Blog do Adriano Roberto


Votação da Previdência no plenário começa amanhã, diz Maia
Autor
Adriano Roberto

Votação da Previdência no plenário começa amanhã, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse neste sábado (6), após reunião com líderes partidários, com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, que a votação da reforma da Previdência no plenário deve ocorrer na terça (9) ou na quarta (10). 

- Estamos tentando organizar a próxima semana, é uma votação importante, quórum alto, matéria difícil, temos que organizar o processo de votação, conversar com os líderes para organizar o quórum, que precisa ser alto, para que a gente não tenha nenhum risco quando o debate da matéria e a gente entrar no processo de votação entre terça e quarta-feira. 

Há votos suficientes para aprovar o texto? 

- Não sei e ficar falando de número não é bom, temos a nossa conta, a nossa projeção e há outras projeções sendo feitas. O importante é ganhar e vamos ganhar com boa margem em uma matéria que até um ano atrás era difícil você chegar nesse momento com perspectiva de vitória, de compreensão do parlamento. Se o parlamento entende é porque a sociedade entende. 

Há acordo para a quebra de interstício, que possibilita o início da votação sem precisar respeitar o intervalo regimental de duas sessões de plenário entre aprovação na comissão e votação no plenário? 

- A oposição e os partidos de esquerda não vão acordar nessa matéria, mas se os partidos que compõe a maioria e mais o partido do governo tiverem compreensão que é importante a quebra de interstício para que se enfrente o debate e a votação a partir da terça-feira à tarde, claramente se tem voto para isso. 

Como será o calendário da semana? 

- Segunda estamos chamanda para a noite para votar a MP 876, que vai perder validade. Vamos avaliar o quórum a partir de segunda, conversando com os líderes sobre a presença. [Da Previdência] Faz-se o debate na terça-feira o dia inteiro, depois de quebrar o interstício na terça de manhã, e a partir do final da tarde da terça se começa o processo de votação, respeitando todos os instrumentos regimentais de obstrução da oposição. 

Haverá mudanças no texto aprovado na comissão em plenário? 

- Tenho conversado com representantes dos servidores públicos e da polícia federal sempre na linha de que o que nós construímos para os dois regimes não pode ser diferente para a polícia. E que a gente precisa construir um caminho que gere relações iguais ou muito parecidas para todos os regimes.  

Minha posição é mais dura do que o próprio relatório, mas na democracia as vitórias não são absolutas, precisamos encontrar com equilíbrio, uma maioria de mais de 308 votos, e tentamos algo que não seja muito diferente do que já construímos: de uma idade mínima e com pedágio de 100%. Porque se você fizer diferente vai privilegiar uns em detrimento de outros, o que pode desorganizar o processo de votação na próxima semana. 

Caso aprovado em primeiro turno, é possível quebrar novamente o prazo (interstício) para votar em segundo turno já nessa semana?

- Isso é outra discussão, primeiro tem que ganhar o primeiro turno. Não se pode tomar um segundo passo antes de entender o resultado do plenário. Se for o que se está projetando, uma vitória contundente, você tem mais respaldo para votar uma quebra. Mas é uma emenda constitucional polêmica, talvez sejam necessárias algumas horas para que, se ela aprovada, volte para a comissão para a redação final e volte para o plenário para dar mais segurança jurídica. Para que a gente não tenha nenhum tipo de risco depois no Judiciário. Precisamos ter todo o cuidado para não ter questionamentos no Judiciário, como já aconteceu. 

O resultado do primeiro turno acho que vai surpreender a todos. Todos os líderes nos permitiram chegar a uma boa perspectiva da matéria. Quero agradecer a todos. 

Qual deve ser o quórum dessa semana? 

- Tenho sido procurado por parlamentares que querem votar logo a matéria, antes do recesso. Isso significa que há ambiente no parlamento para votar essa matéria. E como não liberamos os parlamentares essa semana, eu tenho certeza que teremos um quórum alto, de preferência acima de 490 deputados para não corrermos nenhum risco. 



Empresário se suicida na frente do governador de Sergipe e do ministro de Minas e Energia
Autor
Adriano Roberto

Empresário se suicida na frente do governador de Sergipe e do ministro de Minas e Energia

Um empresário do setor de cerâmica se matou com tiro na cabeça na frente do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, durante abertura de um seminário sobre o mercado de gás que aconteceria em Aracaju a partir desta quinta-feira, 4.

