Blog do Adriano Roberto


Caixa divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021
Autor
Adriano Roberto

Caixa divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

Responsável por operar o Bolsa Família, a Caixa Econômica Federal divulgou hoje (4) o calendário de pagamentos do benefício social para 2021. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

Confira o calendário de pagamento para todos os meses do ano na tabela abaixo:


Em dezembro, a Caixa começou a migração dos beneficiários que ainda sacam o Bolsa Família exclusivamente com o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Usada no pagamento do auxílio emergencial, a conta poupança permite o pagamento de boletos e de contas domésticas (como água, luz e gás).

A conta poupança digital também permite a realização de compras com cartão de débito virtual pela internet e com código QR (versão avançada do código de barras) em lojas físicas com maquininhas de estabelecimentos parceiros. A poupança digital permite até três transferências gratuitas por mês para qualquer conta bancária.

Segundo o cronograma divulgado no fim do ano passado, os beneficiários com NIS de finais 9 e 0 começaram a receber o Bolsa Família pela conta poupança social digital em dezembro. Em janeiro, o pagamento pela plataforma passará a ser feito para os inscritos com NIS de finais 6, 7 e 8.

Em fevereiro, a Caixa abrirá contas poupança digitais para os beneficiários de NIS com finais 3, 4 e 5. Em março, será a vez dos inscritos com NIS de finais 1 e 2 e os Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (GPTE), categoria que inclui indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua.



João Henrique vai comandar Câmara de Venturosa por mais dois anos
Autor
Adriano Roberto

João Henrique vai comandar Câmara de Venturosa por mais dois anos

Após entregar a Câmara Municipal totalmente reformada no final de 2020, o vereador João Henrique (PL) vai comandar por mais dois anos (2021/2022) a Mesa Diretora da Casa Legislativa do município. Ele foi eleito para a presidência no último dia 1º de janeiro por 6 votos a 4 da vereadora Iana Quirino. Segundo Henrique, um reconhecimento ao trabalho realizado.

“Sempre pautamos nosso trabalho na boa relação com os demais vereadores, na negociação, e nos últimos dois anos promovemos uma série de melhorias na casa legislativa, fechando o nosso mandato anterior com investimentos de mais de R$ 62 mil na reforma e modernização da Câmara”, afirmou. 

As reformas da Casa Severino Viana da Silva contemplaram obras de alvenaria, aquisição de novo mobiliário, climatização, novas luminárias em led, construção da nova galeria dos presidentes, entre outras. Na solenidade, também foi lançado e entregue o livro oficial com o Regimento Interno da casa legislativa.

Sobre o novo mandato como presidente da Câmara, o vereador João Henrique fez questão de ressaltar que pretende atuar da mesma forma, com amplo debate das questões do município, respeitando todas as correntes políticas e partidárias de Venturosa representadas na casa legislativa. As sessões ordinárias retomam no dia 05 de fevereiro, às 19h. 

Advogado, casado, pai de dois filhos, eleito com 691 votos, sendo o quarto mais votado, João Henrique está em seu quarto mandato como vereador de Venturosa e já se colocou como alternativa do grupo político à sucessão do prefeito Eudes Tenório (PL), em 2024.



Governo abre consulta pública sobre reciclagem de embalagens de vidro
Autor
Adriano Roberto

Governo abre consulta pública sobre reciclagem de embalagens de vidro

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) abriu hoje (4) consulta pública sobre a destinação final ambientalmente adequada das embalagens de vidro. Prevista há mais de dez anos pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a instituição da logística reversa de embalagens de vidro é o objetivo de uma proposta de decreto da pasta.

O documento prevê o estímulo à inserção produtiva e remuneração das cooperativas e associações de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis, abrangendo fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de produtos comercializados em embalagens de vidro.

Com isso, o ministério pretende reduzir a poluição, manter materiais em uso e regenerar sistemas naturais. Além disso, também se pretende gerar empregos e renda via fomento à reciclagem, e trazer melhorias à saúde da população, com medidas sanitárias mais adequadas.

