05 Agosto 2018
Júlio Lóssio herda insatisfeitos de todos os lados

Júlio Lóssio herda insatisfeitos de todos os lados

Quando iniciou o discurso da convenção estadual da REDE, na sexta a noite, num hotel do Pina, Recife, o atual candidato a governador, Júlio Lossio sabia bem pra quem teria que direcionar as principais palavras. Exatamente para os insatisfeitos que assistem uma tribulação nunca antes vista na política de Pernambuco.

Júlio teria que oferecer um palanque que acolhesse as pessoas que ficaram órfãs das lambanças promovidas de dentro da carceragem da PF de Curitiba. Foi de lá que o ex-presidente, Lula, destruiu a candidatura coroada de êxito da vereadora, Marília Arraes, pulverizou o aliado PDT espalhando insatisfeitos por todos os lados, isolou dois partidos que sempre ajudaram nas eleições do PT, como PC do B e Psol e ainda pode causar outros estragos na base governista dependendo da aceitação de suas imposições pelo governador, Paulo Câmara.

Alheio ao desprezo velado que sofre pelos dois poderosos palanques (Paulo e Armando) que se apresentam já como adversários de segundo turno, Lóssio usou frases que qualquer insatisfeito gostaria de ouvir:

- “Vamos caminhar não para a direita ou para a esquerda, vamos caminhar pra frente.”

- “A vereadora Marília levou o maior golpe político que já se viu aqui no nosso Estado.”

- “Cansamos de mentiras. Queremos um Estado de verdade.”

Já ouvi de vários petistas, que depois de Marília ser rifada,  só lhes resta votar em Júlio Lóssio. O mesmo diz os que viram o isolamento do PDT que não sabe pra onde caminha e até de alguns governistas que esperam a composição da chapa do governador para desistir de votar nele também e caminhar com o ex-prefeito de Petrolina.

Os socialistas sabem muito bem que o eleitor pernambucano gosta de tomar decisões de mudanças de voto, em cima da hora. Já aconteceu com, Roberto Magalhães na Prefeitura do Recife e com o próprio PSB de Eduardo na campanha para o Governo do Estado. Mas parece que a falsa confiança e falsa certeza de que eles são donos dos votos dos pernambucano fala mais alto.

Júlio já mostrou regionalmente, no Sertão do São Francisco, que sabe destruir oligarquias e forças políticas poderosas. E como diz o mais experientes – “quanto maior o desprezo recebido, maior é a vitória alcançada.”