09 Maio 2019
Polícia do RJ prende o presidente da Câmara de Nilópolis suspeito de ser mandante de assassinatos

Polícia do RJ prende o presidente da Câmara de Nilópolis suspeito de ser mandante de assassinatos

Do G1 Rio - Policiais civis do RJ prenderam na manhã desta quinta-feira (9) o presidente da Câmara de Vereadores de Nilópolis, Jorge Henrique da Costa Nunes, o Dedinho. Segundo a investigação, Dedinho mandou matar um adversário político. Outras quatro pessoas são procuradas.

A polícia afirma que Dedinho comanda uma organização criminosa e encomendou a morte do vereador e policial civil Roberto de Barros Batista, o Betinho. Betinho, porém, está vivo. O homem contratado para executá-lo, identificado como Fernando, desistiu - e, segundo a polícia, acabou morto pelo grupo de Dedinho em represália.

R$ 200 mil
Segundo o delegado Moisés Santana, responsável pela investigação, a morte de Betinho foi encomendada por R$ 200 mil. "O plano não deu certo", disse Santana. "Uma terceira pessoa contratada para matar Betinho lhe revelou a trama. Fernando acabou morto, e o motorista dele sofreu uma tentativa de homicídio”, explicou.