03 Junho 2020
Vice-Prefeito de Cortês abre o verbo contra o prefeito no Ponto de Vista

Vice-Prefeito de Cortês abre o verbo contra o prefeito no Ponto de Vista

O vice-prefeito e empresário Eduardo Farias que rompeu com a gestão ao constatar irregularidades por parte do prefeito de Cortês, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, Reginaldo Morais (PP). Ao programa Ponto de Vista, apresentado por este jornalista, de segunda a sexta, das 18 às 19 horas.

Na denúncia feita ao MPF, Farias afirma que hospital da cidade não conta sequer com álcool 70%, apesar da gestão do prefeito Reginaldo Morais já ter recebido verba para o combate ao vírus. O valor recebido, inclusive, não consta no Portal de Transparência municipal. “O município teve R$ 408 mil na conta para enfrentamento do coronavírus para fazer 13 leitos e nem os leitos estão prontos. 

Em meio ao caos da Saúde, o prefeito Reginaldo Morais também decidiu realizar quatro pregões presenciais que não constam no Portal de Transparência do município de Cortês, com valores somados de quase R$ 2 milhões. “Em um dos pregões que denunciamos, o prefeito pretende gastar R$ 615 mil para contratar máquinas para obras de estrada, em pleno período de chuva da Mata Sul”, ressalta Eduardo Farias. Há ainda uma licitação de quase R$ 800 mil para “aquisição de material de expediente”. Eduardo termina chamando o prefeito de genocida e ladrão. Ouça a entrevista no link abaixo.