06 Junho 2018
TCE manda Geraldo Júlio substituir empresa Casa de Farinha em 90 dias

TCE manda Geraldo Júlio substituir empresa Casa de Farinha em 90 dias

O conselheiro Carlos Porto, relator das contas da Secretaria de Educação do Recife no Tribunal de Contas do Estado (TCE), concedeu medida cautelar para determinar que a Prefeitura do Recife (PCR) adote medidas para substituir a empresa Casa de Farinha, no fornecimento de merenda escolar da rede municipal, no prazo de 90 (noventa) dias. 

A decisão atende a representação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), protocolada pela procuradora geral Germana Laureano.

Com base em relatórios da auditoria do TCE, investigações preliminares do MPCO e dados da Operação Ratattouille da Polícia Civil do Estado, a procuradora apontou que os contratos da empresa como a Prefeitura apresentavam indícios de irregularidades, tanto no aspecto de qualidade da merenda, como de supostas fraudes e conluios nas licitações, segundo o MPCO. 

A empresa já tinha sido citada na Operação Ratattouille, da Polícia Civil do Estado, por um suposto esquema na gestão anterior da Prefeitura do Cabo.