Segundo relatos de pessoas que presenciaram o suicídio, o empresário Sadi Gitz se levantou após a fala do governador, ameaçou dizer algumas palavras e se matou. Fontes do governo estadual contaram que o empresário era dono de uma fábrica de cerâmica que havia entrado em hibernação, por causa do alto preço do gás. Com isso, ele teria falido.

A indústria de cerâmica Escurial vinha enfrentando dificuldades há algum tempo e atualmente está em recuperação judicial. A empresa passou a consumir gás com pagamento antecipado e há cerca de dois meses paralisou as atividades por falta de condições de caixa.

O governo do Estado de Sergipe lamentou o ocorrido nas redes sociais e informou que o evento estava cancelado. Leia a íntegra da nota pública oficial publicada no Twitter.

“O Governo do Estado de Sergipe lamenta o ocorrido com o empresário Sadi Gitz, da cerâmica Escurial, que cometeu suicídio durante o evento. Por conta do ocorrido, o Simpósio de Oportunidades para o novo cenário do gás natural em Sergipe está cancelado.”



Jornalista critica ação da PM paraibana e recebe nota de repúdio dos militares
Autor
Adriano Roberto

Jornalista critica ação da PM paraibana e recebe nota de repúdio dos militares

A jornalista paraibana, Verônica Guerra, polemizou ao dar sua opinião no programa de rádio Balanço Geral, do Sistema Correio. Ao falar sobre a morte dos oito suspeitos de matar um policial militar, em Pernambuco, a jornalista disse que ficou chocada com as cenas e que a PM tratou de forma desrespeitosa os corpos dos suspeitos.

essa atitude da jornalista gerou a nota de repúdio abaixo, assinada pela Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar da Paraíba:

 

*NOTA DE REPÚDIO*

A Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar da Paraíba vem a público repudiar veementemente o pré-julgamento e as insinuações maldosas que foram feitas no comentário da jornalista Verônica Guerra, no dia de ontem (03), no Sistema Correio de Comunicação, ao noticiar a operação contra os suspeitos de matar covardemente um policial militar de Pernambuco.

O ato de ódio demostrado contra as instituições militares, que atingiu não só os policiais militares pernambucanos, mas de vários estados, que desde o momento do comentário infeliz vêm repudiando a fala nas redes sociais, traz a reflexão sobre o papel social da imprensa, que não pode ser deturpado a partir de impressões ideológicas e nem de juízo de valor pessoal de quem usa o microfone, principalmente em uma emissora parceira da polícia como aparenta ser o Sistema Correio de Comunicação.

Ao tempo em que se solidariza, mais uma vez, com a coirmã polícia militar de Pernambuco, a Caixa Beneficente exige mais respeito por parte do Sistema Correio, para não permitir mais que a concessão pública do canal seja usada para fins de ódio, desinformação e inversão de valores.



ApexBrasil investe R$ 680 mil na formação de novos exportadores de frutas de Petrolina
Autor
Adriano Roberto

ApexBrasil investe R$ 680 mil na formação de novos exportadores de frutas de Petrolina

Dados do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR) estimam que o Vale do São Francisco tem hoje cerca de 3 mil produtores de frutas e destes menos de 10% já comercializaram internacionalmente seus produtos. Foi com a proposta de ampliar estes números que a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) anunciou, na tarde da última terça-feira (2) em Petrolina, o investimento de R$ 680 mil para implantação do PEIEX – Programa de Qualificação para Exportação.

O anúncio foi feito pelo gerente de Relações Institucionais e Governamentais da ApexBrasil, Wilson Almeida, durante reunião com o prefeito, Miguel Coelho, onde participaram também representantes da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Associação dos Produtores e Exportadores de Hortifrutigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco (Valexport) e do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR).

Durante o encontro, Wilson Almeida destacou o potencial exportador do município e adiantou que serão capacitados inicialmente 100 produtores com perfil adequado para exportação. “Treinamos no ano passado, em todo país, aproximadamente 15 mil empresas no processo de exportação de forma planejada e segura e destas cinco mil são hoje efetivamente exportadores”, lembrou.

