05 Novembro 2018
Pastor procurado pela polícia na operação Abismo se apresenta

Pastor procurado pela polícia na operação Abismo se apresenta

A Polícia Federal em Pernambuco INFORMA que na manhã da última sexta-feira, 02/11/2018, por volta das 11:50h entregou-se acompanhado por seus advogados na Sede da Polícia Federal que fica situada no Cais do Apolo, bairro do Recife Antigo, o pastor e advogado, de 52 anos, natural de Parnamirim/PE e residente em, Candeias-Jaboatão dos Guararapes/PE.

O suspeito havia sido considerado foragido desde a deflagração da Operação Abismo no dia 19/10/2018 - 15 dias - quando não foi encontrado em sua residência em virtude de mandado de prisão expedido pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Na Polícia Federal o preso usou do seu direito constitucional de só se manifestar na presença do Juiz ficando portando calado com relação aos fatos em apuração da Operação Abismo. Ele foi indiciado pelos crimes contidos no Artigo 333 do Código Penal c/c Artigo 1º da Lei 9.613/98 c/c Artigo. 27-E da Lei 6.385/76. (Corrupção Ativa, Lavagem de Dinheiro e Exercício Irregular da Profissão em mercado de capitais e investimentos – cujos crimes preveem penas de 5 a 20 anos de reclusão em caso de condenação.

a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal e em seguida foi conduzido para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. 

Desde que a operação Abismo foi deflagrada já foram cumpridos 15 prisões e 9 suspeitos ainda continuam foragidos (todos em outros estados) num total de 23 prisões. A Polícia Federal continua empreendendo diligências visando a captura de todos os integrantes que ainda se encontram com as prisões preventivas em aberto.