Blog do Adriano Roberto


Alerj aprova processo de impeachment de Wilson Witzel por unanimidade
Autor
Adriano Roberto

Alerj aprova processo de impeachment de Wilson Witzel por unanimidade

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou de forma unânime, por 69 votos a favor e nenhum contra, o relatório que pede o impeachment do governador afastado Wilson Witzel. A sessão, realizada nesta quarta-feira (23), reuniu 69 deputados, presencialmente ou de forma remota. Um deputado está afastado por problema de saúde.

O projeto precisava de um mínimo de 47 votos para ser aprovado. A resolução será publicada em Diário Oficial nesta quinta-feira (24) e o Tribunal de Justiça (TJ) será comunicado para dar início à formação do Tribunal Misto. 

O tribunal é formado por cinco deputados eleitos pela Alerj e cinco desembargadores eleitos por sorteio pelo TJ. A partir da formação do tribunal, o governador é afastado por até 180 dias enquanto os seus membros analisam a questão.

Witzel, que desistiu de comparecer presencialmente à Alerj, falou por videoconferência ao final dos discursos de 28 deputados, todos com críticas a ele. O governador afastado falou por cerca de 60 minutos. Ele se defendeu, dizendo que foi um julgamento injusto: “Estou sendo linchado moral e politicamente, sem direito de defesa. 

A tirania escolhe suas vítimas. Felizmente a história mostra que mártires nunca morrem”. Citou o Sermão da Montanha, “bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque eles serão fartos”.

Witzel também falou sobre a democracia, criticando a forma como ele foi afastado pela Justiça: “Estamos matando a nossa democracia. O bem maior é o voto. O respeito e a força do voto estão sendo solapados. 

Eu fui afastado sem o direito de falar, sem inquérito prévio. Estou sendo afastado por 180 dias, em pleno exercício do mandato, outorgado pela população. Não pude exercer o meu amplo direito de defesa”.

Witzel adotou um tom forte, por vezes com ataques ao Legislativo: “Eu jamais fui omisso em ouvir e procurar corrigir. Quantos deputados foram investigar as OSs [organizações sociais]? 

Se tinha pagamento irregular, os senhores e as senhoras também foram omissos. Muitos aqui jamais me procuraram. Só falam da tribuna, só reclamam, mas não trazem solução nenhuma. Só fazem projetos autorizativos, atos politiqueiros”.

O governador afastado encerrou dizendo que não se importava de ser julgado, porque tinha a convicção que jamais havia praticado ato ilícito: “Não encontraram um centavo na minha conta. Eu não tenho milhões. Só tenho a minha casa no Grajaú. Eu já estou julgado, previamente condenado. 

Estou sendo amputado do meu cargo. Estou sendo linchado politicamente, de uma forma muito triste. Eu não vim aqui para roubar, vim aqui para mudar a política. E a política não vai me mudar”.

O início do processo de impeachment de Witzel foi aprovado em 10 de junho, por 69 deputados, de um total de 70 parlamentares  . Ele é suspeito de envolvimento em compras fraudulentas e superfaturadas de equipamentos e insumos para o combate à pandemia de covid-19.

Witzel foi alvo, no dia 26 de maio, da Operação Placebo, autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que investiga corrupção na compra de equipamentos e insumos para o combate à pandemia no estado. 

Além dele, também foram alvos a primeira dama, Helena Witzel, a empresa Iabas, que presta serviços de saúde, e outras pessoas. Os policiais federais chegaram a realizar buscas no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, e na casa da família Witzel, no bairro do Grajaú.

Dias antes, o seu então secretário de Saúde, Edmar Santos, já havia sido afastado do governo, por acusações de desvios na pasta, em favor de grupos empresariais, com o recebimento de propinas  .

