Blog do Adriano Roberto


Eleição para o Senado contraria pesquisas e mostra alta renovação
Autor
Adriano Roberto

Eleição para o Senado contraria pesquisas e mostra alta renovação

As urnas foram fartas em más notícias para os senadores que disputaram reeleição. Dos 32 que tentaram renovar os mandatos, oito conseguiram. Entre os 24 que fracassaram nas urnas está o ex-líder do governo na Casa, Romero Jucá (MDB), um dos senadores mais influentes da atual legislatura (veja as listas abaixo). Um dos campeões de processos criminais no Supremo Tribunal Federal (STF), alguns deles referentes à Operação Lava Jato, Jucá estava há 24 anos no Senado e, depois de liderar três governos seguidos (Lula, Dilma e Temer), ganhou o apelido de "líder de todos os governos".

Apontados como favoritos pelas pesquisas durante quase toda a campanha eleitoral, políticos veteranos como Roberto Requião (MDB-PR), Magno Malta (PR-ES), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Eduardo Braga (MDB-AM) foram derrotados por candidatos mais novos. Alguns deles, como Leila do Vôlei (PSB-DF), exercerão seu primeiro mandato eletivo.

Só 7 dos 81 senadores foram a todas as sessões do primeiro semestre de 2018

O fracasso eleitoral também atingiu os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Edison Lobão (MDB-MA) e Eunício Oliveira (MDB-CE), além de figuras como a ex-presidente Dilma Rousseff (PT-MG). Outro petista famoso, o ex-senador Eduardo Suplicy, foi ultrapassado pelos deputados paulistas Major Olímpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB).

Confira abaixo os resultados da eleição para o Senado, estado a estado:

AC
Petecão (PSD)
Márcio Bittar (MDB)

AL
Rodrigo Cunha (PSDB)
Renan (MDB)

AM
Plinio Valerio (PSDB)
Eduardo Braga (MDB)

AP
Randolfe (Rede)
Lucas Barreto (PTB)

BA
Jaques Wagner (PT)
Ângelo Coronel (PSD)

CE
Cid Gomes (PDT)
Eduardo Girão (Pros)

DF
Leila do Vôlei (PSB)
Izalci (PSDB)

ES
Fabiano Contarato (Rede)
Marcos Do Val (PPS)

GO
Vanderlan (PP)
Jorge Kajuru (PRP)

MA
Weverton (PDT)
Eliziane Gama (PPS)

MG
Rodrigo Pacheco (DEM)
Jornalista Carlos Viana (PHS)

MS
Nelsinho Trad (PTB)
Soraya Thronicke (PSL)

MT
Juíza Selma Arruda (PSL)
Jayme Campos (DEM)

PA
Jader Barbalho (MDB)
Zequinha Marinho (PSC)

PB
Veneziano Vital do Rêgo (PSB)
Daniella Ribeiro (PP)

PE
Humberto Costa (PT)
Jarbas Vasconcelos (MDB)

PI
Ciro Nogueira (PP)
Marcelo Castro (MDB)

PR
Professor Oriovisto Guimarães (Podemos)
Flávio Arns (Rede)

RO
Marcos Rogério (DEM)
Confúcio Moura (MDB)

RJ
Flávio Bolsonaro (PSL)
Arolde de Oliveira (PSD)

RN
Capitao Styvenson (Rede)
Dra. Zenaide Maia (PHS)

RR

Chico Rodrigues (DEM)
Mecias Jesus (PRB)

RS
Luis Carlos Heinze (PP)
Paulo Paim (PT)

SP
Major Olímpio (PSL)
Mara Gabrilli (PSDB)

SC
Esperidião Amin (PP)
Jorginho Mello (PR)

SE
Delegado Alessandro Vieira (Rede)
Rogério Carvalho Santos (PT)

TO
Eduardo Gomes (SD)
Irajá Abreu (PSD)

Quem se reelegeu:

Ciro Nogueira (PP-PI)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Humberto Costa (PT-PE)
Jader Barbalho (MDB-PA)
Paulo Paim (PT-RS)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Sérgio Petecão (PSD-AC)


"Líder de todos os governos": Jucá esteve por quase 25 anos no Senado"Líder de todos os governos", Jucá esteve por quase 25 anos no Senado - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

Quem não conseguiu se reeleger:

Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Eunício Oliveira (MDB-CE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Jorge Viana (PT-AC)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Magno Malta (PR-ES)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Waldemir Moka (MDB-MS)
Wilder Morais (DEM-GO)



Gera do Posto diz que vai focar mandato em geração de empregos
Autor
Adriano Roberto

Gera do Posto diz que vai focar mandato em geração de empregos

O desemprego tem se tornado um dos grandes problemas dos brasileiros nos últimos anos. Ciente dessa dificuldade, o candidato a deputado estadual Gera do Posto (PROS) se apresenta como uma esperança para devolver os pernambucanos ao mercado de trabalho. 

