28 Junho 2018
Ordem dos Policiais e Movimento Cristão criam Pacto Pela Vida Cristão

Ordem dos Policiais e Movimento Cristão criam Pacto Pela Vida Cristão

Uma iniciativa pioneira e a Ordem dos Policiais do Brasil (OPB) não poderia ficar de fora. Hoje, a OPB, representada pelo presidente Frederico França, junto com o Movimento Cristão em Ação (MCA), fez a entrega do Pacto Evangélico pela Vida, um projeto de combate a violência e de reformulação do sistema de segurança pública. 

Representantes de igrejas de diversas denominações participaram do ato que começou na Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe). De lá, os fiéis seguiram em caminhada até o Palácio do Governo de Pernambuco, sendo recebidos pelo secretário da Casa Civil, Roberto Franca. Na ocasião, o presidente da OPB destacou a importância do projeto que aproxima comunidade e profissionais de segurança pública. 

A OPB é uma entidade nacional e congrega 11 categorias da área. Desde o começo do ano, Frederico França foi procurado pelo coordenador do MCA, Pastor Israel Guerra, para apoiar o projeto. A idéia é que aonde o estado não vai, a igreja está. Com base no testemunho de fiéis e das experiências vivenciadas na comunidade, o Pacto Evangélico pela Vida contém 10 ações voltadas para a diminuição da violência e combate às drogas.

As ações são as seguintes 
- Programa de prevenção e tratamento da violência doméstica contra as mulheres
- Programa de tratamento de homens envolvidos em ações de violência doméstica
- Programa de sensibilização de casais contra a violência doméstica
- Assistência a detentos e presidiários da execução da pena até a ressocialização
- Assistência a famílias de detentos e reclusos 
- Programa de assistência e orientação a crianças e adolescentes: programas Pepes e Espaço Voar
- Programa de apoio a comunidades terapêuticas para dependentes químicos
- Programa de apoio à prevenção  de drogas nas escolas da rede pública
- Instalação de núcleos comunitários de segurança nas igrejas
- Programa estadual de profissionalização das igrejas