Witzel foi afastado do poder, por 180 dias, no dia 28 de agosto, no âmbito da Operação Tris in Idem, um desdobramento da Operação Placebo, que investiga atos de corrupção em contratos públicos do governo do Rio de Janeiro. A ação foi autorizada pelo ministro do STJ Benedito Gonçalves. Com informação: Agência Brasil



DETRAN-PE realiza palestra online sobre cuidados no trânsito
Autor
Adriano Roberto

DETRAN-PE realiza palestra online sobre cuidados no trânsito

Dentro das ações da Semana Nacional de Trânsito - SNT, 2020, que estão sendo realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco - DETRAN-PE, que este ano tem como tema “Perceba o risco, proteja a vida”, o agente/instrutor de trânsito, Márcio Silva, proferiu palestra online a convite da Escola Fazer Sonhar, localizada em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, onde falou sobre a Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”, quando destacou a segurança no trânsito, abordando o uso da cadeirinha, cinto de segurança e capacetes.

Segundo Márcio, no momento que estamos vivendo com a pandemia da Covid-19, precisamos nos reinventar e é isso que estamos fazendo. “Com o auxílio da internet, mesmo distantes, podemos ter esse diálogo com as crianças, olhando para as nossas atividades e refletindo sobre como poderíamos continuar a executar com excelência nossa missão”, destacou.  

Durante toda semana estão sendo realizadas ações para motoristas e motociclistas, chamando atenção sobre conflitos no trânsito e alcoolemia, além disso, filmes com formato digital estão sendo veiculados no site do DETRAN-PE e em mídias sociais com postagens educativas, conscientizando e informando. 

Já no Instagram da Escola Pública de Trânsito (@eptdetranpe), estão sendo realizadas lives, abordando temas de relevância para se ter um trânsito mais seguro para todos, como mecânica básica e primeiros socorros.



PF faz operação contra desvio de verbas do SUS no Rio
Autor
Adriano Roberto

PF faz operação contra desvio de verbas do SUS no Rio

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (24) dois mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar R$ 9 milhões em recursos públicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio de Janeiro. 

De acordo com a PF, investigações iniciadas em junho deste ano encontraram indícios de fraudes na contratação de um laboratório no município de Magé, na região metropolitana do Rio.

Ainda segundo a Polícia Federal, foram identificadas irregularidades no processo de contratação do laboratório, como o direcionamento da escolha de empresa específica, fraudes no processo de chamamento público e na execução do contrato.

A investigação encontrou indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde de Magé e de um vereador do município, que seria o proprietário do laboratório beneficiado no esquema.



Coronel Alberto Feitosa critica saúde da gestão PSB e propõe o prontuário eletrônico
Autor
Adriano Roberto

Coronel Alberto Feitosa critica saúde da gestão PSB e propõe o prontuário eletrônico

O Coronel Alberto Feitosa esteve hoje na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada na Imbiribeira para criticar o descaso com a saúde pública do recifense. O pré-candidato a prefeito do Recife falou sobre o caso do educador físico Eduardo Belmiro Ferreira, que faleceu na última segunda-feira (21), vítima de um suposto infarto, após não ter tido atendimento no local. 

Nas redes sociais Feitosa falou sobre uma das suas propostas, o prontuário eletrônico, para melhorar a saúde e questionou o candidato do PSB João Campos sobre o caso, afirmando que ele não conhece os problemas da cidade.

“Você sabe onde eu estou, João Campos? Em frente a UPA da Imbiribeira. Com certeza você não veio aqui, porque você não anda pela cidade. Você finge que anda para resolver os problemas. Mas eu vou lhe contar o que aconteceu aqui com o senhor Eduardo Belmiro Ferreira”.  

Eduardo Belmiro foi socorrido com dores fortes no peito, com suspeita de infarto, mas não teve atendimento. Ao sair para procurar um novo local para ser atendido, seguiu para a estação de metrô Tancredo Neves, onde veio a falecer.

“Esse é o governo do PSB, João Campos, que você anda nas ruas tentando defender, que trata desse jeito a população recifense. É dessa forma que eles cuidam da saúde do povo? Responda João Campos!”, desafiou o coronel.

