11 Outubro 2018
Jararaca do PT troca de pele para tentar virar nas eleições

Jararaca do PT troca de pele para tentar virar nas eleições

"Se quiseram matar a jararaca, não fizeram direito, pois não bateram na cabeça, bateram no rabo, porque a jararaca está viva." Essa foi umas das muitas frases de feito do ex-presidente Lula, em 2016, na sede do PT. Pois a jaraca teve que trocar de pele para tentar virar os números das pesquisas que se apresentaram no início deste primeiro turno.

O PT divulgou, na tarde desta quarta-feira (10), a nova logomarca da campanha do PT à Presidência da República, nas cores verde, amarela e azul, sem o nome do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Na imagem, aparece apenas o nome de Fernando Haddad, candidato à Presidência, e de Manuela D'Ávila, vice na chapa.

Nas peças do primeiro turno da disputa, o nome de Haddad era diretamente associado a Lula com a frase "Haddad é Lula" na cor vermelha, característica do PT.

Nos últimos dias, membros da campanha e aliados começaram a defender que Haddad se descole da imagem de substituto de Lula e mostre mais sua própria personalidade.

Em vídeos para as redes sociais, Haddad começou a se apresentar como candidato sem citar o nome do padrinho político, como fez fortemente no primeiro turno da disputa.

A logomarca ficou muito parecida com a de Bolsonaro, o que leva a crer que os marqueteiros petistas usaram a máxima dos produtos pirateados do Paraguai, que procuram se assemelhar ao máximo dos produtos mais populares.