O prefeito Miguel Coelho também destacou a importância das exportações para o município e definiu a chegada do PEIEX como um marco divisor visando o incremento dos negócios em todos os segmentos produtivos da cidade. “A demanda por frutas tropicais no mundo é crescente. Transformando nossos produtores em exportadores ampliamos também nossas fronteiras, geramos mais empregos, mais renda, aumentando consequentemente a circulação de mais dinheiro em nossa cidade”, pontuou.

O diretor do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina e presidente do Distrito de Irrigação Nilo Coelho – DINC, José Loyo, chamou a atenção para a inserção dos pequenos e médios produtores no programa. “Uma iniciativa extremamente importante que vai proporcionar também aos pequenos e médios produtores um conhecimento abrangente das exigências dos mercados internacionais, das certificações, da rastreabilidade dos frutos, do certificado fitossanitário de origem”, evidenciou Loyo, enfatizando ainda que o programa vai responder também questões a exemplo da melhor forma de fazer a fruta chegar ao mercado externo e como negociar e formar o preço do produto para outro país.

As inscrições para o PEIEX – Programa de Qualificação para Exportação são gratuitas e já podem ser feitas na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) ou através do site:www.apexbrasil.com.br.



Um vice que completa em tudo o trabalho da prefeita
Autor
Adriano Roberto

Um vice que completa em tudo o trabalho da prefeita

Por Pablo Fernandes

O vice-prefeito é um braço direito do prefeito. É o exemplo, hoje de Rodrigo Anselmo Pinheiro, que entrou na última eleição com a prefeita Raquel Lyra na disputa, e tem se tornado um parceiro importante que avança no dia a dia das questões mais importantes do município, participando de tudo que envolve a cidade Caruaru.

Por essa razão, ao escolher Rodrigo Pinheiro como seu vice-prefeito, Raquel Lyra, deu um passo importante para gerar mais confiança no caruarense.Sem sombra de dúvidas, com uma postura singular,Rodrigo Pinheiro,se faz primordial na concepção de uma nova cidade, de uma nova Caruaru.

Simpático, atento e ligado nos acontecimentos do País, Rodrigo tem por missão, vislumbra o que de bom pode ser trazido para o município. Raquel Lyra, enxerga no seu vice uma parceria importante,e por essa razão, não mede esforços para em cada evento, o apresentar como vice de qualidade excepcional.

Sempre atento e preocupado, Rodrigo, foi peça importante na articulação da maior festa junina do Nordeste, bem como tem sido naquilo que vai fazer  Caruaru crescer. Nós que sempre acompanhamos os trabalhos de cada vice prefeito nas suas cidades, podemos afirmar que Rodrigo Pinheiro ainda vai ter muita estrada para percorrer, e muita história para que nós contemos.

O vice-prefeito é o substituto primário do prefeito, não só temporariamente, nos respectivos impedimentos, mas definitivamente, quando o sucede, nos casos de vacância, que poderá ocorrer mediante renúncia, falecimento ou cassação de mandato. E nesse ponto é importante recordar que a hipótese de um vice suceder o titular do cargo não tem sido rara no Brasil, inclusive está configurada no atual momento, no ambiente da Presidência da República.

Mas quem é esse homem?

Filho de Mércia Maria Anselmo de Moura Pinheiro e de José Pinheiro dos Santos Filho. É empresário do ramo da construção civil e corretor de imóveis, dando uma importante contribuição para o crescimento da cidade e região. Ainda criança acompanhava o pai, o saudoso “Pinheirão” pelos terrenos e lotes que comercializava, e foi ai que começou o seu filling para os negócios.
Desde jovem o empreendedorismo fez parte de sua vida. Apesar da pouca idade, muitos de seus projetos empresariais foram pioneiros, a exemplo da implantação do 1o Bairro Planejado da Cidade de Garanhuns, e outros projetos que seguem a mesma dinâmica.

Caruaru tem de verdade uma dupla que pode trazer muitos resultados. É confiar e esperar coisas melhores que virão através de quem realmente conhece a cidade. Tanto Raquel como Rodrigo, conhecem bem essa realidade.

Pablo Fernandes é empresário e analista político de Petrolina.



Ponto de Vista a disposição da bancada pernambucana  no Congresso Nacional
Autor
Adriano Roberto

Ponto de Vista a disposição da bancada pernambucana no Congresso Nacional

Iniciamos nesta terça um plantão no Salão Verde do Congresso, onde passam todos os deputados e senadores que participam das seções na Câmara e no Senado. 