Uma das propostas do Coronel Alberto Feitosa para a saúde trata do prontuário eletrônico. Uma plataforma digital com todo o histórico do recifense que pode ser acessado a qualquer momento pelos profissionais da área mediante senha, colaborando com a agilidade do atendimento. 

“No meu governo cada cidadão terá um prontuário eletrônico. E aí, se o médico que atendeu Eduardo na segunda usasse essa plataforma, saberia que ele era diabético crônico, hipertenso e que tinha vindo na noite da quinta-feira passada com dor peito, diagnosticado com princípio de infarto e teria conduzido ele em ambulância pra uma unidade cardíaca com carinho, cuidado e todo o respeito”.



Antonio Souza e CAB Motors querem Araripina como polo de carros elétricos
Autor
Adriano Roberto

Antonio Souza e CAB Motors querem Araripina como polo de carros elétricos

Fundada em 2017, a CAB Motors é uma companhia do Grupo Ferreira Souza que vem se destacando no mercado automotivo 4×4, direcionado ao campo corporativo. O empresário cearense Antonio Souza, 49, é seu fundador. A CAB é detentora dos direitos de produção e comercialização do Jipe Stark, um produto 100% nacional.

Ao blog, Souza informou que a expectativa da empresa é ter uma montadora em cada região do Brasil. Há negociações com Campina Grande (PB) para sediar a fábrica que abastecerá as montadoras. Brasília foi a primeira cidade a entrar na rota para produzir a série de carros Diesel 4×4. “Como o Distrito Federal praticamente não teve parada total durante a pandemia, direcionamos a implantação da montadora regional do Centro Oeste”, explica.

Antonio Souza (ao centro), presidente do Grupo Ferreira Souza e gestores da CAB Motors 

A intenção é de levar a empresa para o Pará, no Norte, Santa Catarina, no Sul, e Juazeiro do Norte, no Ceará. O empresário conta que está avaliando qual estado do Sudeste receberá a montadora.

Hoje, há tratativas com o Governo de Pernambuco para que Araripina, no Sertão, seja o centro no Norte-Nordeste da fabricação dos carros elétricos da CAB Motors, com os modelos eCab e eStark, o que vai gerar centenas de empregos diretos e indiretos, fortalecendo a economia da região.

“Escolhi Araripina para ser a nossa divisão de carros elétricos. A expectativa é de que os modelos eCab e eStark sejam lançados até janeiro. Nos próximos 60 dias, esperamos que os trâmites sejam finalizados para iniciarmos as obras”, revela Antonio Souza.



Igarassu celebra 485 anos com ações diferentes este ano, por causa da pandemia
Autor
Adriano Roberto

Igarassu celebra 485 anos com ações diferentes este ano, por causa da pandemia

A cidade localizada no litoral norte está comemorando 485 anos  com várias ações. Por causa da pandemia do novo coronavírus, este ano não acontecerá a programação de  shows espalhados pelos quatro cantos da cidade, a tradicional festa dos santos Cosme e Damião e o desfile cívico.

Por outro lado  estão confirmadas as celebrações religiosas e entregas de várias ações, como ruas calçadas ,escolas , melhorias na saúde municipal e Ordens de Serviço.  A programação  religiosa também será destaque por causa dos padroeiros do município, os Santos Cosme e Damião.

O ponto alto das comemorações católicas, acontece no próximo  27 de setembro, dia  dedicado aos padroeiros. Esse porém tudo será diferente. 

A celebração será realizada com total apoio da secretaria municipal de Saúde cumprindo as recomendações de evitar aglomerações no Sítio Histórico .Por causa da pandemia, os devotos estão sendo orientados a pagar promessas, sem contato físico ou nas romarias para distribuir doces. Especialmente neste ano, a festa dos Santos  Mártires ocorrerá com algumas modificações; 

A participação presencial nas Santas Missas vai requerer uma pré-inscrição, a ser realizada na Secretaria Paroquial presencialmente ou por ligação. Os fiéis devotos que, devido ao isolamento social, não puderem participar das celebrações presencialmente, poderão acompanhá-las remotamente, uma vez que todas serão transmitidas pelo Canal do YouTube da Paróquia.

