Blog do Adriano Roberto


Janot revela que foi armado ao STF para matar Gilmar Mendes e se suicidar em seguida
Autor
Adriano Roberto

Janot revela que foi armado ao STF para matar Gilmar Mendes e se suicidar em seguida

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez ao jornal Estadão e a revista Veja, nesta quinta-feira (26), uma revelação surpreendente: ele cogitou assassinar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e chegou a ir armado em uma sessão da Corte, em 2017, para cometer o ato. Sua ideia era se suicidar depois.

“Não ia ser ameaça não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele (Gilmar) e depois me suicidar”, disparou, sem nenhum pudor, o ex-PGR.

A motivação para o assassinato de Gilmar seria o fato de o ministro do STF ter difundido uma “história mentirosa” sobre a filha de Janot. A atitude teria sido uma retaliação ao fato de que Janot havia pedido a suspeição do ministro.

“Foi logo depois que eu apresentei a sessão (…) de suspeição dele no caso do Eike. Aí ele inventou uma história que a minha filha advogava na parte penal para uma empresa da Lava Jato. Minha filha nunca advogou na área penal… e aí eu saí do sério”, revelou Janot.

O ex-PGR contou, no entanto, que no dia que foi armado à Corte decidido a cometer o ato, a “mão de Deus” o impediu. “Cheguei a entrar no Supremo (com essa intenção). Ele estava na sala, na entrada da sala de sessão. Eu vi, olhei, e aí veio uma ‘mão’ mesmo”, disse.



Nena Cabral participa de ação social no Dia Mundial da Limpeza
Autor
Adriano Roberto

Nena Cabral participa de ação social no Dia Mundial da Limpeza

Em uma ação de cidadania e conscientização ambiental, voluntários se reuniram na Orla do Janga, em Paulista, para participar do Dia Mundial da Limpeza. A data é comemorada mundialmente desde 1986 para conscientizar a população dos riscos causados pelo resíduos que são lançados de forma irregular.

Nena Cabral caminhou pela Orla do Janga e conversou com jovens e adultos sobre a importância de preservar a natureza e sobre as condições das praias da cidade para o banho de mar. Além disso, também contribuiu com a ação para recolher os resíduos sólidos que estavam na praia.

"Temos que fazer nosso papel de cidadão, muitas praias na cidade são consideradas ruins ou péssimas e é essencial dialogar com as diferentes entidades que visam a preservação do meio ambiente por meio da educação e sustentabilidade " defendeu Nena Cabral durante a ação.



PGR muda de posição e defende operação em gabinetes de Fernando Bezerra
Autor
Adriano Roberto

PGR muda de posição e defende operação em gabinetes de Fernando Bezerra

Em manifestação encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República interino, Alcides Martins, defendeu a operação de busca e apreensão da Polícia Federal que vasculhou gabinetes do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

A posição é diametralmente oposta à expressada pela ex-procuradora-geral Raquel Dodge, que havia apontado “pouca utilidade prática” na medida. Autorizada pelo relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, a operação abriu uma nova crise entre o Congresso e o Supremo.

Martins também afirmou que as informações colhidas na investigação permitem concluir “além de qualquer dúvida razoável” que o senador e o deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho (DEM-PE) “receberam vantagens indevidas obtidas com as obras Canal do Sertão e a Transposição do Rio São Francisco”

“Apesar da manifestação contrária da então procuradora-geral, entendo que se faziam presentes os requisitos para o deferimento de todas as medidas requeridas pela autoridade policial”, escreveu o PGR interino Alcides Martins. Ele acrescentou que as medidas requeridas pela PF se mostraram “imprescindíveis para a investigação em curso”.

A PGR enviou uma nova manifestação depois que foi notificada por Barroso do resultado das diligências realizadas pela Polícia Federal e do pedido de Bezerra Coelho para derrubar a operação e suspender a análise do material apreendido.

Alcides Martins afirmou ao STF que as provas colhidas durante a investigação até junho de 2019 constituem “lastro razoável” de que Bezerra Coelho solicitou, por meio do seu operador, Iran Padilha Modesto, e ao que tudo indica, recebeu para si e para seu filho Fernando Bezerra Coelho Filho vantagem indevida em razão da função pública de Ministro de Estado (Ministro da Integração) e Senador da República. O parlamentar é investigado por recebimento de propina de R$ 5,5 milhões.

