02 Outubro 2018
Ibope: em 5 dias, rejeição a Haddad sobe 11 pontos e vai a 38%

Ibope: em 5 dias, rejeição a Haddad sobe 11 pontos e vai a 38%

Enquanto os demais candidatos à Presidência mantiveram índices de rejeição estáveis, Fernando Haddad (PT) viu sua rejeição subir 11 pontos percentuais em cinco dias, conforme pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (1º).

Na pesquisa Ibope de 26 de setembro, a rejeição de Haddad era de 27%. Já nesta segunda, o índice é de 38%.

Jair Bolsonaro (PSL), que lidera a pesquisa com 31% das intenções de voto, é o candidato mais rejeitado, com 44%. No entanto, a taxa de rejeição de Bolsonaro manteve-se.

Marina Silva (Rede) viu sua rejeição passar de 27% para 25%, Ciro Gomes (PDT) foi de 16% a 18% e Geraldo Alckmin (PSDB) manteve 19%.

Marcia Cavallari, diretora-executiva do Ibope Inteligência, disse à GloboNews que o crescimento da rejeição de Haddad pode estar ligado a uma rejeição ao próprio PT e é um reflexo da exposição do petista na campanha e dos ataques que ele vem sofrendo dos adversários.