidade.

Segundo o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) o índice pluviométrico o volume de chuva desta quarta-feira corresponde a 47 milímetros. Somados aos outros dias, Triunfo registrou um total de 89,2 milímetros de chuva só neste mês de abril.
 
Já segundo os sites de metereologia ClimaTempo e INMET os próximos dias na cidade serão de céu nublado a parcialmente nublado com possibilidade de pancadas de chuva isolada. Com uma temperatura que pode variar entre a mínima de 18° e a máxima de 33°. Informações do blog Triunfo Hoje.



Sebastião e Paulo assinam ordens de serviços no Agreste Setentrional
Autor
Adriano Roberto

Sebastião e Paulo assinam ordens de serviços no Agreste Setentrional

Governador Paulo Câmara e o secretário de transportes, Sebastião Oliveira assinaram a Ordem de Serviço para conclusão do asfalto da PE-193, que liga Capoeiras - São Bento do Una, nesta quinta-feira, 06, na cidade de Garanhuns. Em entrevista concedida na rádio local, o governador Paulo Câmara disse que independente de campanha política tem responsabilidade e a obra da PE-193 será retomada e concluída.

Segundo Sebastião, o serviço é para terminar o asfaltamento da PE-193, que vai beneficiar as cidades de Caetés, Capoeiras e São Bento do Una. "Faltam cerca de 5 km para a conclusão da pavimentação da estrada que agora está sendo finalizada, a obra vai custar R$ 7 milhões" pontuou. O secretário destacou também, as ordens de serviço para a pavimentação da estrada vicinal de Rainha Izabel, distrito de Bom Conselho e o pórtico na entrada da cidade de Jucatí.

Participaram do ato de assinatura das Ordens de Serviços, além do secretário de transportes, a prefeita de Capoeiras Neide Reino (PSB) e o prefeito de Caetés, Armando Duarte (PTB), e os deputados estaduais, Marcantonio Dourado e Claudiano Filho.