O pároco Josivan Bezerra, lembra que a igreja terá controle de pessoas que participarão das missas, principalmente no domingo (27), dia dos padroeiros. " Somente 85 pessoas, poderão participar, dentro da igreja de Santos Cosme e Damião, " explicou. A capacidade da nave é de 300 pessoas mas por causa da pandemia o número de presentes foi reduzido. Outra novidade é que no dia  dos padroeiros, o andor da procissão ficará na igreja do convento, ao lado da matriz.

O código de direito canônico, possibilita a mudança das promessas em uma situação difícil e especial.

"Se a pessoa por algum impedimento não pode realizar sua promessa como de costume, poderá trocá-la excepcionalmente esse ano,para que ela seja cumprida da forma mais segura possível." explicou o religioso.

O prefeito Mário Ricardo, lembra que neste momento o importante é manter o foco no trabalho com todo cuidado. “É preciso continuar  o trabalho, cuidando de nossa gente, evitando aglomerações e combatendo a disseminação do novo coronavírus”,  lembrou o gestor.



Celso Muniz apresenta propostas para comerciantes olindenses
Autor
Adriano Roberto

Celso Muniz apresenta propostas para comerciantes olindenses

O candidato à prefeitura de Olinda, Celso Muniz, foi entrevistado nesta terça-feira, na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Olinda-CDL Olinda. A sabatina foi promovida pela CDL Olinda, e transmitida nas redes sociais do Blog Observatório de Olinda. Celso Muniz, respondeu à diversas perguntas sobre os desafios da cidade de Olinda. Especialmente na área da economia. Celso Muniz foi o primeiro candidato à prefeitura de Olinda convidado pela CDL.

Durante o encontro, Celso Muniz garantiu que no seu governo estará junto com os empresários e comerciantes. "Teremos na nossa gestão o Desenvolvimento Econômico como um dos pilares. Nós seremos parceiros dos comerciantes e dos empresários." Disse.

O Presidente da CDL Olinda, José Ramos de Andrade, destacou a importância da entrevista com o pré-candidato. "Celso se saiu bem, e hoje trouxe propostas importantes para o nosso setor."



Conecta Brasil 2020 debateu as telecomunicações na pandemia
Autor
Adriano Roberto

Conecta Brasil 2020 debateu as telecomunicações na pandemia

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) promoveu nesta segunda-feira (21/9) o seminário Conecta Brasil 2020. Em sua quarta edição, a primeira de forma virtual, o evento discutiu a expansão da banda larga pelas Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs).

Foram debatidas as ações adotadas pela Anatel e pelo Ministério das Comunicações para reduzir o impacto da pandemia; as consequências da Covid-19 para o setor e as PPPs; e os efeitos econômicos trazidos pela crise de coronavírus ao segmento das telecomunicações.

Na abertura do Conecta, o conselheiro Emmanoel Campelo – que preside o Comitê de Prestadoras de Serviços de Telecomunicações de Pequeno Porte Junto à Anatel (CPPP) – falou sobre como a pandemia alterou o padrão de vida e a forma como as pessoas interagem com a internet, seja no trabalho, nas compras ou na educação. Segundo Campelo, desde o início da crise a Agência e o Ministério adotaram medidas para fazer com que os serviços não fossem interrompidos e passaram a monitorar o desempenho das redes.

“A Anatel já se preparava para um aumento de demanda na banda larga fixa, muito antes de se imaginar que haveria uma situação como a da pandemia”, afirmou o conselheiro. “As PPPs, apesar de serem consideradas pequenas, possuem elevada capacidade técnica e tiveram importante papel no enfrentamento da crise de Covid-19”, completou Campelo.

O superintendente de Planejamento e Regulamentação da Agência, Nilo Pasquali, ressaltou o objetivo do evento, de trazer as experiencias dos PPPs, escutar essas empresas e entender no que o órgão regulador pode contribuir com a relevante atuação dessas empresas.