As contribuições para a consulta pública acerca da proposta de Decreto podem ser feitas até o dia 5 de fevereiro pelo site do Ministério do Meio Ambiente.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, comemorou, com uma publicação em uma rede social, a abertura da consulta pública dizendo que se está "avançando na Agenda Ambiental Urbana".



Governador oficializa Paulo Augusto de Freitas Oliveira como procurador-geral de Justiça
Autor
Adriano Roberto

Governador oficializa Paulo Augusto de Freitas Oliveira como procurador-geral de Justiça

O governador Paulo Câmara oficializou, nesta segunda-feira (04.01), durante reunião no Palácio do Campo das Princesas, o promotor de Justiça Paulo Augusto de Freitas Oliveira no cargo de procurador-geral de Justiça do Estado para o biênio 2021-2023. A posse acontecerá no próximo dia 14 de janeiro. 

O novo chefe do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) era o primeiro nome na lista tríplice apresentada ao governador após o pleito interno da instituição. Além dele, também constavam os nomes dos promotores Marcos Antônio Matos de Carvalho e Maviael de Souza Silva.

“Tivemos a grata satisfação de anunciar o nome de Paulo Augusto para chefiar o Ministério Público de Pernambuco, e sabemos que ele está preparado para assumir essa missão tão nobre. Quero desejar sorte e dizer que podem contar com a gente. 

Tenho certeza de que ele vai continuar a demonstrar a importância do papel do Ministério Público, pela forma de gerir, democrática e transparente, e que continuaremos com uma instituição forte. Parabéns pela vitória na eleição”, afirmou Paulo Câmara.

Link para imagens em vídeo: Clique aqui 



Coluna do Adriano Roberto de terça, 05/01/2021
Autor
Adriano Roberto

Coluna do Adriano Roberto de terça, 05/01/2021

Ou a oposição entra logo em acordo, ou perde de novo em 2022

Entramos numa divisão de águas políticas com o início de 2021. O governador Paulo Câmara, em entrevista ao comunicador Aldo Vilela ontem deixou bem claro que o PSB será o protagonista das eleições governamentais de Pernambuco. Claro que o candidatíssimo é Geraldo Júlio (PSB), para sacrificar a única vaga do senado, que seria do atual governador Paulo Câmara, em prol de algum outro partido aliado da futura coligação.

Eu apostaria minhas fichas no PDT de Ciro Gomes, para indicar o novo senador do Geraldo. Mas isso não é um detalhe importante para a oposição agora. O importante é prestar atenção como os comandantes da situação estão todos organizados para o próximo pleito e já começam a trabalhar em cima da chapa praticamente toda formada para as eleições 2022.

E a oposição? ...

Bem, a oposição vem se destruindo com muita competência há vários anos. Seja em ano eleitoral ou não, as brigas regadas com muita vaidade, arrogância e egoísmo acontecem, em meio a enganações e mentiras. Políticos oposicionistas engabelando outros políticos oposicionistas e nesse cenário eles se destroem deixando órfãos muitos pernambucanos que clamam pela mudança no Estado.

Portanto, não adianta vir com os mesmos nomes de sempre para apresentar aos eleitores que já estão cheios dos Mendonças, Bezerras, Coelhos, Ferreiras e Lyras da vida! Que venha um novo nome, ungido e aceito por todos. E que venha rápido, senão vai perder novamente para a máquina de captar votos que se chama PSB de Pernambuco.

Decepção na Terra da Laranja – Mais triste do que ver o ex-prefeito de Sairé, empresário muito bem sucedido Fernando Pergentino, deixar atrasar a folha da prefeitura no final do seu mandato é saber que deixou também o Hospital sem condições de atender na emergência. Mais ainda, até os pneus dos veículos da prefeitura foram trocados por velhos sem condições de rodar. Tudo por não conseguir eleger seu candidato, Vergonha!

