12 Janeiro 2021
Coluna do Adriano Roberto de terça, 12/01/2021

Coluna do Adriano Roberto de terça, 12/01/2021

Eles só podem achar que somos trouxas!

Não devemos nos deixar enganar por esses políticos profissionais (em fim de carreira) que insistem achar que todos são burros e só eles são os espertos. Será que ninguém viu ou acompanhou as diversas irregularidades - pra não chamar de outra coisa - que foram cometidas pelo ex-prefeito do Recife, que deixou o cargo, mas continua sendo o número dois da hierarquia dos caciques do PSB. Todos sabem que foi Geraldo quem coordenou todas as campanhas de Paulo Câmara, para o Governo do Estado e do garoto João Campos, para prefeitura ano passado. É ele quem só se reporta a Viúva na hora de prestar contas de suas ações e é ele mesmo quem vai ter responder por todas a falcatruas apontadas pelos órgãos reguladores do Estado de Pernambuco.

No âmbito nacional os lacradores de plantão acham também que o povo é burro e não percebe o quanto estão politizando essa história da vacinação. Começando pelo fato de o Corona vírus ter origem na China e esses políticos aproveitadores do dinheiro público querem enfiar pra dentro do nosso organismo uma vacina chinesa sem eficácia. Além de termos que assistir as autoridades mundiais e nacionais de saúde mudar de orientação a todo momento, ora dando importância, ora não, para os relatos científicos de acordo com os íntimos interesses deles.

E no cenário internacional? Estamos a mercê de uma coisa chamada nova ordem mundial, onde as tradicionais empresas de comunicação nos empurram para uma vida cibernética de refém, nos prendendo em redes sociais, nos fisgando e nos acostumando com uma vida social online e depois querem ditar o que devemos ou não postar nas nossos próprios aplicativos deixando-nos reféns de suas armadilhas .

Chega!

Para cada político que me decepciona terei outro para colocar no lugar, para cada vacina chinesa terei uma outra, de outro lugar, para tomar, para cada plataforma que me banir terei outra para me inscrever e me comunicar. Mas principalmente: para cada esperto que quiser me enganar terei um banana para lhe dar e um voto pra depositar contra ele nas próximas eleições. Não desperdice sua melhor arma, o voto.

Ford sai do Brasil – A montadora divulgou a notícia em nota e justificou que a pandemia provocou aumento a capacidade ociosa das fábricas, em movimento inverso às vendas, que caíram fortemente em 2020. A empresa tinha operações há mais de um século no Brasil. Serão fechadas as plantas de Camaçari, na Bahia; Taubaté, em São Paulo; e a fábrica da Troller, em Horizonte, no Ceará. Apesar dos oportunistas tentarem colocar a conta no colo de Bolsonaro, os espaços físicos das fábricas brasileiras, de uma Ford quebrada mundialmente, já estão sendo requisitados por outras montadoras.

Coronavac em baixa – Estou com uma mania de ficar perguntando pra todo mundo que fala comigo, se tomaria a vacina chinesa? Como a grande maioria de pessoas as quais eu me relaciono são de centro ou de direita, o Coronavac tá descartado. Muitos dizem que vão esperar mais um pouco e ver os resultados de quem quer servir de cobaia. O mais engraçado é que as pessoas de esquerda, com quem tive contato, todas me disseram o contrário. Estão esperando com o braço estendido pela vacina o mais rápido possível.

Sairé sem FPM – Além dos problemas com a frota completamente sucateada, problemas na área da saúde, o atual gestor de Sairé, Gildo Dias - PL, não teve disponível um centavo sequer, do primeiro repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) pago dia 08/01.  Isso aconteceu, porque a gestão anterior, do prefeito Fernando Pergentino - PSB, deixou de repassar R$ 297.212,79 (duzentos e noventa e sete mil, duzentos e doze reais e setenta e nove centavos) ao INSS. Dívida esta, que impede o repasse do FPM. Herança maldita.

Deputados sem recesso na Alepe – A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) instala nesta terça-feira (12), às 10 horas, a reunião de autoconvocação para análise da prorrogação, por 180 dias, do decreto de calamidade pública no Estado e em municípios. As reuniões do período extraordinário ocorrerão de maneira remota e suspendem o recesso legislativo constitucional do mês de janeiro. Essa é a segunda vez que a Alepe cancela o recesso dos deputados para apreciar medidas voltadas para a pandemia do coronavírus.

Impeachment por atrasar vacina – Sem noção e perdendo completamente o senso do ridículo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a demora do início da vacinação contra a covid-19 no Brasil pode levar à abertura de um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Na entrevista a um site esquerdista, ele disse que a pressão popular vai fazer com que o impeachment aconteça.

Quem responderá – O que vai acontecer com as denuncias do TCE se chegar ao Tribunal de Justiça de Pernambuco?