Hoje, há cerca de 15,7 mil pequenas prestadoras que respondem por 12 milhões de acessos em banda larga fixa, o que significa 35% desse mercado. “Este ano, temos foco no que foi feito para mitigação dos efeitos da pandemia. Grandes e pequenas prestadoras tiveram atuação fundamental para manter a conectividade durante esse período, no País”, frisou Pasquali.

Ações na pandemia. No primeiro painel, o chefe de Gabinete da Presidência da Anatel, Ronaldo Neves de Moura Filho, e o representante do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra, apresentaram as iniciativas adotadas pelas instituições setoriais para reduzir os impactos da pandemia nas telecomunicações do País.

Coimbra destacou a assinatura do decreto 10.480/2020, que regulamenta a Lei nº 13.116/2015, a chamada Lei das Antenas. Esse decreto estabelece duas medidas que beneficias as PPPs: a regra do silêncio positivo, que considera aprovadas as demandas dessas empresas, após 60 dias sem a manifestação do poder público. A segunda medida estabeleceu parâmetros que permitem a cobrança pelo direito de passagem, outra expectativa das pequenas prestadoras”, disse.

Ronaldo Moura ressaltou a relevância em definir, desde o início da pandemia, as premissas que dariam suporte às medidas que guiaram a atuação da Anatel. “A construção de um compromisso entre os principais segmentos do setor de telecomunicações permitiu que fossem priorizados quatro pontos: os serviços seguiriam funcionando; haveria apoio especial aos serviços de saúde e de segurança pública; as dificuldades dos consumidores seriam endereçadas; e a população seria bem informada”, explicou Ronaldo. “A atuação do setor no âmbito da crise tem sido de sucesso. As pessoas conseguiram adaptar suas rotinas e necessidades, e a Agência manteve a segurança jurídica nas relações entre os diversos atores – o que representa um sinal de maturidade regulatória”, afirmou.

Economia pós-Covid-19. O subsecretário de Regulação e Mercado do Ministério da Economia, Gabriel Godofredo Fiúza de Bragança, abordou os efeitos econômicos trazidos pela crise de coronavírus e suas consequências. Segundo ele, o setor de telecomunicações é essencial e viabiliza outros setores de infraestrutura – como o das redes inteligentes.

“Na pandemia, nós deixamos um pouco de lado a agenda estrutural e passamos a observar a agenda conjuntural. Na retomada pós-pandemia, o Ministério da Economia volta sua atenção às reformas estruturais para garantir que o País possa se recuperar rapidamente da projeção de decréscimo do PIB”, destacou Bragança.

Pequenos grandes provedores. O terceiro e último painel teve como tema os desafios e oportunidades para as PPPs após a pandemia. Ele contou com representantes da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Sidnei Batistella, e da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp), João Moura.

Batistella apresentou comparativos entre os cenários anteriores e durante a crise, com forte atuação  das PPPs. “Os pequenos provedores cresceram 25% durante a crise, enquanto as grandes operadoras cresceram 12%”, falou. Para Moura, a questão da confiabilidade das redes ganhou robustez com a pandemia. “Cabe às PPPs mostrar aos consumidores que elas têm condições de atender com qualidade às suas necessidades e expectativas. O mercado, daqui para a frente, será mais dinâmico e pronto para mudar a toda hora”, observou.

O Conecta Brasil 2020 pode ser visto no canal da Anatel no Youtube.

Conselheiro Emmanoel Campelo, que preside o CPPP da Anatel



DETRAN-PE promove ação alertando sobre como evitar conflitos no trânsito
Autor
Adriano Roberto

DETRAN-PE promove ação alertando sobre como evitar conflitos no trânsito

Dando continuidade à Semana Nacional de Trânsito – SNT, 2020, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, realizou hoje (22), no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, ação preventiva/educativa com objetivo de alertar aos condutores sobre como evitar conflitos no trânsito.

