07 Fevereiro 2018
Indefinição dos candidatos prejudica mais Marília Arraes

Indefinição dos candidatos prejudica mais Marília Arraes

Dentro da informação que me passou um dos integrantes da cúpula do PT de Pernambuco de que aguarda o desempenho de seus candidatos para decidir se vai coligar ou lançar a candidatura própria descobri que essa mesma cúpula, do Estado e nacional, não levou a sério a última pesquisa feita pelo instituto de Arcoverde. 

Minha fonte petista revela que a fala do presidente, ontem em entrevista, dando a entender que quer se coligar com o PSB é o resultado de uma falta de parâmetro (pesquisa) para dosar até quanto pode valer a pena investir em Marília Arraes como candidata petista. O PT está com o prioridades maiores do que pagar uma pesquisa por aqui.

Outro problema é que os demais partidos se enchem de pesquisas internas, que tem um custo bem menor e não precisam ser registradas, mas não disponibilizam recursos para pagar um grande instituto numa medição maior.

A Rede Globo até faria uma pesquisa em Pernambuco, mas segundo a direção da emissora para se fazer um levantamento é de intensão de votos é preciso que haja pré-candidatos o que nem PT e nem o palanque da oposição conseguiram consenso para apontar até agora.

Enquanto isso vamos ficando com apenas uma pesquisa feita até agora que, apesar de ter sido favorável a candidata do PT não animou a cúpula do partido nem Lula a investir na neta de Arraes para candidata do partido em Pernambuco.