O programa Ponto de Vista está se colocando à disposição da nossa bancada de PE, nas duas casas, para a divulgação do trabalho dos parlamentares do nosso Estado.

Aguardamos a presença de todos os que querem prestar contas com o povo pernambucano para entrevista nos nossos canais das redes sociais e na Rede PE de Rádio, com o programa líder de audiência nas tardes de Pernambuco na apresentação deste repórter que vos escreve.



Presidente da Alepe presta contas do primeiro semestre na última seção entes do recesso
Autor
Adriano Roberto

Presidente da Alepe presta contas do primeiro semestre na última seção entes do recesso

A Assembleia Legislativa encerrou nesta segunda-feira (1º) os trabalhos do primeiro semestre deste ano. Em discurso na sessão plenária, o presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), fez um balanço positivo do período, com ênfase na aproximação do Legislativo com a sociedade que se ampliou neste semestre, seja em presenças no plenário e nas audiências públicas ou pelas ações promovidas pelas Frentes Parlamentares.

Entre reuniões preparatórias, ordinárias, extraordinárias e solenes, foram realizadas neste semestre um total de 109 sessões no plenário e 41 audiências públicas no âmbito das comissões permanentes da Assembleia. Os colegiados trataram de temas de interesse da população como o drama dos moradores do Edifício Holiday, a reforma da previdência e a questão da segurança pública no estado. 

A Assembleia interagiu ainda com os pernambucanos através das 12 Frentes Parlamentares instaladas na Casa, dentre elas a de defesa do setor sucroalcooleiro e a Frente de análise e acompanhamento da situação das barragens estaduais.

LEIS

Em cinco meses de trabalho, os deputados apresentaram 301 projetos de leis, 59 resoluções e 7 emendas à Constituição. Do total de projetos, 96 já figuram como leis voltadas para o desenvolvimento do estado. 

“Acreditamos que não só a quantidade, mas sobretudo a qualidade de nossa produção legislativa é capaz de ilustrar muito bem a determinação e o esmero com que temos desempenhado as funções de legislar em nome dos pernambucanos e de fiscalizar o governo também em nome do nosso povo”. 

Dentre as iniciativas dos parlamentares, o presidente da Assembleia destacou a Proposta de Emenda Constitucional de autoria do primeiro-secretário Clodoaldo Magalhães (PSB) que flexibiliza os critérios exigidos para apresentação de projeto de lei de iniciativa da população. 

“Tenho certeza de que essa matéria será aprovada porque ela materializa alguns dos valores e princípios mais importantes para este Parlamento que são o fortalecimento da democracia e do protagonismo dos verdadeiros detentores do poder que é o povo”, pontuou o presidente.

ALEPE CIDADÃ

Para Eriberto Medeiros, o primeiro semestre 2019 indica outro ponto positivo para a Alepe: a aproximação da sociedade do poder Legislativo. Ilustra o fato, o expressivo público que compareceu às galerias do plenário, a exemplo do que ocorreu num grande expediente realizado em alusão à Semana Estadual da Adoção, em maio.

Na ocasião, foi lançado o projeto “Alepe Acolhe”, de iniciativa do primeiro-secretário Clodoaldo Magalhães, que prevê a capacitação para o mercado de trabalho de jovens de 17 anos, aptos à adoção.

Pelo projeto, a Alepe oferecerá em suas dependências cursos e estágios remunerados por um período de seis meses.

O presidente lembrou, ainda, da realização pela Escola Legislativa do primeiro curso sobre as mudanças na legislação eleitoral que irão vigorar nas eleições municipais 2020. Realizada em junho, em Petrolina, a capacitação foi feita em parceria com a União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) e o TRE-PE.

“Esse foi, portanto, um excelente início de ano da Legislatura, o que nos permite ter a convicção de que estamos no caminho certo”, avaliou o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros.



Autor
Adriano Roberto

A Assembleia Legislativa encerrou nesta segunda-feira (1º) os trabalhos do primeiro semestre deste ano. Em discurso na sessão plenária, o presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), fez um balanço positivo do período, com ênfase na aproximação do Legislativo com a sociedade que se ampliou neste semestre, seja em presenças no plenário e nas audiências públicas ou pelas ações promovidas pelas Frentes Parlamentares.