Há, segundo Martins, “perfeita convergência de informações” sobre locais, datas, valores e circunstâncias obtidos pela PF, por diversas fontes, o que permite concluir – “além de qualquer dúvida razoável” – que Fernando Bezerra Coelho e o deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho “receberam vantagens indevidas obtidas com as obras Canal do Sertão e a Transposição do Rio São Francisco”.

Para o PGR interino, o líder do governo no Senado “também dissimulou a origem dos valores recebidos diretamente de infração penal, através de um esquema de lavagem de capitais, envolvendo empresários, pessoas jurídicas, operadores e outros políticos”.

Martins está de despedida da função. Na noite desta quarta-feira, 25, Augusto Aras foi nomeado novo procurador-geral, após sabatina no Senado e publicação do nome pelo presidente Jair Bolsonaro no Diário Oficial da União.

Pouca utilidade

A então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, havia alegado que “não há indícios” de que Fernando Bezerra Coelho “registrasse os atos praticados, pois, ao contrário, adotou todas as medidas para manter-se longe deles, de modo que a medida invasiva terá pouca utilidade prática”.

Raquel se disse de acordo com as buscas em todos os endereços solicitados pela Polícia Federal, exceto os do senador Bezerra Coelho.

Barroso, ao concordar com a PF, rebateu Dodge. “O argumento da Procuradoria-Geral da República contra a realização de busca em endereços de Fernando Bezerra de Souza Coelho não é convincente”, disse.

“Na criminalidade organizada econômica, porém, o natural é que todos os envolvidos tentem ocultar provas e não evitar deixar registros de seus atos. A medida cautelar serve justamente para tentar encontrar documentos mantidos sigilosamente, longe dos olhos do público e das autoridades de investigação”, justificou o ministro do STF.

O fato de a PGR não ter pedido as buscas nos endereços do senador foi citado pela defesa de Bezerra Coelho ao questionar as medidas autorizadas pelo ministro do Supremo.

“Se o próprio titular da persecutio criminis não tinha interesse na medida extrema, causa ainda mais estranheza a decretação da cautelar pelo ministro em discordância com a manifestação do MPF”, disse o advogado André Callegari. Do Estadão Conteúdo.



Marcelo Miranda, ex-governador do Tocantins, é preso pela PF
Autor
Adriano Roberto

Marcelo Miranda, ex-governador do Tocantins, é preso pela PF

Na manhã desta quinta-feira (26) a Polícia Federal prendeu, em Brasília, o ex-governador do Tocantins, Marcelo Miranda. O político é investigado por corrupção.

A ação ocorreu na residência da deputada federal, Dulce Miranda, esposa de Marcelo. Ela, no entanto, não é alvo da operação.

A operação, denominada de 12º trabalho, iniciou-se em 2016 e tem por objetivo desmantelar uma organização criminosa suspeita de corrupção, peculato, fraudes em licitações, desvios de recursos públicos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de capitais; são cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva.

Seguidas irregularidades
Marcelo Miranda foi eleito governador do Tocantins três vezes, sendo cassado duas delas. Ele também recebeu votos suficientes para o cargo de senador da República, mas não assumiu porque foi considerado inelegível.

Alvo de diversas operações das polícias Federal e Civil, Miranda foi cassado do governo em 2014 após um avião pertencente a ele ser apreendido em Goiás com material de campanha e R$ 500 mil.

Em outra operação, denominada Reis do Gado, Miranda é investigado por lavagem de dinheiro e fraudes em licitações públicas. Nesta, alguns parentes dele, como o pai, Brito Miranda, também foram indiciados.



Morre o ex-presidente francês Jacques Chirac
Autor
Adriano Roberto

Morre o ex-presidente francês Jacques Chirac

O ex-presidente de França Jacques Chirac morreu nesta quinta-feira, aos 86 anos, anunciou o genro, Frédéric Salat-Baroux.

"O Presidente Jacques Chirac morreu esta manhã pacificamente e acompanhado pela sua família", disse Salat-Baroux, marido de Claude Chirac.