Para Roberto Fontelles, Diretor Presidente do DETRAN-PE, dirigir é um exercício diário de respeito ao próximo, com base nisso,  também foram preparados filmes com formato digital, que estão sendo veiculados no site do DETRAN-PE e em mídias sociais com postagens educativas, conscientizando e informando. Já no Instagram da Escola Pública de Trânsito (@eptdetranpe), serão realizadas lives, abordando temas de relevância para se ter um trânsito mais seguro para todos, como mecânica básica e primeiros socorros.

No local, sempre cumprindo as medidas de isolamento social para o enfrentamento ao Covid-19, seguindo todas as determinações do decreto do Governo de Pernambuco, no sentido de evitar aglomerações com foco no distanciamento social, agentes de trânsito, especialistas em educação de trânsito e psicólogos do Órgão realizaram abordagens à motoristas e motociclistas, quando foi realizada mini palestra, no modelo drive thru, além da distribuição de máscara e álcool 70%, em parceria com a Secretaria de Políticas de Prevenção a Violência e às Drogas - SPVD-PE, e da Central Única das Favelas - CUFA.

Juliana Guimarães, Gerente de Psicomédica do DETRAN-PE e Presidente da Associação Brasileira de Psicologia de Tráfego de Pernambuco - Abrapsit-PE, destacou que o trânsito é um espaço de convivência e que a ação foi pensada para sensibilizar os condutores na questão de saúde no trânsito, uma vez que, o trânsito é um problema de saúde pública mundial. 

Dados da Organização Mundial de Saúde - OMS, apontam que 5% da população tem hábito comportamental agressivo ao volante e que mais de 90% dos acidentes são causados por falha humana. “1.35 milhões morrem por ano no mundo, com 30 a 50 milhões de feridos e sequelados. Ela destacou que a morte no trânsito está em 8º lugar no mundo e, no Brasil, está em 5º e 1º em morte de 5 a 29 anos”, ressaltou.

Participaram do evento o Departamento de Estrada e Rodagem – DER; Secretaria de Saúde, por meio da Operação Lei Seca - OLS; Batalhão de Policiamento de Trânsito - BPTran; e Autarquia de Trânsito e Transporte do Recife - CTTU. 



PF cumpre mandados na 75ª fase da operação Lava Jato
Autor
Adriano Roberto

PF cumpre mandados na 75ª fase da operação Lava Jato

Policiais federais cumprem hoje (23) mandados de busca e apreensão na operação Boeman, a 75ª fase da operação Lava Jato. São 25 mandados que estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, de Macaé (RJ), São Paulo, Aracaju e Barra dos Coqueiros (SE).

Segundo a Polícia Federal (PF), as medidas são resultado de informações repassadas em acordo de colaboração premiada de lobistas que atuavam junto a funcionários da Petrobras e a políticos com influência na estatal.

As provas apresentadas pelos colaboradores mostram indícios de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro durante processo de contratação de navios lançadores de linha (PLSV) pela Petrobras.

Segundo a PF, um dos investigados teve acesso a informações privilegiadas da estatal para ter vantagens no processo licitatório. Investigações feitas por autoridades holandesas também teriam constatado ilegalidades no fornecimento desses navios.

As empresas estrangeiras vencedoras da licitação, posteriormente, subcontrataram uma companhia holandesa para execução do serviço licitado. A companhia holandesa contratada era representada por um empresário brasileiro.

Os mandados de busca e apreensão de hoje têm por objetivo cessar a atividade criminosa, aprofundar o rastreamento dos recursos de origem criminosa (propina) e concluir a investigação policial.



Bolsonaro diz que se a mídia está criticando, é porque discurso foi bom
Autor
Adriano Roberto

Bolsonaro diz que se a mídia está criticando, é porque discurso foi bom

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu no fim da tarde desta terça-feira (22) o discurso que fez na abertura da 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

"Se a mídia está criticando, é porque o discurso foi bom", disse a um apoiador que tentou estabelecer uma relação de corroboração entre a fala de Bolsonaro e a do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A declaração ao chegar ao Palácio da Alvorada, gravada em vídeo, foi a a segunda menção que o presidente fez à própria fala na ONU. Assim que encontrou os apoiadores, Bolsonaro perguntou sobre o discurso, mas a claque preferiu continuar dizendo de que estados era oriunda.

O presidente utilizou a oportunidade de falar a chefes de diversas nações para reprisar a tese de que é vítima de uma campanha de desinformação e defender as políticas de seu governo diante da pandemia de coronavírus e das queimadas que devastam a Amazônia e o Pantanal.

A agência de checagem Lupa classificou quatro declarações como falsas, cinco como exageradas, duas como insustentáveis (não há dados públicos que comprovem a informação) e duas como verdadeiras.

Bolsonaro afirmou que, desde o início da crise, destacou que tanto o vírus quanto o desemprego "precisavam ser tratados igualmente" e acusou parcela da imprensa brasileira de disseminar o pânico em relação à pandemia da Covid-19.

O presidente elencou medidas de seu governo, como o auxílio emergencial, e jogou a responsabilidade das regras de isolamento aos governadores -a pandemia já matou mais de 136 mil pessoas no país - como estratégia para se eximir das consequências da crise.

O presidente afirmou ainda que as riquezas da Amazônia despertam interesses estrangeiros e escusos e é por isso que, em sua visão, o governo é vítima do que chamou de "brutal campanha de desinformação" - ele seguiu minimizando os incêndios e negando que conduza uma gestão ambiental negligente.

Segundo Bolsonaro, as queimadas se dão por condições naturais inevitáveis ou pela atuação de índios e caboclos. O presidente disse ainda que os focos de incêndio criminosos "são combatidos com rigor e determinação" e que tem "tolerância zero com o crime ambiental".

Ele não fez qualquer menção ao aumento no número de queimadas na Amazônia e no Pantanal.

De acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), até 21 de setembro, a Amazônia registrava 27.660 focos de queimada, número maior que em todo o mês de setembro do ano passado (19.925 focos). No Pantanal, o órgão aponta 5.966 focos ativos detectados pelo satélite de referência até 21 de setembro ante 2.887 em todo o mês de setembro de 2019.

A França, assim como outros países da União Europeia, quer impor condições ambientais para que as negociações do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul tenham seguimento.

Nesta terça, o Itamaraty e o Ministério da Agricultura divulgaram uma extensa nota para rebater o governo francês. O governo diz que um eventual fracasso do acordo vai aumentar devastação da Amazônia.

Após dedicar grande parte do discurso à defesa de suas políticas internas, Bolsonaro ampliar o escopo do discurso com os habituais acenos a Trump e ataques à Venezuela - citando uma tese não comprovada de que o derramamento de óleo no litoral brasileiro foi causado de forma criminosa pelo país vizinho.

Por fim, reforçou a imagem do Brasil como um país cristão e conservador e fez um apelo à comunidade internacional ao que classificou como defesa da "liberdade religiosa e do combate à cristofobia". Informações da FolhaPress.



Receita Federal abre nesta quarta-feira consulta ao 5º lote do IRPF
Autor
Adriano Roberto

Receita Federal abre nesta quarta-feira consulta ao 5º lote do IRPF

A Receita Federal abre nesta quarta-feira (23), a partir das 9h, a consulta ao 5º  lote de restituições do Imposto de Renda 2020. O crédito bancário para 3.199.567 contribuintes será realizado no dia 30 de setembro, totalizando o valor de R$ 4,3 bilhões.

Desse total, R$ 226.353.008,42 referem-se aos contribuintes que têm prioridade legal, sendo 7.761 idosos acima de 80 anos, 44.982 entre 60 e 79 anos, 4.685 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 21.303 pessoas cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na Internet. No Portal e-CAC, é possível acessar o serviço Meu Imposto de Renda e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Com informações da Receita Federal.