Presidente novamente – Para a felicidade deste blogueiro cidadão triunfense, o vereador que me indicou ao título de cidadão, aprovado por unanimidade pela Câmara, está novamente eleito como presidente da casa. Anselmo Martins será o presidente da Câmara Municipal de Triunfo para o biênio 2021 a 2023. Parabéns meu vereador.

Alcolumbre só adiou – Ao decidir arquivar todos os 36 pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal e dois contra o procurador-geral da República, Augusto Aras, o presidente do Senado Davi Alcolumbre só retardou um desejo de muitos dos seus pares da casa. Diante da ação na despedida do atual presidente, o senador Girão (Podemos-CE) afirmou que todas a denúncias serão apresentadas novamente depois do dia 1º de fevereiro.

Novo procurador geral de PE – O Promotor de Justiça Paulo Augusto de Freitas Oliveira foi o mais votado da Lista Tríplice para Procurador Geral do Estado e acabou sendo confirmado para o cargo pelo Governador Paulo Câmara. Quem está muito feliz é o cunhado, Tarcizinho Calado, que me passou em primeira mão ontem, no final da tarde, a informação.

Lira e a 2ª instância – O candidato a presidência da Câmara Federal, Arthur Lira disse que vai pautar a prisão em segunda instância caso seja o presidente da casa. Já seu opositor, Baleia Rossi, não firmou compromisso em pautar o impeachment de Bolsonaro, exigência do PT para apoiá-lo,

Quem responderá – Quem vai chamar para si já, a liderança da oposição em Pernambuco?



Governador deve escolher ainda hoje o nome da lista tríplice do MPPE
Autor
Adriano Roberto

Governador deve escolher ainda hoje o nome da lista tríplice do MPPE

Promotores e procuradores de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) votam, nesta segunda-feira (4), das 9 às 17 horas, para escolher o próximo chefe da Instituição. O processo eleitoral e a apuração do resultado serão transmitidos ao vivo no YouTube e podem ser acompanhados pela sociedade por meio do canal MPPE Ao Vivo.

A votação neste ano será realizada de forma eletrônica, pelo sistema Votus, que permitirá a votação à distância. Os membros poderão utilizar qualquer dispositivo conectado à internet para escolher seus candidatos na cédula eletrônica. A participação no pleito é obrigatória e deve ser cumprida das 9 às 17 horas de hoje.



Cantoria,37 anos influenciando a música popular brasileira
Autor
Adriano Roberto

Cantoria,37 anos influenciando a música popular brasileira

Por Carlos Laerte* - Quatro grandes cantadores e violeiros, três noites memoráveis e um concerto que marcou a história da música brasileira. Nos próximos dias 13, 14 e 15, comemoraremos 37 anos do show 'Cantoria', gravado ao vivo em janeiro de 1984 no Teatro Castro Alves, em Salvador - BA, pelo pernambucano Geraldo Azevedo, o paraibano Vital Farias e os baianos Elomar e Xangai (Eugênio Avelino).

O concerto que deu origem aos célebres álbuns Cantoria 1 e Cantoria 2 lançados respectivamente em 1984 e 1988, levou a assinatura do produtor musical Mário de Aratanha, da lendária gravadora Kuarup Discos e é considerado o primeiro registro ao vivo gravado em sistema digital no Brasil.

O LP Cantoria 1 com 13 faixas, disco obrigatório nas rodas de amigos da geração 1980 até os encontros poéticos de hoje, começa o banquete com a música Desafio do Auto da Catingueira, trazendo Elomar e Xangai em voz e violão. Depois, Geraldo Azevedo canta Novena e Vital Farias emenda com a poética Sete Cantigas para Voar.  Elomar retoma o microfone e dá voz à Cantiga do Boi Incantado: "...De todos boi qui ai no mundo já peguei. Afora lá ele qui tem parte cum cão...".

O show, no qual os músicos tocam seus violões sem nenhum outro apoio musical, ganhou asas e saiu em turnê pelo Brasil com propostas como Ai Que Saudade de Ocê, de Vital Farias, Semente de Adão (Geraldo Azevedo/Carlos Fernando), Viramundo (Gilberto Gil/Capinan), e percorreu  diversas capitais do País, mostrando a rica música brasileira de elementos eruditos  e populares.