Ainda não há informações da causa da morte nem sobre o velório.



Mais um delegado transferido por bater de frente com poderosos no Moxotó
Autor
Adriano Roberto

Mais um delegado transferido por bater de frente com poderosos no Moxotó

O Delegado Regional da 19ª Área Integrada de Segurança, com sede em Arcoverde, Israel Lima, anunciou sua saída da regional para atender a uma “nova missão” designada pela Secretaria de Defesa Social – SDS. Segundo informações, ele vai assumir a regional da 12ª AIS, em Vitória de Santo Antão. O anúncio foi feito pelo próprio delegado em sua rede social. 

“Boa noite a todos! Comunico a todos que recebi uma nova missão, deixo Arcoverde com a certeza do dever cumprido, e com a satisfação de ter mudado a realidade social!!Agradeço o carinho de toda a população das dez cidades que integram a AIS 19, e sempre reiterando o pedido para que contribuam com o trabalho da Polícia Civil do Estado de Pernambuco!!Foi um servir na 19a DESEC durante 16 meses!!Saudações!”, disse.

Durante sua passagem pela regional de Arcoverde, o delegado Israel foi responsável por várias operações contra o tráfico, mas também acabou se envolvendo nos debates políticos, quando teriam utilizado-se de redes sociais (whatsapps) para solicitar dados sobre vereadores da cidade sob o argumento de investigação sigilosa, até hoje desconhecida. 

Apesar de ter abrangência regional, sua atuação local acabou prevalecendo e sendo utilizada como peça política em redes sociais. 

A última operação realizada pelo delegado foi a 'Narcos', quando foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva e 27 mandados de busca e apreensão domiciliar. Participaram da operação 150 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Informações do blog Giro Social.



Câmara lança ferramenta para checagem de notícias falsas
Autor
Adriano Roberto

Câmara lança ferramenta para checagem de notícias falsas

A Câmara dos Deputados lançou hoje (25) uma ferramenta para checagem de notícias falsas. O projeto, batizado de Comprove, vai receber demandas de cidadãos e parlamentares, apurar e apresentar uma versão sobre fatos relacionados à Casa e seus integrantes. O recurso foi apresentado no seminário Fake News, Redes Sociais e Democracia, realizado em parceria com os institutos E se fosse você? e Palavra Aberta.

Por meio de um número de WhatsApp, cidadãos poderão encaminhar dúvidas ou conteúdos para verificar a veracidade das informações. A equipe que abastece a ferramenta ficará encarregada de conferir a autenticidade e responder a demanda, classificando o material como fato, falso ou impreciso.

A iniciativa define fake news como informações com características noticiosas que não correspondem à realidade, amplamente compartilhadas por meios de comunicação com o objetivo de atrair a atenção das pessoas, na medida em que provocam reações inflamadas e irrefletidas – em geral, contra uma pessoa, uma instituição, um fato ou uma ideia.

Para a ferramenta, foi criada uma página própria dentro do portal da Câmara dos Deputados. Nela, serão disponibilizadas as checagens, que poderão ser replicadas por quem desejar. O serviço também apresenta dicas e orientações sobre como evitar, não acreditar ou reproduzir esse tipo de conteúdo.

“É um instrumento que a Câmara vai oferecer à sociedade em defesa da democracia e contra notícias falsas. Para enfrentar este fenômeno é necessário redobrar a confiança na liberdade de expressão e ter mais educação midiática para livrar este mal”, declarou o secretário de Participação, Interação e Mídias Digitais, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP).

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a importância do combate à conteúdos enganosos e ressaltou como a prática atinge a democracia e instituições democráticas, como o Parlamento. A disseminação desse tipo de mensagem, acrescentou Maia, prejudica a imagem dessas estruturas juntamente à população.

“Uma informação falsa em relação a uma votação gera ódio ao Parlamento e vontade de alguns de ir contra as instituições do Estado democrático de direito. Quando o Congresso derruba veto ao projeto de abuso de autoridade, vem a fake news: políticos vão julgar os juízes”, exemplificou, em referência à derrubada de parte dos vetos à Lei de Abuso de Autoridade.