Despontando como um dos nomes fortes da coligação formada pelos partidos PROS, AVANTE e PDT, ele foi responsável por gerar milhares de empregos só no município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, e quer levar essa iniciativa para todo o Estado. " Nunca fui candidato mas ajudei na geração de mais de 6 mil empregos em Jaboatão e busco, caso seja eleito, implementar essa política por todo Pernambuco", destacou.

A proposta de Gera surge em um momento chave para os pernambucanos. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), feita pelo IBGE, o Estado fechou o ano de 2017 com 723 mil desempregados, correspondente a uma taxa de 17,6% de desocupados, a segunda maior do País.



REDE-PE abandona Júlio e Marina e corre para os braços do PSOL e Haddad
Autor
Adriano Roberto

REDE-PE abandona Júlio e Marina e corre para os braços do PSOL e Haddad

Quem será que tomou conhecimento que a candidata da REDE Sustentabilidade esteve nesta segunda-feira, 01/10 em Recife? Pois é, amargando uma queda livre nas pesquisas presidenciais e em total isolamento ela esteve nas festividades de 100 anos da Igreja Assembleia de Deus de Pernambuco, sem que a direção do partido no Estado fizesse qualquer ato pra ela por aqui.

A executiva da REDE em Pernambuco conseguiu destruir a campanha de Marina e Júlio Lóssio ao mesmo tempo, liberou candidatos proporcionais do partido a apoiar a candidata do PSOL no cenário local e agora tenho a informação de fontes dentro da própria executiva estadual do partido, que há orientação (velada) de liberar os militantes da REDE para votar em Haddad, no plano nacional. 

Vale lembrar que  o candidato, Julio Lossio, continua com agenda de campanha e vem divulgando sua agenda para esta reta final antes do pleito. Alheio aos problemas do partido Lóssio foca na busca de votos divulgando sua plataforma de governo todos os dias nas redes sociais. Segue agenda do candidato para esta terça - 02/10/18:

11:30 - Almoço no Seminário São João Paulo II com o Padre José Fabrício Rodrigues dos Santos Cabral - Reitor e os seminaristas

Local: Rua Dez de Novembro, 137, Varadouro - Olinda

20:00 - Evento com lideranças evangélicas

Local: Rua Amélia, 106, Olinda;

22:00 - Live: Debate 18;

23:30 - Deslocamento para Gravatá.



Ibope: em 5 dias, rejeição a Haddad sobe 11 pontos e vai a 38%
Autor
Adriano Roberto

Ibope: em 5 dias, rejeição a Haddad sobe 11 pontos e vai a 38%

Enquanto os demais candidatos à Presidência mantiveram índices de rejeição estáveis, Fernando Haddad (PT) viu sua rejeição subir 11 pontos percentuais em cinco dias, conforme pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (1º).

Na pesquisa Ibope de 26 de setembro, a rejeição de Haddad era de 27%. Já nesta segunda, o índice é de 38%.

Jair Bolsonaro (PSL), que lidera a pesquisa com 31% das intenções de voto, é o candidato mais rejeitado, com 44%. No entanto, a taxa de rejeição de Bolsonaro manteve-se.

Marina Silva (Rede) viu sua rejeição passar de 27% para 25%, Ciro Gomes (PDT) foi de 16% a 18% e Geraldo Alckmin (PSDB) manteve 19%.

Marcia Cavallari, diretora-executiva do Ibope Inteligência, disse à GloboNews que o crescimento da rejeição de Haddad pode estar ligado a uma rejeição ao próprio PT e é um reflexo da exposição do petista na campanha e dos ataques que ele vem sofrendo dos adversários.