Entre reuniões preparatórias, ordinárias, extraordinárias e solenes, foram realizadas neste semestre um total de 109 sessões no plenário e 41 audiências públicas no âmbito das comissões permanentes da Assembleia. Os colegiados trataram de temas de interesse da população como o drama dos moradores do Edifício Holiday, a reforma da previdência e a questão da segurança pública no estado. 

A Assembleia interagiu ainda com os pernambucanos através das 12 Frentes Parlamentares instaladas na Casa, dentre elas a de defesa do setor sucroalcooleiro e a Frente de análise e acompanhamento da situação das barragens estaduais.

LEIS

Em cinco meses de trabalho, os deputados apresentaram 301 projetos de leis, 59 resoluções e 7 emendas à Constituição. Do total de projetos, 96 já figuram como leis voltadas para o desenvolvimento do estado. 

“Acreditamos que não só a quantidade, mas sobretudo a qualidade de nossa produção legislativa é capaz de ilustrar muito bem a determinação e o esmero com que temos desempenhado as funções de legislar em nome dos pernambucanos e de fiscalizar o governo também em nome do nosso povo”. 

Dentre as iniciativas dos parlamentares, o presidente da Assembleia destacou a Proposta de Emenda Constitucional de autoria do primeiro-secretário Clodoaldo Magalhães (PSB) que flexibiliza os critérios exigidos para apresentação de projeto de lei de iniciativa da população. 

“Tenho certeza de que essa matéria será aprovada porque ela materializa alguns dos valores e princípios mais importantes para este Parlamento que são o fortalecimento da democracia e do protagonismo dos verdadeiros detentores do poder que é o povo”, pontuou o presidente.

ALEPE CIDADÃ

Para Eriberto Medeiros, o primeiro semestre 2019 indica outro ponto positivo para a Alepe: a aproximação da sociedade do poder Legislativo. Ilustra o fato, o expressivo público que compareceu às galerias do plenário, a exemplo do que ocorreu num grande expediente realizado em alusão à Semana Estadual da Adoção, em maio.

Na ocasião, foi lançado o projeto “Alepe Acolhe”, de iniciativa do primeiro-secretário Clodoaldo Magalhães, que prevê a capacitação para o mercado de trabalho de jovens de 17 anos, aptos à adoção.

Pelo projeto, a Alepe oferecerá em suas dependências cursos e estágios remunerados por um período de seis meses.

O presidente lembrou, ainda, da realização pela Escola Legislativa do primeiro curso sobre as mudanças na legislação eleitoral que irão vigorar nas eleições municipais 2020. Realizada em junho, em Petrolina, a capacitação foi feita em parceria com a União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) e o TRE-PE.

“Esse foi, portanto, um excelente início de ano da Legislatura, o que nos permite ter a convicção de que estamos no caminho certo”, avaliou o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros.



Líder da oposição na Alepe faz balanço do primeiro semestre de 2019
Autor
Adriano Roberto

Líder da oposição na Alepe faz balanço do primeiro semestre de 2019

Nesta segunda-feira (1º), o deputado estadual Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), líder da oposição na Alepe, subiu à tribuna para fazer um balanço do trabalho desempenhado pela bancada de oposição durante o primeiro semestre deste ano. O parlamentar destacou as ações desenvolvidas na área da saúde através da fiscalização pela Blitz da Oposição, carro chefe da bancada, além de parabenizar o trabalho desempenhado por todos os deputados que compõem a oposição na casa. 

Durante seu discurso, Marco Aurélio argumentou que a oposição não se preocupou apenas em apontar os problemas, mas também apresentar soluções, “trouxemos para essa casa um debate daquilo que as pessoas lá fora reclamavam que não estava ocorrendo bem em Pernambuco. Nós trouxemos para cá uma discussão que pudéssemos apresentar soluções, e que o governo pudesse trazê-las para Pernambuco, não para nós deputados, mas para o povo que estava lá fora”, defendeu Marco Aurélio. 

Uma das maiores conquistas da bancada foi o remanejamento de vinte e sete ambulâncias zero quilômetro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), doadas ao governo de Pernambuco em 2013 e denunciadas pela Blitz. As ambulâncias foram encontradas abandonadas em um galpão da Secretaria de Saúde de Pernambuco, no Hospital Otávio de Freitas, no Recife. 

