18 Janeiro 2021
Coluna do Adriano Roberto de segunda, 18/01/2021

Coluna do Adriano Roberto de segunda, 18/01/2021

As vacinas recordistas do século 21. Pernambuco tem 270 mil doses iniciais

A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA aprovou duas vacinas emergenciais. As vacinas estão chegando a partir de hoje nos Estados do país, Demorou? Claro que não, se pesquisarmos um pouco vamos ver que esse tempo, desde o início da pandemia até o anúncio da liberação das vacinas neste domingo, se tornou o mais rápido da história.

Até agora, o sarampo segurava o recorde: o vírus causador da doença foi identificado em 1953, enquanto a vacina foi aprovada em 1963, apenas dez anos depois. Descobrir o vírus e criar uma vacina em menos de dois anos, como aconteceu com o Corona vírus, vai além de tudo que a ciência já viu.

O ministro da saúde Pazuello anuncia nesta segunda junto com os governadores, em São Paulo, a distribuição das primeiras doses da Coronavac. O governador Paulo Câmara divulgou nota dizendo que vai acompanhar do Recife a cerimônia. O Gabinete de Enfrentamento ao Novo Corona vírus de Pernambuco fica mobilizado depois das 7h, no Palácio do Campo das Princesas, para coordenar o início da imunização em Pernambuco.

Ainda segundo a nota, a expectativa é que, das 4,3 milhões de doses que serão compartilhadas entre os estados brasileiros, Pernambuco receba, nesse primeiro lote, cerca de 270 mil vacinas que garantirão as duas doses da imunização para 129 mil pessoas, entre profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos que vivem em asilos e indígenas aldeados.

Tira a política daíO que ninguém merece em meio a toda essa agonia que o Brasil está vivendo é a politicagem com a pandemia. Mas ontem tivemos mais um capítulo dessa vergonha. O Dória "Calça Apertada" e o Pazuello da Saúde ficaram trocando farpas em meio ao anúncio da vacinação. Dória fazendo o que sabe fazer melhor, marketing! Já o ministro Pazuello engoliu a corda do governador e foi responder a provocação. O povo não tá nem aí pra essas baixarias.

Vai sobrar vacina – Um passarinho me contou que um grande jornal decidiu fazer uma pesquisa, por telefone, perguntando quem estava com disposição de tomar logo a vacina? O resultado não chegou a ser divulgado devido aos números mostrados. O Jornal - que faz uma campanha pela vacinação imediata - não gostou da amostragem. Pelo que me contaram a coisa foi da ordem de 70% não, para 30% sim.

Vacina rouba atenção do Congresso – Pelo menos neste final de semana a grande mídia deixou um pouco de lado a pré-campanha dos presidentes da Câmara e do Senado. Mas baixando a poeira da distribuição da vacina, o assunto volta com tudo. Aliás, é bom que se diga que nas pesquisas, da rádio corredor, quem está disparado na frente é o alagoano Arthur Lira. Rodrigo Maia está sabendo já que vai amargar uma derrota grande com o seu, Baleia Rossi. Sabendo ainda que a derrota vem com traição e tudo.

Governador do Amazonas – Na briga política protagonizada pelo governador, Dória "Calça Apertada", o mesmo se prontificou a mandar hoje mesmo - fora da cota vendida ao Ministério de Pazuello - 50 mil doses da Coronavac para o governo do Amazonas. O governador Wilson Lima jogou uma ducha fria no “Calcinha”. Disse que vai receber as 50 mil doses doadas por SP, mas decidiu "manter o início da vacinação para quarta-feira, como pediu o Ministério da Saúde”.

Maior abstenção de todos os tempos – Mais da metade dos inscritos no Enem não compareceu ao exame neste domingo. O ministro da Educação Milton Ribeiro culpou 'medo da contaminação' pelo número. O candidato que não pôde fazer a prova por sintomas de Covid-19 terá novas datas para fazê-la.

Quem responderá – Será que 70% não vai mesmo encarar a vacinação?