Ibope: Bolsonaro lidera com 31%; Haddad tem 21%
Autor
Adriano Roberto

Ibope: Bolsonaro lidera com 31%; Haddad tem 21%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (1º) uma nova pesquisa de intenções de voto para a eleição presidencial. Jair Bolsonaro (PSL) subiu quatro pontos em relação à pesquisa anterior e chegou a 31%, mantendo a liderança. Fernando Haddad (PT), é o segundo com 21%.

 
 
Depois, vêm Ciro Gomes (PDT), com 11%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%; e Marina Silva (Rede), com 4%

A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e pela TV Globo. O Ibope ouviu 3010 eleitores e o levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o seguinte protocolo: BR-08650/2018.

O pleito está marcado para o próximo domingo, dia 7 de outubro. Já o segundo turno acontece no dia 28 do mesmo mês.

Jair Bolsonaro (PSL): 31%

Fernando Haddad (PT): 21%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Marina Silva (Rede): 4%

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

Guilherme Boulos (PSOL): 0%

Vera Lúcia (PSTU): 0%

Eymael (DC): 0%

Branco/nulos: 12%

Não sabe/não respondeu: 5%

João Goulart Filho (PPL) não foi citado por nenhum entrevistado

Segundo turno

O Ibope também fez quatro simulações para o segundo turno. No duelo “Bolsonaro x Haddad”, há um empate numérico com 42% para cada um, com 14% de brancos e nulos e 3% de indecisos.

Contra Ciro Gomes, o capitão reformado sai derrotado por 45% a 39%, com 13% de brancos e nulos e 3% de indecisos.

No duelo “Geraldo Alckmin x Bolsonaro”, o tucano fica à frente com 42% contra 39%, mas há empate quando considerada a margem de erro, que é de dois pontos. Neste cenário, brancos e nulos somam 17% e indecisos são 3%.



Filiado da REDE do agreste bota mais lenha na perseguição do partido contra Lóssio
Autor
Adriano Roberto

Filiado da REDE do agreste bota mais lenha na perseguição do partido contra Lóssio

Ao declarar apoio a Dani Portela e liberar candidatos para votar em Armando como a blogueira Joselia a REDE Pernambuco tenta na verdade esconder e desviar a atenção do que está por traz do processo de expulsão e exclusão da candidatura de Julio Lossio.

Se a prioridade é Marina Silva por que apoiar uma candidatura do PSOL que tem um candidato a presidente que pode tirar votos de Marina? Todos sabemos da íntima ligação da executiva da rede com o PSB , basta apenas lembrar da visita que Marina acompanhada de Roberto Leandro  fez a Renata Campos quando esteve em Recife durante a campanha.

Fica evidente a tentativa do palácio de rifar mais uma candidatura já que já foi feito com Marília Arraes e Coronel Meira na tentativa de liquidar e eleição em primeiro turno.

Diogo Neves do Bonfim Galdino

Filiado REDE Santa Cruz do Capibaribe





Julio Lossio conquista mais apoios em São Lourenço da Mata
Autor
Adriano Roberto

Julio Lossio conquista mais apoios em São Lourenço da Mata

A uma semana do primeiro turno, a campanha de Julio Lossio a governador ganhou um forte apoio na Região Metropolitana. Trata-se do presidente da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, Denis Alves (PP), candidato a deputado estadual e futuro postulante a prefeito da cidade.

Denis Alves, o “Homem de Ferro”, responsável pela denúncia que afastou o prefeito Bruno Pereira do cargo, realizou um grande ato para apresentar seu governador na cidade. Também participou do evento o deputado federal Marinaldo Rosendo (PP), que tenta a reeleição. 

“Julio Lossio foi o melhor prefeito que Petrolina já teve; ele fez uma revolução lá. E agora se apresenta ao povo de Pernambuco. Lossio é a melhor opção para governar nosso estado”, destacou Denis Alves. “Juntos, podemos mais, Daniel. Vamos trabalhar muito por São Lourenço e por Pernambuco”, emendou Julio Lossio.



MPF mela entrevista exclusiva de Lula na Folha de São Paulo
Autor
Adriano Roberto

MPF mela entrevista exclusiva de Lula na Folha de São Paulo

Documento endereçado ao juiz Sérgio Moro e assinado por 12 procuradores do MPF, entre eles Deltan Dallagnol, pede que a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, que autorizou Lula a dar entrevista à Folha de S. Paulo e ao jornalista Florestan Fernandes Júnior seja estendida aos demais veículos que também solicitaram entrevistas com Lula, e a todos os que vierem a manifestar interesse; para viabilizar a logística, o MPF sugere que Lula conceda uma espécie de entrevista coletiva aos veículos interessados

O Ministério Público Federal defendeu ao juiz Sérgio Moro o direito de todos os veículos de comunicação que quiserem entrevistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula é mantido como preso político desde 7 de abril. 

