06 Abril 2020
Mandetta renova contratos de publicidade de R$ 1 bilhão firmados no governo Dilma

Mandetta renova contratos de publicidade de R$ 1 bilhão firmados no governo Dilma

Do Agora Parana - De forma silenciosa, no apagar das luzes do dia 26 de dezembro de 2019 e sem o aval do planalto, o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta renovou contratos de publiciade que ultrapassam R$ 1 bilhão com agências de publicidade que alimentam a mídia contra o presidente Jair Bolsonaro. 

Não é a toa, que Mandetta virou o ministro queridinho da extrema imprensa, pois o Ministério da Saúde escoa recursos para empresas de comunicação como Globo e Band que de forma orquestrada firmaram parceria em novembro com a China Media Group, estatal de comunicação do gigante asiático - braço midiático do Partido Comunista da China.

O núcleo de jornalismo investigativo do Agora Paraná teve acesso aos contratos firmados pela licitação 02/2016 (clique e veja) sob o comando da ex-presidente Dilma Roussef realizado pelo processo  número 25000089360201568. O pregão apresenta fortes indícios de fraude. 

O direcionamento da licitação realizado no governo Dilma é tão explícito que as quatro empresas que foram consideradas aptas a participar do certame foram vencedoras de fatias de R$ 256 milhões cada, ou seja, ultrapassando a casa de R$ 1 bilhão.

Diretor de Comunicação de Mandetta comandou ASCOM do goverto do PT 

O contrato bilionário foi renovado de forma silenciosa, sem o aval do presidente da República em uma estratégia do chefe da Comunicação do Ministério da Saúde, Ugo Braga, que foi ligado por anos aos governos lulopetistas. 

O Diretor de Comunicação Social de Mandetta foi Secretário de Comunicação do governo PT no DF, comandado por Agnelo Queiroz e chegou a se desentender com uma ala petista ligada e se aliou a José Roberto Arruda, pivô do mensalão do DEM. Ugo Braga é o chefe da Comunicação do Ministério da Saúde de Mandetta, mas foi nomeado para este cargo ainda no governo Michel Temer e na mudança de governo conseguiu permanecer no cargo em um acordão com o democratas e partidos de esquerda, sem o conhecimento de Jair Bolsonaro e com aval de Mandetta

O ego do Ministro da saúde inflou e ele quer enfrentar o presidente Jair Bolsonaro, se escondendo atrás das mesmas mídias bancadas por ele. Mandetta está se achando o garoto propaganda do Coronavírus e sabe que sua queda é iminente, por isso aproveita cada dia para se tornar mais midiático, sem se preocupar com os empregos e com a comida na geladeira dos brasileiros. 

Neste sábado, 04 de abril eu, jornalista Oswaldo Eustáquio e a ativista Sara Winter fomos até a favela do sol nascente. O povo mostrou as geladeiras vazias. O isolamento social já trouxe o caos para a região mais pobres. Veja o vídeo abaixo: