Blog do Adriano Roberto


Lula é condenado a 9 anos e seis meses de prisão no caso do triplex
Autor
Adriano Roberto

Lula é condenado a 9 anos e seis meses de prisão no caso do triplex

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado nesta quarta-feira (12) a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá, em São Paulo.

Segundo informações do G1, a sentença foi emitida pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

Caso a condenação seja confirmada em segunda instância, pelo TRF (Tribunal Regional Federal), Lula poderá ser preso e pode ficar inelegível. O tribunal leva, em média, cerca de um ano e meio para analisar as sentenças de Moro.

O ex-presidente é acusado de se beneficiar de dinheiro desviado da Petrobras na compra e reforma do tríplex no Guarujá, assim como no transporte de seu acervo presidencial após a saída do Planalto. Os benefícios teriam sido pagos pela empreiteira OAS, em troca de contratos com a estatal.

O imóvel, segundo o MPF, rendeu um montante de R$ 2,76 milhões ao ex-presidente. O valor é a diferença do que a família de Lula já havia pago pelo apartamento, somado a benfeitorias realizadas nele.

Além de Lula, outras seis pessoas foram envolvidas nesta ação penal.

Veja abaixo as acusações contra cada réu:

Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS: corrupção ativa e lavagem de dinheiro

Paulo Gordilho, arquiteto e ex-executivo da OAS: lavagem de dinheiro

Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula: lavagem de dinheiro

Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ex-executivo da OAS: corrupção ativa

Fábio Hori Yonamine, ex-presidente da OAS Investimentos: lavagem de dinheiro

Roberto Moreira Ferreira, ligado à OAS: lavagem de dinheiro

A defesa de Lula poderá recorrer à sentença.



Reforma Trabalhista: vamos fazer um resumo
Autor
Adriano Roberto

Reforma Trabalhista: vamos fazer um resumo

A Reforma Trabalhista foi aprovada no plenário do Senado nesta terça-feira (11) por 50 votos a 26, com uma abstenção. A reforma muda trechos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prevê detalhes que poderão ser acordados entre empregadores e funcionários e, em caso de acordo coletivo, passarão a ter força de lei. PUB Para se tornar lei, a reforma ainda depende da sanção do presidente Michel Temer (PMDB). Entenda as principais mudanças:

Jornada de trabalho: a jornada diária poderá ser de 12 horas com 36 horas de descanso, respeitando o limite de 44 horas semanais (ou 48 horas, com as horas extras) e 220 horas mensais.

Férias: com as novas regras, as férias poderão ser fracionadas em até três períodos, mediante negociação, contanto que um dos períodos seja de pelo menos 15 dias corridos. Tempo na empresa: as atividades no âmbito da empresa como descanso, estudo, alimentação, interação entre colegas, higiene pessoal e troca de uniforme não são consideradas dentro da jornada de trabalho. + Reforma trabalhista viola convenções internacionais, diz OIT

Descanso: a partir de agora, o intervalo dentro da jornada de trabalho poderá ser negociado, desde que tenha pelo menos 30 minutos. Além disso, se o empregador não conceder intervalo mínimo para almoço ou concedê-lo parcialmente, a indenização será de 50% do valor da hora normal de trabalho apenas sobre o tempo não concedido em vez de todo o tempo de intervalo devido.

Remuneração: deixa de ser obrigatório o pagamento do piso ou salário mínimo na remuneração por produção. Além disso, trabalhadores e empresas poderão negociar todas as formas de remuneração, que não precisam fazer parte do salário. Plano de cargos e salários: patrão e funcionário poderão negociar o plano de carreira sem necessidade de homologação nem registro em contrato, podendo ser mudado constantemente. Contribuição sindical: a contribuição sindical deixa de ser obrigatória e será opcional.

Trabalho intermitente (por período): antes não havia essa regra, agora o trabalhador poderá ser pago por período trabalhado, recebendo pelas horas ou diária. Ele terá direito a férias, FGTS, previdência e 13º salário proporcionais. No contrato deverá estar estabelecido o valor da hora de trabalho, que não pode ser inferior ao valor do salário mínimo por hora ou à remuneração dos demais empregados que exerçam a mesma função. O empregado deverá ser convocado com, no mínimo, três dias corridos de antecedência. No período de inatividade, pode prestar serviços a outros contratantes.

Trabalho remoto (home office): a legislação também não contemplava essa modalidade de trabalho. A partir de agora, tudo o que o trabalhador usar em casa será formalizado com o patrão via contrato, como equipamentos e gastos com energia e internet, e o controle do trabalho será feito por tarefa.

Trabalho parcial: a nova regra permite que a duração do trabalho pode ser de até 30 horas semanais, sem possibilidade de horas extras semanais, ou de 26 horas semanais ou menos, com até 6 horas extras, pagas com acréscimo de 50%. Um terço do período de férias pode ser pago em dinheiro.

Transporte: o tempo despendido até o local de trabalho e o retorno, por qualquer meio de transporte, não será computado na jornada de trabalho. Negociação: convenções e acordos coletivos poderão prevalecer sobre a legislação. Assim, os sindicatos e as empresas podem negociar condições de trabalho diferentes das previstas em lei, mas não necessariamente num patamar melhor para os trabalhadores. Em negociações sobre redução de salários ou de jornada, deverá haver cláusula prevendo a proteção dos empregados contra demissão durante o prazo de vigência do acordo.

Demissão: o contrato de trabalho poderá ser extinto de comum acordo, com pagamento de metade do aviso prévio e metade da multa de 40% sobre o saldo do FGTS. O empregado poderá ainda movimentar até 80% do valor depositado pela empresa na conta do FGTS, mas não terá direito ao seguro-desemprego.

Danos morais: o texto impõe limitações ao valor a ser pleiteado pelo trabalhador, estabelecendo um teto para alguns pedidos de indenização. Ofensas graves cometidas por empregadores devem ser de no máximo 50 vezes o último salário contratual do ofendido.

Terceirização: haverá uma quarentena de 18 meses que impede que a empresa demita o trabalhador efetivo para recontratá-lo como terceirizado. O texto prevê ainda que o terceirizado deverá ter as mesmas condições de trabalho dos efetivos, como atendimento em ambulatório, alimentação, segurança, transporte, capacitação e qualidade de equipamentos.

Gravidez: mulheres grávidas ou lactantes que antes estavam proibidas de trabalhar em lugares com condições insalubres, agora poderão trabalhar em ambientes considerados insalubres, desde que a empresa apresente atestado médico que garanta que não há risco ao bebê nem à mãe. Mulheres demitidas têm até 30 dias para informar a empresa sobre a gravidez.

Banco de horas: o banco de horas pode ser pactuado por acordo individual escrito, desde que a compensação se realize no mesmo mês.

Rescisão contratual: a homologação da rescisão do contrato de trabalho pode ser feita na empresa, na presença dos advogados do empregador e do funcionário – que pode ter assistência do sindicato.

Multa: a multa para empregador que mantém empregado não registrado é de R$ 3 mil por empregado, que cai para R$ 800 para microempresas ou empresa de pequeno porte.





Leia aqui a Coluna do Edmar Lyra desta quarta, 12

PSDB tem seus motivos para não dar a presidência do partido a Elias Gomes

Até as paredes da sede do PSDB sabiam o que somente há alguns dias o grande público veio saber, de que o partido em Pernambuco não deseja entregar a presidência da sigla ao ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes Elias Gomes. Apesar de ter sido selado um acordo quando Antonio Moraes assumiu em 2015, muita coisa ocorreu de lá pra cá, e o rodízio previamente acertado caminha a passos largos para não acontecer.

Ninguém no PSDB entendeu o fato de Elias ter abdicado de indicar Evandro Avelar, um nome da confiança de todos os membros do partido para inventar Heraldo Selva, filiado ao PSB, para a sua sucessão. Outro episódio que chamuscou Elias perante os tucanos foi uma tentativa malsucedida de rifar a candidatura de Daniel Coelho no Recife para em troca garantir o apoio do PSB ao seu projeto em Jaboatão e pior, tentar condicionar isso ao PSB negar legenda a Lula Cabral no Cabo. Nada do que ele planejou deu certo no ano passado.

Como todos sabem, Elias Gomes foi um dos políticos mais derrotados de 2016 em Pernambuco, pois não mandou seu candidato sequer ao segundo turno em Jaboatão dos Guararapes e viu Betinho Gomes sofrer a terceira derrota seguida no Cabo para Lula Cabral. Ele planejava pegar uma supersecretaria no governo Paulo Câmara a fim de ser candidato a senador na chapa de reeleição do governador, mas viu seus planos ruírem pelo veredito das urnas.

Se sentado na cadeira de prefeito da segunda cidade mais importante de Pernambuco Elias foi incapaz de conquistar a presidência do PSDB, não seria agora, na planície, que ele conseguiria. Exceto Betinho Gomes, todos os tucanos de alta plumagem no estado desejam a continuidade de Antonio Moraes, que goza da confiança de todos, circula bem em todos os ambientes políticos e diferentemente de Elias, saiu extremamente fortalecido das eleições de 2016.

Conciliação – O prefeito Geraldo Julio firma, nesta quarta-feira, uma parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para instalar uma Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem no Compaz Ariano Suassuna, localizado no bairro do Cordeiro. Desde a inauguração do equipamento, em abril, o Compaz conta com um Núcleo de Prevenção e Mediação de Conflitos que tem o objetivo de resolver impasses de forma extrajudicial e pacífica, com o auxílio de psicólogos e assistentes sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife.

Posse – O deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB) assumirá a secretaria estadual de Habitação amanhã em solenidade no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, a partir das 16 horas. Ele substitui Bruno Lisboa, que vinha fazendo um belo trabalho no cargo, e será substituido na Câmara dos Deputados por Luciano Bivar, presidente nacional do PSL.

Atropelando – Muitos deputados estaduais gostariam que Kaio assumisse Agricultura em vez de Habitação, pois não suportam mais o rolo compressor que Nilton Mota vez realizando na pasta para viabilizar sua reeleição. Nilton é motivo de discórdia na base do governador Paulo Câmara porque vem atropelando quem passa na frente dele.

Divulgação – O Congresso da Amupe peca mais uma vez por absoluta falta de divulgação. O presidente da Amupe, prefeito de Afogados da Ingazeira José Patriota (PSB), que é candidato a deputado no ano que vem, deveria ter feito um movimento mais consistente para que o grande público soubesse do evento em 2017. Faltou organização por parte de quem fica responsável por isso.

RÁPIDAS

Convite – O governador Paulo Câmara já mandou convidar Wolney Queiroz e José Queiroz para uma conversa no Palácio do Campo das Princesas. Pelo que se comenta a cocada com água gelada sairá para os dois em breve e o PDT ficará na Frente Popular na busca pela reeleição do governador em 2018.

Ponto de Vista – O programa Ponto de Vista do radialista Adriano Roberto é sucesso absoluto, várias rádios do estado de Pernambuco estão procurando-o para retransmitir o programa que estreou essa semana e conta com os nossos comentários políticos diariamente. Já são quase dez rádios que retransmitem o Ponto de Vista que está revolucionando o mercado desse tipo de programa.

Inocente quer saber – A aprovação da reforma trabalhista dará sobrevida a Temer ou é apenas a melhora da morte?





Coluna de Edmar Lyra desta terça

Paulo Câmara dá xeque-mate ao convocar Kaio Maniçoba 

O governador Paulo Câmara anunciará a convocação do deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB) para a secretaria de Habitação em substituição a Bruno Lisboa. O movimento mantém o gordo quinhão do PMDB no governo, mas atrai um partido que estava na eminência de pular para a oposição. Com a convocação de Kaio, Luciano Bivar assumirá por nove meses o mandato de deputado federal.

A decisão do governador ocorre no momento em que o PSL, que pretende mudar o nome para Livres, flertava com a oposição. Dando a Bivar o mandato de deputado federal, Paulo Câmara praticamente garante o partido na sua coligação, também empurra Socorro Pimentel para fora do partido e principalmente mela a ida de Daniel Coelho para o partido.

Bivar que estava chateado com o Palácio por ter ficado na suplência de federal sem assumir o mandato, agora se sentirá contemplado no governo, Kaio Maniçoba numa importante secretaria se cacifa ainda mais para buscar a reeleição, uma vez que ele teve 29 mil votos em 2014 e precisará triplicar sua votação para continuar na Câmara Federal. Nada melhor do que o cargo de secretário por nove meses, sobretudo pra quem tem base no interior, para buscar o mandato.

No movimento realizado pelo governador, fica evidente que Paulo Câmara não está alheio aos movimentos dos partidos de dentro e de fora da Frente Popular. Outro beneficiário neste processo foi Beto Acioly que ficará sozinho no PSL para buscar a reeleição, seja numa chapinha, seja numa dobradinha com Bivar que agora mais do que nunca tentará o mandato de deputado federal em 2018.

A atitude abre precedente para que haja novas acomodações no governo a fim de manter a tropa unida na busca pelo segundo mandato de Paulo Câmara.

Veto – O prefeito do Cabo de Santo Agostinho Lula Cabral afirmou com todas as letras que não votará de jeito nenhum em Jarbas Vasconcelos para o Senado em 2018 caso ele seja mesmo candidato na chapa de Paulo Câmara. Lula não aceita os posicionamentos de Jarbas a favor dos Gomes em eleições passadas e por isso não fará campanha pro ex-governador caso tente voltar para a Câmara Alta.

PSDB – A Juventude do PSDB solicitou que fosse realizada uma reunião para discutir a sucessão do comando do partido, pois há rumores de que a executiva não quer que Elias Gomes assuma o partido porque não agregaria nada a legenda.

Alberto Feitosa – O secretário de Saneamento e deputado estadual Alberto Feitosa (Solidariedade) vem realizando um extraordinário trabalho na prefeitura do Recife, sendo considerado o melhor auxiliar do prefeito Geraldo Julio. A depender do cenário, Feitosa que volta para a Alepe em abril do ano que vem, poderá ser candidato a federal, basta que Augusto Coutinho seja candidato a vice-governador em 2018.

Abandono – Está impraticável a situação da BR-101 sob responsabilidade do DNIT. Para sair do Cabo de Santo Agostinho para Jaboatão dos Guararapes não leva menos de uma hora e meia nos horários de pico. O secretário dos Transportes Sebastião Oliveira bem que poderia utilizar seu prestígio junto ao ministro Mauricio Quintella para resolver este problema que afeta milhares de pernambucanos todos os dias.

RÁPIDAS

Paulo Farias – O secretário de governo do Cabo de Santo Agostinho durante o evento de aniversário da cidade foi bastante festejado por aliados do prefeito Lula Cabral, que realiza uma gestão acima da média na cidade. Paulo é acessível e trabalhador incansável pelo êxito da gestão e por isso tem sido reconhecido por todos que sustentam a gestão Lula Cabral.

Ex-deputado – Para um colega de Câmara Federal, o deputado federal Betinho Gomes (PSDB) já pode ser considerado ex-deputado, pois não passará muito de sessenta mil votos.

Inocente quer saber – Agora que a ida pro PSL melou, Daniel Coelho vai pra qual partido?

Acesse o blog do Edmar Lyra
www.edmarlyra.com/



Durante defesa de senadora, Lula critica ‘toma-lá-dá-cá’
Autor
Adriano Roberto

Durante defesa de senadora, Lula critica ‘toma-lá-dá-cá’

O ex-presidente Lula prestou depoimento como testemunha de defesa da senadora Gleisi Hoffman (PT-RS) num processo em que a senadora e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, são acusados de receber verbas sujas provenientes da Petrobras. De acordo com o Blog do Josias, Lula foi crivado de perguntas sobre o apadrinhamento político de diretores de estatais.

A certa altura, declarou: ''Vou tentar explicar, porque o Ministério Público acha criminoso os partidos tentarem indicar pessoas. Numa outra encarnação nós vamos indicar só gente do Ministério Público.'' Não precisa tanto. Basta não enviar ao Diário Oficial a nomeação de larápios. Convém, de resto, não confundir coisa pública com cosa nostra.



STF rejeita recurso e votação da reforma trabalhista será hoje
Autor
Adriano Roberto

STF rejeita recurso e votação da reforma trabalhista será hoje

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, rejeitou nesta segunda-feira (10) um mandado de segurança do senador Paulo Paim (PT-RS) que pedia a suspensão da tramitação da reforma trabalhista (PLC 38/2017). Dessa forma, o projeto continua na pauta do Plenário para ser votado nesta terça-feira (11).

Os senadores que se opõem à reforma trabalhista proposta pelo governo Temer já apresentaram 33 requerimentos para votação em separado e diferentes trechos. Para cada um deles, o Plenário deverá decidir se aceita a solicitação e, caso aceite, deverá decidir se mantém o dispositivo específico dentro do texto.

Impacto orçamentário

A argumentação de Paim é que a proposta da reforma trabalhista incorre em renúncia de receita para o governo federal e, portanto, precisaria estar acompanhada de uma estimativa de impacto orçamentário e financeiro. Caso contrário, os senadores poderiam suspender a tramitação para analisar a compatibilidade fiscal do projeto. + Reforma Trabalhista irá piorar condições do trabalhador, diz advogado Essa determinação foi criada pela Emenda Constitucional 95, que estabeleceu o Novo Regime Fiscal. Ela resultou da chamada “PEC do teto de gastos” e foi aprovada pelo Senado em dezembro de 2016. — Essa PEC foi aprovada aqui. [Na Emenda 95] está muito claro que sem previsão orçamentária você não pode cometer os absurdos que essa proposta está levando para o Plenário — explicou Paim.

Apelo

O líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ), afirmou que a continuidade da reforma trabalhista sem a estimativa de impacto orçamentário “desmoraliza” o Novo Regime Fiscal recém-inaugurado. Ele disse que argumentará em Plenário contra a votação da proposta lembrando aos demais senadores que o presidente Michel Temer enfrenta uma denúncia criminal por corrupção passiva. - Vamos fazer um apelo político amanhã para os senadores não votarem uma reforma dessa neste momento, em que o presidente está prestes a ser afastado - disse ele.

Rito

Caso a Câmara dos Deputados autorize o prosseguimento da denúncia contra Temer, o presidente deverá ser afastado do cargo por um período máximo de 180 dias, enquanto o STF julga o caso. A senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que a reforma trabalhista está seguindo a tramitação normal, conforme havia sido estabelecido em acordo no Senado.

Ela destacou que o presidente da Casa, Eunício Oliveira, tem garantido o andamento correto. - O próprio Plenário definiu que deveria ser amanhã a votação, em regime de urgência. Portanto, todos os prazos foram obedecidos. O presidente Eunício foi extremamente correto nesse rito processual e regimental para não haver nenhuma dúvida. As informações são da Agência Senado.



É hoje a estreia do Ponto de Vista pela Rede PE às18 horas
Autor
Adriano Roberto

É hoje a estreia do Ponto de Vista pela Rede PE às18 horas

Estamos a todo vapor aqui produzindo o programa de estreia do Ponto de Vista que vai ao ar hoje pela Rede PE. Essa é uma cadeia de emissoras de rádio criada por este profissional de comunicação que nunca parou de trabalhar em prol da prestação de serviço de informação, em todas as plataformas. E são muitas! Olhando para trás vejo no meu histórico uma carreira com muitos atos desbravadores, principalmente no rádio de Pernambuco.

Aqui, como profissional do rádio, comecei na, Rádio Capibaribe, numa das primeiras produções independentes, o "Espaço Tiridá", em 1985. A direção do programa era dos meus eternos amigos, Rui Sarinho, Marco Aurélio, Urariano e minha mentora Liane. Apresentava o programa ao lado de Mariana Arraes, filha do saudoso governador Miguel Arraes. Dali, com ajuda da minha sempre amada chefe, Carminha Pereira, alcei voos mais altos.

Fui o primeiro locutor a colocar voz na programação enlatada da rádio Transamerica, a primeira FM de Pernambuco. Posso dizer que fui o primeiro locutor de FM do estado. Mas não parou por aí, com o ímpeto visionário do casal, Ricardo Pinto e Isabel Cristina, da então Rádio Cidade, levamos o rádio FM, que tinha programação exclusivamente musical, para as ruas fazendo transmissões de eventos e shows ao vivo, coisa que as FMs nunca fizeram. Podendo assim dizer que fui o primeiro repórter de rua das rádios em frequencia modulada de Pernambuco. Deixando alí, marcadas para sempre, as coberturas de vestibulares - Contato Cidade.

Mas o desafio maior ainda viria, quando fui convidado pelo jornalista, Magno Martins, para produzir um programa político em rede de rádio para toda região, com várias emissoras interligadas em cadeia por streaming, via internet. Muitos condenaram totalmente a ideia e a prova do sucesso está visível há 11 anos no ar. O programa Frente a Frente com Magno está consolidado e já abre espaço para esse meu voo solo de fazer um outro programa no mesmo horário e sobre o mesmo tema.

Sempre digo que aprendi a ser totalmente dependente de Deus e colocar nas mãos dele, todo projeto e qualquer decisão que eu tenha que tomar na minha vida. Essa também foi assim, há um mês atrás iniciei o projeto do- Ponto de Vista com Adriano Roberto - e Deus foi colocando em meu caminho pessoas que compraram a ideia e decidiram caminhar junto comigo, recebo agora esse presente Dele. Deus também tirou algumas pessoas muito caras deste meu caminho, mas isso teria mesmo que acontecer. Também costumo dizer que quando Deus ilumina a nossa vida, as pessoas da escuridão desaparecem e assim aconteceu com essas pessoas amigas que não tomaram conhecimento do meu projeto.

Hoje estaremos estreando o nosso novo programa, Ponto de Vista é um espaço de todos nós, amigos, profissionais, ouvintes e todos que, de algum modo, gostam de política, causas sociais e informação. Teremos muitos quadros informativos, mas teremos também o espaço dos blogueiros, dos ouvintes e do humor que sempre me acompanhou nas minhas produções. Conto com sua participação e já abro os canais para que você possa participar. Aqui na região Metropolitana do Recife teremos duas emissoras transmitindo, Rádio Evangélica FM 100,7, que é a cabeça de rede ou seja vai gerar para todo estado e Candelária FM 98,3 em Jaboatão. No Interior teremos várias emissoras que vamos falar no programa de estreia hoje. Pelo Whatszap participe pelo número 81 996526565 e no meu blog vc pode ouvir o programa, em todas as plataformas, clicando no alto do site adrianoroberto.blog.br. Estamos providenciando os aplicativos dos telefones edivulgaremos assim que ficarem prontos.

Muito obrigado a todos os parceiros que nos acompanham, a partir de agora, nesta nova jornada da minha vida e para aqueles que se afastaram as minhas orações para que Deus possa iluminar o caminho deles também. Não sei de quem é essa frase, mas cabe bem aqui para encerrar: "Agindo com dignidade você pode nào consertar o mundo, mas vai ser um canalha a menos na face da Terra."



Dia 10 estreia Ponto de Vista na Rede PE de Rádio

Já estamos preparando a estreia do programa de política que vai inovar a linguagem da comunicação das notícias políticas no rádio. O ponto de Vista, com Adriano Roberto, estréia dia 10, pela Rede PE de Rádio. Várias emissoras já estão marcando presença na rede de rádio que será formada para levar as notícias políticas. O nome da rede é PE, de Pernambuco, estado cuja cobertura do noticiário político vai dar maior ênfase, dentre as informações regionais e nacionais.

"Não vou me ater aos números agora, já que várias emissoras estão ainda por confirmar a participação. Mas não poderia deixar de reconhecer os parceiros de primeira hora,  que aparecem na foto acima, aqueles que confiam no sucesso do projeto, antes mesmo de entrar no ar. Agradeço a confiança depositada neste jornalista que tem a intensão de levar, mais uma vez, ao ar um programa que já teve o sucesso consolidado por 11 anos na parceria que tinha com o Frente a Frente (idealizado e produzido por Adriano), pela Rede Nordeste de Rádio. Junto com o programa de rádio vamos turbinar o nosso blog e uma coisa funcionará conectada a outra, junto com as redes sociais, numa plataforma completa de comunicação em PE."

Adriano Roberto - Radialista, Jornalista, repórter e comunicador, cidadão triunfense, com extensa experiência nas principais emissoras de rádio e televisão do país. Em Pernambuco, Adriano Roberto é especialmente conhecido pelas coberturas ao vivo, passou pelas rádios, Jovem Cap, Globo, Cidade, CBN, Melodia, entre outras. Sempre teve veia jornalistica e agora junta a pós-graduação, MBA em "Gestão da Tecnologia da Informação", para oferecer ainda mais desempenho na prestação de serviços ligados à comunicação digital. Aguardem, o Ponto de Vista vai viciar você na boa análise política sem tendencias e com total isenção.



Ator Fábio Assunção é detido em Arcoverde, em Pernambuco; veja vídeo
Autor
Adriano Roberto

Ator Fábio Assunção é detido em Arcoverde, em Pernambuco; veja vídeo

Da FolhaPe - O ator Fábio Assunção foi detido, na madrugada deste sábado (24), no São João de Arcoverde, no Sertãoo de Pernambuco. Ele teria quebrado o vidro de uma viatura policial e xingado militares. A detenção foi confirmada pela Polícia Militar de Pernambuco.

Testemunhas informaram que o ator estava sob efeito de álcool e teria se exaltado após o carro que ele estava bater em uma viatura policial. Fábio foi levado para a delegacia do município. A Polícia Civil de Pernambuco ainda não informou se ele foi autuado em flagrante.

Fábio e a namorada, a atriz Pally Siqueira, lançavam um documentário sobre o coco. Pally é natural de Arcoverde. A reportagem do FolhaPE não conseguiu contato com a assessoria de imprensa do ator.

Veja vídeos:

 

 



Sebastião Oliveira tem semana produtiva no Sertão
Autor
Adriano Roberto

Sebastião Oliveira tem semana produtiva no Sertão

O deputado licenciado e secretário de transportes, Sebastião Oliveira, esteve em Serra Talhada nesta semana para participar de festas juninas, as quais foi convidado, e aproveitou para trabalhar. Vistoriou obras que estão em andamento e que são reivindicações diretas dele para sua terra natal.

A primeira visita foi na obra de requalificação das alças urbanas do distrito de Varzinha que já estão trazendo alívio na vida dos comerciantes e moradores do distrito serratalhadense. Esta é uma obra federal, executada pelo DNIT, mas foi uma reivindicação direta de Sebastião junto ao órgão do Ministério dos Transportes, está orçada em R$ 1,4 milhões.

Para os moradores já mudou a paisagem da entrada do distrito, bem como acabou com a poeira no entorno. Ao blog local, Farol de Notícias, o ex-prefeito João Duque Filho, que acompanhou o secretário, fala sobre a visita. “Mudou a face do distrito de Varzinha e valeu o esforço do deputado e secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, que através do DNIT efetivou a obra”, disse João Duque Filho.

Em mais uma vistoria, o secretario de transportes foi até a obra da PE 414, onde está acontecendo a implantação de pavimentação e sinalização horizontal e vertical. A rodovia de 26 KM tem investimento de 28 milhões de reais e liga a BR 232 ao distrito de Bernardo Veira.

Depois de reuniões com políticos e lideranças locais, Sebastião foi participar de eventos festivos na casa do primo e vereador, Jaime Inácio, que está deixando a base do governo, no município, e se unindo ao grupo do deputado na oposição. O encerramento desta semana, no Sertão, foi com a participando no “Arraiá de Toim”, do vereador Antônio de Antenor (PR), no distrito de Tauapiranga, em São João do Barro Vermelho.