O parlamentar defendeu ainda que uma das prioridades para o próximo semestre seja a votação da PEC das Emendas, de autoria do deputado Alberto Feitosa (SD), “essa é a grande pauta inicial para o segundo semestre”. Marco Aurélio parabenizou também a atuação do presidente da Assembleia, deputado Eriberto Medeiros (PP), “sempre mediando as grandes questões que aconteceram aqui, no sentido de buscar sempre o entendimento”, agradeceu o parlamentar.



Paulo Câmara diz que Sebastião já garantiu o dinheiro do aeroporto de Serra
Autor
Adriano Roberto

Paulo Câmara diz que Sebastião já garantiu o dinheiro do aeroporto de Serra

Numa entrevista à rádio Cultura, de Serra Talhada, respondendo a uma pergunta do comunicador, Anderson Tennens,  governador Paulo Câmara declarou que os recursos para as obras pendentes do aeroporto Santa Magalhães, naquele município, já foram garantidos pelo deputado federal Sebastião Oliveira desde o final do ano passado (2018).

Câmara disse que está querendo terminar ainda este ano as obras exigidas pelos órgão controladores de aviação. Garantiu que o dinheiro, num montante de 20 milhões, já está em caixa e só aguarda as licitações para terminar o aeroporto e receber os voos tão prometidos pelo Governo.



Em caravana pelo interior, presidente do PSL estadual visita líder do partido no Pajeú
Autor
Adriano Roberto

Em caravana pelo interior, presidente do PSL estadual visita líder do partido no Pajeú

Da RBN - Cumprindo agenda política no interior pernambucano durante o período junino, Marcos Amaral, presidente Estadual do Partido Social Liberal (PSL), realizou visitas as principais cidades sertanejas, fazendo nesse período uma relevante parada em Serra Talhada, cidade na qual o PSL mantém forte base política, bem como no seu entorno. Na oportunidade, Amaral ouviu filiados locais do partido e fez uma análise das ações desenvolvidas pela sigla naquela município, que está sob a responsabilidade política da Dra. Eliane Oliveira, liderança que assumiu também a missão de responder pelas cidades do Sertão do Pajeú e do Itaparica.

“O objetivo nosso foi vir de Petrolina visitando as cidades polos e hoje estamos aqui em Serra Talhada visitando a Dra. Eliane Oliveira para ver em que pé andam os encaminhamentos do PSL”, relatou Marcos em entrevista a uma emissora de rádio local. Marcos ainda disse que “Em Serra Talhada, é importante que estejamos bem afinados para as eleições 2020, eleições muito importantes para o PSL, porque é para o partido uma cidade relevante do sertão, na qual o presidente obteve uma votação expressiva e na qual contamos com um grupo muito forte e atuante”, complementou. 

Ainda na entrevista concedida, Marcos Amaral narrou que o PSL está muito antenado com Serra Talhada e que irão procurar os encaminhamentos que devem ser conduzidos no Pajeú com a orientação da Dra. Eliane, segundo ele uma liderança que representa bem o partido. Ele afirmou que entre tantos outros municípios, Serra Talhada também terá candidatura própria no pleito de 2020. 

Nesse visita, Marcos Amaral ao lado da Dra. Eliane, realizaram reuniões com lideranças políticas de Serra Talhada e Santa Cruz da Baixa Verde, ainda com correligionários de Triunfo, Tabira, Afogados da Ingazeira, São José do Egito, Tacaratu, Jatobá, Petrolandia e Carnaíba, 

Nas palavras da Dra. Eliane Oliveira, a passagem do representante do partido do Estado naquela região, trouxe felicidade, esperança e “Um olhar especial do PSL à nossa região que tanto necessita de ações direcionadas ao povo. A líder sertaneja finalizou: “Juntos estamos construindo um Projeto sólido que encurtará distâncias entre o interior do estado e as ações do governo federal.” Informações de Marcelo Jorge.



13 órgãos abrem inscrições para concursos com 430 vagas de todos os níveis
Autor
Adriano Roberto

13 órgãos abrem inscrições para concursos com 430 vagas de todos os níveis

Do G1 - Pelo menos 13 órgãos abrem nesta segunda-feira (1º) inscrições para preencher 430 vagas em concursos públicos. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

No Tribunal de Justiça de Rondônia, os salários chegam a R$ 28.884,20.

Confira lista completa de concursos