Em petição assinada por 12 procuradores do MPF, entre eles Deltan Dallagnol, os membros da Força Tarefa da Lava Jato argumentam que a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, que autorizou Lula a dar entrevista à Folha de S. Paulo e ao jornalista Florestan Fernandes Júnior seja estendida aos demais veículos que também solicitaram entrevistas com Lula, e a todos os que vierem a manifestar interesse. 

Para viabilizar a logística, o MPF sugere que Lula conceda uma espécie de entrevista coletiva aos veículos interessados. "Tendo em vista o grande número de órgãos de imprensa e jornalistas interessados em realizar a entrevista, de modo a não beneficiar qualquer um deles pela repercussão que tal entrevista trará, bem como da impossibilidade material de se realizar todas as entrevistas de modo sucessivo, tem-se que tal ato deverá se dar em evento único para todos os órgãos de imprensa", diz a petição. 



Candidata ao Senado da Rede desmente Dirigente da Rede Roberto Leandro
Autor
Adriano Roberto

Candidata ao Senado da Rede desmente Dirigente da Rede Roberto Leandro

*Nota de esclarecimento*

Gostaria de esclarecer que a questão levantada na Rádio CBN sobre a suposta cobrança de um determinado valor, por parte do candidato ao Governo do Estado de Pernambuco, Julio Lossio, para a gravação de um programa eleitoral, não procede. Ocorre que se tratou de uma relação comercial com a assessoria de comunicação do candidato, não tendo qualquer ingerência do mesmo, que jamais fez qualquer tipo de cobrança de valor. Ratifico que minha relação com Julio Lossio sempre foi de extrema cordialidade.

Adriana Rocha
Candidata ao Senado



Empresa do Grupo Antonio Souza apresenta projeto a Anoreg
Autor
Adriano Roberto

Empresa do Grupo Antonio Souza apresenta projeto a Anoreg

A partir desta implantação do projeto, a proposta é que os sistemas de reconhecimento de firma, procurações, atentos de autoridade e validação de todos os documentos, passem a ser realizados por meio do reconhecimento facial dos envolvidos.

Em se concretizando, a Anoreg Alagoas será o primeiro órgão no segmento do país, a oferecer esses serviços com tão inovadora e avançada tecnologia.

Poderão, ainda, apresentar seus aplicativos personalizados para seus clientes, gerando um vínculo e fidelizando pela comodidade oferecida pela tecnologia, pois em seguida ao trâmite do recadastramento pode-se realizar todos os serviços de qualquer lugar em que esteja.

Presentes no evento, Dr. Iran Malta ( vice-presidente da Anoreg) Drs. Djalma Andrade e Jozelly Bezerra (Anoreg Alagoas) Antonio Souza, Dra. Julia Queiroz, Ricardo Silva, Thiago Lins e Antonio Esteves, pela Safety System Technology, empresa do Grupo Antonio Souza .



Colegiado do TSE barra candidatura de Garotinho no RJ
Autor
Adriano Roberto

Colegiado do TSE barra candidatura de Garotinho no RJ

Nesta quinta, o TSE julgou dois pedidos de Garotinho, um recurso contra decisão que negou seu registro na instância inferior, e uma ação para suspender a decisão do TRE, que já havia proibido Garotinho de fazer campanha, concedendo então o prazo de 10 dias para substituição do candidato.

Neste processo, o político havia conseguido uma liminar do relator do caso no TSE, ministro Og Fernandes, para suspender os efeitos da decisão do tribunal regional até que a Corte em Brasília julgasse seu caso. Como a questão foi analisada nesta quarta, a liminar do ministro foi revogada. 

"O acórdão regional acertadamente reconheceu a existência de inelegibilidade, devendo ser mantido o indeferimento do registro do recorrente", observou Og, acompanhado por unanimidade pelos ministros da Corte.

"Ele está condenado pela segunda instância, por ato doloso, por ato que gerou prejuízos e que enriqueceu terceiros", destacou o ministro Alexandre de Moraes.