01 Agosto 2017

Leia aqui a Coluna do Edmar Lyra desta terça, 01/08

O peso dos Ferreira em 2018

As eleições de 2014 e 2016 foram consolidadoras para uma família em Pernambuco, em 2014 Anderson Ferreira foi o quinto deputado federal mais votado, enquanto André Ferreira foi o quarto estadual mais votado de Pernambuco. Nas eleições de 2016, Anderson se elegeu prefeito de Jaboatão dos Guararapes lutando contra duas máquinas, enquanto Fred Ferreira foi o terceiro vereador mais votado do Recife.

Com um vereador na capital, o prefeito da segunda cidade mais importante do estado e um deputado estadual de muitos votos, a família Ferreira tende a ser fundamental na engenharia política de 2018, sendo importante para determinar o vencedor para o governo de Pernambuco no ano que vem. Fazendo um comparativo com outras duas famílias importantes, os Coelho e os Lyra, é importante salientar que no cômputo geral, os Ferreira seguem em ascensão em relação aos demais, pois em abril os Coelho voltarão a ter um deputado federal, um prefeito e um senador, enquanto os Lyra seguirão apenas com o comando de Caruaru. Ainda há o diferencial de terem o comando do PSC e uma espécie de “guarda compartilhada” do PR, dois partidos representativos no estado e fora dele.

As movimentações das chapas majoritárias de 2018, seja do governador Paulo Câmara, seja de um candidato de oposição, terão que passar pelos Ferreira, pois por ser uma família independente que não contou com a estrutura do governo e do PSB para chegar onde chegou, eles têm a liberdade de decidir, através do seu líder Anderson Ferreira, qual caminho seguir.

Numa eleição para senador que caminha para ser bastante aberta, o nome de um Ferreira, seja Manoel ou seja André, poderá ser determinante na disputa, uma vez que o voto evangélico vem aumentando consideravelmente a cada pleito, ao passo que os políticos tradicionais estão com muita dificuldade de convencer a população.

Alimentar – O procurador do Ministério Público de Contas (MPCO), Gustavo Massa, destacou a natureza alimentar dos salários atrasados dos servidores de São Lourenço da Mata. “Isso pode ser alimentos que está faltando na mesa de muitos servidores. O gestor tem que se responsabilizar por isso”, destacou Gustavo Massa. O TCE referendou cautelar suspendendo a festa promovida pelo prefeito Bruno Pereira (PTB), orçada em 4 milhões de reais e com shows de Luan Santana e Wesley Safadão. No julgamento, se alertou que os palcos estavam sendo montados anteontem, apesar da cautelar já ter sido expedida desde a semana passada. Os auditores do TCE vão averiguar se a Prefeitura está desobedecendo a ordem.

Trabalhos – A Assembleia Legislativa de Pernambuco retoma os trabalhos nesta terça-feira no novo plenário da Casa Joaquim Nabuco. A sessão começará a partir das 15 horas e contará com a presença do governador Paulo Câmara para a abertura dos trabalhos. O prédio foi inaugurado em junho e é considerado o empreendimento mais moderno de todas casas legislativas do Brasil.

Bolsonaro – O deputado federal Jair Bolsonaro praticamente bateu o martelo sobre qual partido disputará a presidência da República em 2018. Trata-se do Partido Ecológico Nacional (PEN) que poderá mudar de nome para Prona ou Patriotas. O vice de Bolsonaro poderá ser o senador Magno Malta que está em negociações avançadas com o segundo lugar nas pesquisas presidenciais.

Catende – A situação do prefeito Josibias Cavalcanti (PSD) está ficando insustentável, pois a Câmara Municipal deverá analisar um pedido de impeachment do gestor por uma série de irregularidades, dentre elas a contratação de funcionários fantasmas. Além do mais, as informações apontam que o prefeito não governa a cidade, que é comandada pelo seu seus filhos.

RÁPIDAS

Distância – A ausência da prefeita de São Bento do Una Debora Almeida na edição do Pernambuco em Ação de Caruaru alimentou ainda mais os rumores de que ela esteja de saída do PSB e consequentemente se afastando do governador Paulo Câmara. Debora está cada vez mais próxima do ministro das Cidades Bruno Araújo.

Presença – Em sete meses de governo, o prefeito de Camaragibe Demóstenes Meira (PTB) vem surpreendendo ao andar por toda a cidade para fiscalizar as ações da prefeitura. A população que estava acostumada com um prefeito ausente como o antecessor está sendo surpreendida por um gestor presente e determinado para fazer o melhor para sua cidade.

Inocente quer saber –  O prefeito Bruno Pereira descumprirá a decisão que proíbe a realização do evento?