30 Junho 2018
Com uma assessoria dessas Paulo não precisa de inimigos

Com uma assessoria dessas Paulo não precisa de inimigos

Para causar polêmica e trazer pontos negativos ao Governo e ao governador, os assessores dele, na Fundarpe, estão programando uma peça de teatro que é um verdadeiro escarnio a imagem de Jesus Cristo, tão reverenciada entre a população pernambucana. 

No palco, um cenário simples: uma mesa, flores vermelhas, uma jarra com água, velas ainda não acesas e até mesmo uma lata do refrigerante “Guaraná Jesus”. Vinho? Somente no final, em pequenos cálices, para os espectadores.

Sobre o tablado uma atriz, Renata Carvalho, dá voz e vida ao monólogo “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” e se tornou a primeira travesti a encenar uma montagem sacra que está programada para o Festival de Inveno de Garanhuns. 

No espetáculo, Jesus é uma mulher trans que remonta aos ensinamentos seculares para enaltecer mulheres, homossexuais, garotas de programa e outros chamados por eles de excluídos.

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, não quer liberar o Centro Cultural onde a peça 'O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu' seria apresentada dentro da programação do FIG 2018 e já informou que, no dia 26 de julho, não vai abrir as portas do Centro. Segundo o prefeito, o espetáculo é uma ofensa a grupos religiosos.

Diante da polêmica, o governador, que também é pré-candidato à reeleição, poderia ficar sem esse ponto negativo, mas a sua assessoria não deixa.