03 Dezembro 2019
Alepe cria Comissão para fiscalizar problemas estruturais na FOP

Alepe cria Comissão para fiscalizar problemas estruturais na FOP

Após receber 50 alunos que denunciaram problemas estruturais na Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP), a Assembleia Legislativa de Pernambuco criou, nesta segunda-feira, uma Comissão para fiscalizar a infraestrutura de um dos mais importantes centros acadêmicos de saúde do estado. O deputado Wanderson Florêncio (PSC) estará à frente do colegiado.

Com um laudo da Defesa Civil, os estudantes alertaram que os problemas estruturais são facilmente percebidos. A denúncia é que os muros que sustentam os corredores balançam, a fiação está exposta contribuindo para que constantemente falte energia e aumentando o risco de incêndio.  A falta de água é constante, o que motivaram os alunos a suspenderem as aulas.

“Há poucos meses a faculdade foi assunto na imprensa pernambucana por conta dos assaltos e agora é ainda pior. O laudo aponta que o prédio precisa ser evacuado por causa do risco de desabamento. São 500 estudantes, 80 professores, além de 100 famílias que moram no terreno da FOP que estão com suas vidas em risco”, alerta Wanderson Florêncio.
De acordo com o parlamentar, a solução é que os alunos passem a também compor o Campus de Santo Amaro, e para isso, o governo terá tempo suficiente de organização, haja vista, o início das férias.

“Utilizaremos todos os recursos possíveis dentro da Assembleia, Indicações, Requerimentos e Audiências Públicas para que o governo encontre uma solução”, disse.