Foi simplesmente mágico meu alumbramento com Kukukaya ( O Jogo da Asa da Bruxa) quando adquiri o LP na Alegro Cantante, em Recife - PE. Nunca tinha ouvido um intérprete brincar tanto com os versos como Xangai faz com essa canção de Cátia de França. E a irreverência e o riso fácil na música Aí D'eu Sodade, o ABC do Preguiçoso?.

E o que dizer da Cantiga do Estradar e da Cantiga de Amigo? Sabíamos apenas que o trovador Elomar é arquiteto, autor de romances, poesias e peças de teatro, além de criar bodes e cabras na Casa dos Carneiros, interior de Vitória da Conquista - BA.  Para completar o disco, duas músicas mudaram definitivamente o nosso jeito de ver o cancioneiro popular nacional: Matança (Augusto Jatobá), interpretada brilhantemente por Xangai e a canção Saga da Amazônia, na qual Vital Farias praticamente transforma seu violão num cajón e inaugura o tempo do tema da ecologia no País.

"...Pois mataram índio que matou grileiro que matou posseiro. Disse um castanheiro para um seringueiro que um estrangeiro roubou seu lugar..."

O segundo volume da série Cantoria foi lançado em 1988 durante turnê de concertos do grupo de cantadores. O álbum reúne músicas das apresentações gravadas no teatro Castro Alves em 1984 que não entraram no primeiro projeto e parte dos registros dos espetáculos realizados pelo País.

A abertura é marcada por uma miscelânea das canções Desafio do Auto da Catingueira, Repente e Novena, tocadas e cantadas pelos quatro menestréis. Repetindo o sucesso do número um, este disco também popularizou canções como Era Casa Era Jardim / Veja Margarida/ Saga de Severinin, de Vital Farias, Sabor Colorido / Moça Bonita/Suite Correnteza/ Barcarola Do São Francisco/Talismã e Caravana, de Geraldo Azevedo.

O sertão, povoado por vidas em passagem, marca presença nas composições de Elomar, Quadrada das Águas Perdidas e Cantilena de Lua Cheia.  Xangai   registra com mestria  a música Estampas Eucalol de Hélio Contreiras e todos encerram a obra cantando  de Elomar a bela  Cantiga de Amigo. Antes disso, uma boa surpresa: a belíssima interpretação de Francisco Aafa, apresentando também de Elomar a canção Arrumação.

A boa repercussão também deste Cantoria 2 continuou dando frutos e ampliando o carinho do público brasileiro pelos quatro 'Malungos'. Em 1995  Elomar retomou o título do projeto em um disco solo, “Cantoria 3 — Canto e Solo”. Neste álbum, entre os momentos registrados durante a grande 'Cantoria' que deu origem aos três discos, Elomar acontece pleno em nove canções com destaque para Seresta Sertaneza, Cantiga do Estradar e Faviela. Em maio de 2010, um grande encontro junta novamente os quatro menestréis. O show de encerramento da Virada Cultural reúne mais de 40 mil pessoas na Praça Julio Prestes, em São Paulo - SP.

Mas como nem todo verso é musical, um momento negativo tirou parte do brilho que deveria ter a passagem do show Cantoria pelo Ceará.  Durante a apresentação dos cantadores e violeiros no Centro de Eventos, em Fortaleza, na noite de 12 de novembro de 2016, desentendimentos de ordem política e religiosa geraram vaias e aborrecimentos por parte da plateia e dos artistas. Superadas as dificuldades, o show chegou ao final com o público cantando junto as músicas de Elomar, Geraldo Azevedo, Xangai e Vital Farias.

Hoje, o projeto musical mais duradouro da música popular brasileira continua em evidência. O quarteto que conseguiu transformar em cantoria distintas formas de compor, tocar e cantar segue "pedindo licença pra puxar  viola rasa, aqui na vossa presença..." Os mesmos "violeiros que vão cantar louvando você, em cantiga de amigo” neste Brasil sem fim.

