26 Outubro 2018
Tecnologia poderá deixar internet 100 vezes mais rápida

Tecnologia poderá deixar internet 100 vezes mais rápida

Um novo leitor, que detecta a luz torcida em forma de espiral e consegue transmitir informações mais rapidamente, e consegue aumentar a velocidade da internet em até 100 vezes, foi desenvolvido por pesquisadores Instituto Real de Tecnologia de Melbourne, na Austrália, e publicada na revista especializada Nature Communications (Comunicação Natural, em tradução livre).

A nova tecnologia é capaz de carregra a informação por meio de ondas de luz torcidas, semelhantes ao DNA, que serão mais eficiente para transmitir os dados. A fibra ótica atual é um filamento flexível e transparente, que utiliza pulsos de luz para transmitir a informação.

Pesquisadores americanos já haviam criado uma fibra que poderia torcer a luz, mas ela tinha o tamanho de uma mesa de jantar, segundo o site TechTudo. Esse é o primeiro aparelho nanofotónico do mundo, com tamanho de um fio de cabelo.

Apesar de promissora, a novidade ainda deve demorar alguns anos para chegar ao mercado, pois precisa passar por um longo período de testes até que esteja pronta para comercialização. Além disso, o novo dispositivo precisará ser adaptado à rede de banda larga já existente.