Igarassu lota Pátio de Eventos com shows gratuitos
Autor
Adriano Roberto

Igarassu lota Pátio de Eventos com shows gratuitos

Durante este final de semana o Palco Central do Igarassu em Festa recebeu a primeira noite de shows. O primeiro dia da festa mais esperada do ano contou com abertura da banda Takitá, trazendo sucessos da sofrência. A segunda atração a entrar no palco foi a banda Beleza Pura, agitando a galera ao som de músicas em ritmo de swingueira e pagode.

Por último mas não menos importante, o cantor Léo Santana encerrou a noite com muita energia, agitando milhares de pessoas no gramado do Sítio Histórico. “Igarassu foi o primeiro lugar que me apresentei profissionalmente e a cada ano a expectativa é maior, esse é o terceiro ano que participo dessa festa linda e espero estar aqui mais vezes”, explica Léo Santana.

Os shows do Palco Central do Igarassu em Festa acontecem até próximo sábado (28). Ainda vão passar por aqui artistas como Márcia Fellipe, Priscila Senna, Eduarda Alves, Psirico, Revelação. Para conferir o que acontece em tempo real, acompanhe a live do evento a partir das 19h30 da noite no  facebook do Igarassu em festa - https://www.facebook.com/igarassuemfesta/



VII Feira de Educação de Trânsito em Olinda
Autor
Adriano Roberto

VII Feira de Educação de Trânsito em Olinda

Dentro da programação da Semana Nacional de Trânsito – SNT, que tem como slogan “No trânsito, o sentido é a vida”, o Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, em parceria com a Prefeitura de Olinda, Região Metropolitana do Recife – RMR, a Coordenadoria de Educação de Trânsito participou da VII Feira de Educação de Trânsito, que aconteceu em Olinda, na Praça do Carmo.

O DETRAN-PE levou o Caminhão da Turma do Fom-Fom. Lançado este ano, o veículo que conta com televisão, som, jogos educativos, material de folheteria, pufes, cadeiras e teatro de fantoches, foi visitado pelo Prefeito de Olinda, Professor Lupércio Nascimento, que estava acompanhado da Coordenadora de Educação de Trânsito, Luciana Carvalho.  A ação tem como objetivo sensibilizar crianças e adultos sobre as regras de segurança e condutas adequadas para a promoção de um trânsito seguro e humano.

Tendo como objetivo atender o público infantil, ou seja, os condutores do amanhã, no evento, os visitantes tomarão conhecimento sobre a prevenção de acidentes, entre orientações para pedestres, condutores, transporte de crianças em veículos, uso de equipamentos de proteção individual em bicicletas, ciclomotores e motocicletas.

Este ano, o Órgão de trânsito lançou o Caminhão da Turma do Fom-Fom. O veículo, que estará na Feira de Educação de Trânsito de Olinda, conta com televisão, som, jogos educativos, material de folheteria, pufes, cadeiras e teatro de fantoches. Coordenado pela Educação para o Trânsito do Órgão, a ação tem como objetivo sensibilizar crianças e adultos sobre as regras de segurança e condutas adequadas para a promoção de um trânsito seguro e humano.

No Caminhão do Fom-Fom, pais e filhos participaram de diversas atividades. Enquanto as crianças assistirão um esquete encenada com fantoches, adultos serão abordados em blitzen educativas e convidados a verem alguns vídeos.

Além disso, agentes de trânsito e especialistas da Coordenadoria de Educação para o Trânsito, conversarão sobre as principais causas de acidentes, sensibilizando e tirando dúvidas sobre a legislação. 

Estiveram presentes no evento, o vice-prefeito de Olinda, Márcio Antony, e o Secretário de Trânsito e Transporte Municipal, Jonas Ribeiro. 



Nome forte para a Câmara de Trindade é Tarciso Miranda
Autor
Adriano Roberto

Nome forte para a Câmara de Trindade é Tarciso Miranda

Em Trindade o novo nome que se desenha para participar do pleito eleitoral em 2020 objetivando ocupar umas das cadeiras do legislativo municipal na Casa Osmundo Granja Modesto, é o jovem advogado Tarcísio Miranda, que já demonstra disposição e destaque no meio politico e social daquele município.

Tarcísio é neto de dois ilustres trindadenses, os senhores Chico Miranda e Marcos Pereira Lima ex-prefeito de Trindade.

A família e amigos apostam que essa nova representação nasce da necessidade de ter um jovem com compromisso, honra, capacidade e acessível à população. Requisitos que o gabaritam para representar de forma digna o povo trindadense. Além disso tudo, ele é um apaixonado por futebol e tem contribuído ativamente com o esporte no município juntamente com amigos, debatendo o melhor para essa área..

“A família esta unida e vamos reunir os amigos para essa nova missão que nos foi dada para que o povo tenha através do nosso futuro mandato uma representação digna das demandas e expectativas dos trindadenses.” Afirmou Tarcísio Miranda.



PF encontra arquivo de doadores ocultos em gabinete de senador
Autor
Adriano Roberto

PF encontra arquivo de doadores ocultos em gabinete de senador

A Polícia Federal afirma ter encontrado no gabinete do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), um arquivo denominado "doadores ocultos" em um computador e em um disco de memória. Segundo informações que estão no relatório da PF, há também documentos digitais que fazem referência a pagamentos destinados a empresas envolvidas na operação Desintegração, deflagrada na semana passada.

Bezerra e seu filho, o deputado federal Fernando Coelho Filho (DEM-PE), foram alguns dos alvos dos mandados de busca e apreensão, autorizados pelo ministro Luis Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal). Ao todo, a PF cumpriu 52 mandados na quinta-feira (19).

Os relatos foram enviados ao STF no final na tarde de ontem (24), como parte da determinação judicial de Barroso, que pediu justificativas de cada item apreendido.  A polícia, no entanto, ressalta que não fez ainda a análise das mídias coletadas no gabinete da liderança do governo no Senado, "por não haver disponível ferramenta que garanta a integridade dos dados neles constantes". 

A PF diz ter encontrado também envelopes com dinheiro em espécie na casa do filho do senador. Os valores, que somavam R$ 55 mil, estavam fracionados para depósitos em caixas eletrônicos. No relatório, a polícia diz que a forma de acondicionamento aponta para "a utilização da técnica de lavagem de dinheiro denominada 'smurfing', que é utilizada para, em tese, realizar a dissimulação dos valores depositados".

Também foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em moeda estrangeira. O senador guardava ainda dinheiro vivo em seus endereços em valores acima de R$ 20 mil. 

Ainda na casa do filho do líder do governo de Jair Bolsonaro, a PF diz ter encontrado um veículo Chevrolet Spin registrado no nome de uma empresa que tem como sócio Iran Padilha Modesto, apontado como operador do esquema investigado na Desintegração.

"Demonstrando, assim, vinculo com o operador financeiro também investigado nos autos do inquérito que tramita perante a 4ª Vara Federal de Recife, pelo fatos correlatos", diz a PF. Questionado sobre a propriedade do veículo, Coelho Filho informou que ele está registrado no nome da empresa do seu sogro. 

No gabinete do deputado federal Fernando Coelho Filho, a PF encontrou uma folha com anotações à mão de três datas diferentes, sendo que cada uma delas traz um valor: 100.000, 130.000 e 100.000. Também há uma anotação na folha com o número 330.000. De acordo com as autoridades, o documento indica pagamentos diversos, mas a análise ainda depende de "cotejamento com outro elementos de prova constantes nos autos". Também foram apreendidas três minutas de promessa de compra e venda de imóveis no nome de Coelho Filho e de sua esposa, o que para a PF é um "indicativo" de que os investigados estariam transferindo bens para terceiros. 

Foi localizado ainda um envelope com comprovantes de depósito bancário em nome de diversas pessoas. "Ao analisar, é possível perceber que para cada uma dessas [pessoas] há várias valores depositados no mesmo dia, o que poderia indicar um fracionamento de modo a tentar enganar os órgãos de controle", diz a PF na análise do material apreendido.  

"Considerando que a finalidade das diligências ora realizadas é a comprovação da atuação da pessoa ora investigada na mencionada organização criminosa e em qual contexto, a análise conjunta das diligências, das apreensões e da exploração dos dados obtidos permite afirmar que há documentos que trazem consigo indicativos da materialidade dos crimes indicados no bojo do Inquérito, sendo para isso a necessidade de sua devida análise a fim de confirmar a hipótese criminal.", escreve o delegado da Polícia Federal no relatório de diligências. Da FolhaPress.