*Carlos Laerte - Poeta, jornalista e diretor da Clas Comunicação e Marketing



DETRAN-PE implanta novas regras para emissão do CRLV e CRV em 2021
Autor
Adriano Roberto

DETRAN-PE implanta novas regras para emissão do CRLV e CRV em 2021

A partir de hoje, 04 de janeiro de 2021, obedecendo a Resolução 809 do Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, estará realizando a implantação das alterações nas emissões do Certificado de Registro de Veículo - CRV (recibo/DUT) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo - CRLV (documento de porte obrigatório).

O CRLV (documento de porte obrigatório) deixará de ser emitido, a partir do dia 04 de janeiro de 2021, em papel-moeda pelo Órgão de trânsito de Pernambuco. Após quitar todos os débitos (com a devida compensação bancária) e, não havendo restrições veiculares, o usuário deverá acessar o CRLV Eletrônico (CRLV-e).

Esse acesso poderá ser feito de duas formas: Baixar o CRLV-e no celular/smartphone por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) e Acessar o CRLV-e no Portal de Serviços do DENATRAN: https://portalservicos.denatran.serpro.gov.br/#/

Já o CRV (recibo/DUT), deixará de existir em papel-moeda. As informações gerais do CRV, com exceção da Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), passarão a fazer parte do CRLV Eletrônico (CRLV-e), incluindo o número de segurança necessário para baixar o CRLV-e no celular ou acessá-lo no Portal de Serviços do DENATRAN.

Os proprietários de veículos que, mesmo após quitarem todos os débitos, não conseguirem emitir o CRLV Eletrônico (CRLV-e) ou não tenham computador, celular (smartphone) ou impressora, ficando impossibilitadas de ter acesso ao CRLV-e, deverão agendar atendimento de “Análise para Emissão de CRLV” no site www.detran.pe.gov.br.

DPVAT

O Conselho Nacional de Seguros Privados - CNSP, vinculado ao Ministério da Economia, aprovou que o seguro obrigatório DPVAT não precisará ser pago em 2021 e autorizou a contratação de novo operador pela Superintendência de Seguros Privados - Susep, em caráter emergencial e temporário. A isenção de pagamento do DPVAT não retira nenhum benefício do segurado, ou seja, tanto motorista, quanto passageiro e pedestre continuarão recebendo a indenização em caso de acidente em todo o país.



Pernambucano Milton Coelho e mais 9 suplentes assumem cargo de deputado federal
Autor
Adriano Roberto

Pernambucano Milton Coelho e mais 9 suplentes assumem cargo de deputado federal

Dez novos deputados federais tomaram posse, oito como titulares dos mandatos e dois como suplentes. Os oito titulares assumem vagas deixadas por prefeitos eleitos, que renunciaram aos mandatos de deputado. Os dois suplentes assumem vagas de deputados do Rio de Janeiro que se licenciaram dos mandatos para assumir secretarias municipais da capital fluminense.

Veja o quadro completo: quem sai e quem entra

Os novos deputados titulares são Pedro Vilela (PSDB-AL), no lugar de JHC; Neucimar Fraga (PSD-ES), no lugar de Sergio Vidigal; Josivaldo JP (Pode-MA), no lugar de Eduardo Braide; Aelton Freitas (PL-MG), no lugar de Margarida Salomão; Vivi Reis (Psol-PA), no lugar de Edmilson Rodrigues; Milton Coelho (PSB-PE), no lugar de João H. Campos; Pedro Augusto (PSD-RJ), no lugar de Alexandre Serfiotis; e Ricardo da Karol (PATRI-RJ), no lugar de Wladimir Garotinho.

Os suplentes que tomaram posse são Marcos Soares (DEM-RJ) e Otavio Leite (PSDB-RJ), que substituem os deputados licenciados Pedro Paulo (DEM) e Marcelo Calero (Cidadania).

