10 Setembro 2019
Trump lembra decreto do dia nacional de oração nos EUA

Trump lembra decreto do dia nacional de oração nos EUA

Uma nação unida em oração e solidariedade por todos aqueles que têm sofrido com os efeitos do furacão Harvey - que tem devastado grande parte do estado do Texas. É isso o que presidente dos Estados Unidos da America, Donal Trump disse que tem visto e lembrou que o mês de setembro, comemora o seu decreto como o dia nacional de oração há dois anos.

Segundo o presidente declarou com um pronunciamento oficial, este momento de intensa devastação no país tem sido também um tempo de forte união entre todos os cidadãos.

"Amigo ajudando amigo, vizinho ajudando vizinho, estrangeiro ajudando estrangeiro. Nós temos visto isso, talvez da forma mais vívida que em outros momentos, no Furacão Doria", destacou Trump ao ler seu pronunciamento para a imprensa na Casa Branca.

Trump destacou que uma promessa bíblica deve se manter viva nos corações dos americanos neste momento de dor.

"À medida que os esforços de resposta e recuperação continuam e, à medida que os americanos fornecem o alívio tão necessário para o povo do Texas e de Louisiana, lembramo-nos da promessa das Escrituras de que 'Deus é nosso refúgio e fortaleza, um socorro bem presente nas tribulações", continuou o pronunciamento.

"Eu convoco todos os americanos e igrejas em toda a nação para se juntarem em uma só voz de oração, enquanto buscamos nos reerguer e ajudar aqueles que sofrem com as consequências dessa terrível tempestade", acrescentou.

Oração

Trump também lembrou a importância da oração e como esta atitude serviu para reerguer a nação em seus momentos mais difíceis e convocou a nação a participar do dia nacional de oração, no domingo seguinte e também a manter este espírito de intercessão.

"Desde o início da nossa Nação, os americanos se juntaram em oração durante momentos de grande necessidade", disse.

"Eu convido todos os americanos a se juntarem a nós, enquanto continuamos a orar por aqueles que perderam membros da família e amigos, e por aqueles que estão sofrendo com esta grande crise", acrescentou.

O Dia Nacional de Oração se realizou em uma igreja episcopal, próxima da Casa Branca. O culto contou com a participação de pastores que lideram igrejas do Texas, como Robert Jeffress. Ao final do pronunciamento, os pastores presentes oraram pela vida do presidente.