Notícias de Araripina: a novela que não vale a pena ver de novo
Autor
Adriano Roberto

Notícias de Araripina: a novela que não vale a pena ver de novo

Estive com lideranças de Araripina para falar sobre política do Sertão do Araripe. Relataram-me que quem ouviu as rádios locais, nos últimos dias, parecia mais estar diante de um filme repetido ou de um vale a pena ver de novo. Com a mesma trama, os mesmos personagens, os mesmos atores e até os mesmos figurantes.

No elenco principal está a deputada, Roberta Arraes e também o ex-deputado e ex-prefeito, Emanoel Bringel, seu filho e atual vice-prefeito, Bringel Filho, alguns anônimos que não querem aparecer, mas tocam fogo na fogueira e correm e você vai saber o porque.

Uma das lideranças me relatou que: mais uma vez, Tião do Gesso que foi tirado de cena de uma maneira, no mínimo, indecente, como os araripinenses viram na primeira temporada desta trama, em 2016. Dizem que na época Tião foi descartado por esse mesmo time, foi traído abertamente e substituído por um iniciante na política, indicado pelo próprios aliados. O escolhido da deputada Roberta Arraes, o médico Aluízio Coelho.

Mas mesmo tendo sido descartado e trocado a época Tião ainda conseguiu, praticamente só e com seu pequeno exército, montar seu roteiro e ser o terceiro na reta final, alavancando uma votação expressiva e inesperada naquelas eleições.

E mais, mesmo sendo alijado, Tião mostrou que tem um grande coração, é uma pessoa de fé e tem o dom do perdão, acabou por perdoar Roberta Arraes e aceitou voltar ao grupo apoiando, e trabalhando para o município ter um representante na assembleia legislativa, Tião, teve uma participação fundamental para a candidatura vitoriosa da deputada Roberta Arraes em 2018. Pois bem, não é que a história se repete, o mesmo episódio tomou o mesmo roteiro desta trama, esta semana em Araripina.

Deputada lança Bringel

Numa entrevista na rádio, Roberta, juntamente com seu grupo, quis tirar do jogo Aluísio Coelho em detrimento de lançar na chapa de Tião em 2020 o vice de sua escolha, quando Aluízio já estava na cola de Tião na disputa (o acordo do grupo era quem tiver melhor nas pesquisas seria o cabeça de chapa), a deputada abre o verbo lançando o veterano Bringel como pré-candidato a prefeito. Mais uma vez, Tião e agora também Aluísio de lado.

Sabendo que poderá perder muito com tal atitude perante a sociedade e o eleitor de Tião, até porque, na atual conjuntura política “a parte do não cumprir esta muito grande” a deputada exige que Tião aceite Bringel e descarte Aluízio.

Só que Tião já está escaldado e mantem Aluísio na sua aba, palavra dada palavra cumprida. O médico será seu aliado para 2020. Aluísio em 2016 ficou em segundo lugar com o apoio dos Arraes de Araripina.

A situação da atual gestão Pimentel do município não vem nada bem, o município esta inchado, sofre com a saúde precária, é sabido que falta quase tudo para a manutenção das políticas publicas e a situação para a reeleição do atual prefeito Raimundo Pimentel esta muito comprometida.

Neste jogo, Tião do gesso percorrerá seu caminho sem Roberta e sem Alexandre Arraes ex-prefeito. Mas terá ao seu lado, a presença de Aluísio Coelho e a expressiva sensação popular da cidade, do desejo de mudança em 2020.

Tião do gesso e Aluísio juntamente com um grupo de aliados vêm a cada dia cumprindo uma extensa agenda propositiva de compromissos por todo município. E há quem diga que, quem ficou pra trás mais uma vez com o descrédito perante o espectador dessa trama, conhecida em toda cidade por traição 2 (o retorno.).

Foi à deputada e seus aliados. Aí vem a pergunta que os meus amigos de Araripina ainda não conseguem me responder: será que o povo aprendeu e o próprio Tião, que gato escaldado tem medo de agua fria?