Otavio Leite, que já foi deputado federal em três vezes, disse depois da posse que vai voltar a defender bandeiras como a causa das pessoas com deficiência, o turismo, a pequena e microempresa, a Educação Física e, sobretudo, neste momento, contribuir para o soerguimento do Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Câmara de Notícias



Nascidos em março podem sacar auxílio referente a ciclos 5 e 6
Autor
Adriano Roberto

Nascidos em março podem sacar auxílio referente a ciclos 5 e 6

Cerca de 3,6 milhões de beneficiários do auxílio emergencial e do auxílio emergencial extensão nascidos em março podem, a partir de hoje (4), sacar ou transferir os recursos da Poupança Social Digital. 

De acordo com a Caixa Econômica Federal, R$ 2,4 bilhões foram creditados para esses beneficiários nos ciclos 5 e 6 de pagamentos do auxílio emergencial, sendo R$ 2,2 bilhões referentes às parcelas do auxílio emergencial extensão e R$ 200 milhões referentes às parcelas do auxílio emergencial.

O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600. 

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento.

Para fazer o saque em espécie, é preciso fazer o login no App CAIXA Tem, selecionar a opção saque sem cartão e gerar código de saque. “Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui”, informou, em nota, a instituição.

O banco acrescenta que mantém, aos beneficiários, a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

No aplicativo CAIXA Tem está também disponível a funcionalidade para pagamentos sem cartão nas cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.



IBGE diz que inflação medida pelo IPC-S fecha 2020 em 5,17%
Autor
Adriano Roberto

IBGE diz que inflação medida pelo IPC-S fecha 2020 em 5,17%

O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S), de 31 de dezembro de 2020, variou 1,07%, ficando 0,14 ponto percentual abaixo da taxa registrada na semana anterior. No ano, o indicador acumulou alta de 5,17%. Os dados foram divulgados hoje (4), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre).

A apuração de preços - feita entre 1º e 31 de dezembro - registrou decréscimo em suas taxas de variação em quatro das oito classes de despesa que compõem o índice.

O grupo Educação, Leitura e Recreação deu a maior contribuição para a queda semanal, variando de 2,19% para -0,58%, com destaque para o item passagem aérea, que passou de 9,62% para -9,49%.

Também tiveram decréscimo na variação os grupos Alimentação (1,73% para 1,47%), com destaque para hortaliças e legumes (0,01% para -1,61%); Transportes (0,71% para 0,68%), tendo maior relevância a variação do preço do etanol (3,63% para 2,67%); e Comunicação (0,10% para 0,02%) com a mensalidade para internet passando de -0,20% para -0,40%.

Tiveram alta na taxa de variação os grupos Habitação (2,28% para 2,87%), com a tarifa de eletricidade residencial passando de 9,35% para 11,93%; Vestuário (-0,21% para 0,38%), com a variação das roupas indo de -0,47% para 0,35%; e Saúde e Cuidados Pessoais (0,09% para 0,29%), onde a taxa de variação dos artigos de higiene e cuidado pessoal foi de -0,10% para 0,69%.



O apagar melancólico da gestão Pergentino em Sairé
Autor
Adriano Roberto

O apagar melancólico da gestão Pergentino em Sairé

Admirado e respeitado como um dos empresários mais bem sucedido do Estado, o ex-prefeito de Sairé, Fernando Pergentino (PSB), ao sair do mandato deixa um legado que não condiz com sua história.  Não elegeu o sucessor e agora está sendo acusado de não ter pago o salário de dezembro dos funcionários e servidores da prefeitura.

Claro que esse rombo financeiro deixou em situação difícil todo comércio da cidade e numa total tristeza a população que confiou ao empresário - do Castelo de Sairé e da Casa do Bolo em Bezerros - dois mandatos na administração da Terra da Laranja.

As reclamações não param por aí: o atual prefeito, Gildo Dias (PL) relata que recebeu além da folha atrasada, o Hospital sem condições de atender nem em situação de emergência. Relata também que até os pneus dos veículos da prefeitura foram trocados por velhos sem condições de rodar.