Blog do Adriano Roberto


Após 83 dias de luta pela vida, prefeito Maguito Vilela morre vítima de covid-19
Autor
Adriano Roberto

Após 83 dias de luta pela vida, prefeito Maguito Vilela morre vítima de covid-19

O prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada nesta quarta-feira (13), a onze dias de completar 72 anos de idade. A morte encerra uma luta contra a covid-19 que começou há 83 dias. Maguito deixa a esposa, Flávia, quatro filhos (entre eles Daniel Vilela), quatro netos e 1,5 milhão de goianienses órfãos. O sepultamento acontecerá em Jataí, sua terra natal.

Maguito lutava contra a sua segunda infecção pulmonar, detectada em sete de janeiro – há seis dias, portanto. A notícia de que o paciente havia sido acometido por bactérias no pulmão jogou um balde de água fria em todos que torciam pela sua recuperação, já que antes dela Maguito estava lúcido, assistia a filmes e jogos de futebol no seu quarto, falava com o suporte de uma válvula (que tampava o orifício aberto em sua traqueia para ventilação mecânica) e recebia visita dos netos.

O boletim médico desta terça trouxe, pela primeira vez, o adjetivo “grave” para falar da infecção contra a qual o prefeito lutava. Disse, também pela primeira vez, que Maguito estava sob efeito de “altas doses” de remédio.

O prefeito foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 20 de outubro do ano passado. No dia 22, foi internado no hospital Órion, em Goiânia; e, no dia 27, foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, local onde faleceu. O médico pneumologista e genro Marcelo Rabahi o acompanhou em todo o calvário.

Maguito foi um dos políticos mais longevos de Goiás, além de dono de uma das trajetórias mais bem-sucedidas. Foi vereador, deputado estadual e federal, prefeito, senador, vice-governador e governador. Lançou-se candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB algumas semanas depois que o prefeito Iris Rezende (MDB) anunciou a aposentadoria, em 25 de agosto. Foi eleito em segundo turno, com 52,52% dos votos válidos. Quem governará a cidade pelos próximos quatro anos será o vice de Maguito, Rogério Cruz (Republicanos).

Carreira de vitórias na política

Maguito, cujo nome de batismo era Luiz Alberto, nasceu em 1949, na cidade de Jataí. Elegeu-se deputado vereador na cidade natal em 1976, quando ainda era conhecido como o “Maguito” jogador de futebol do Jataiense. O apelido pegou. Em 1982, foi eleito deputado estadual e já era líder do então governador Iris Rezende na Assembleia Legislativa.

Quatro anos depois se tornou deputado federal, participando de forma ativa da elaboração da Constituição Federal em 1988, nossa lei maior. À época, foi vice-líder do MDB na Câmara e, em 1990, se tornou vice-governador de Goiás ao lado de Iris.



Coluna do Adriano Roberto de quarta, 13/01/2021
Autor
Adriano Roberto

Coluna do Adriano Roberto de quarta, 13/01/2021

O fim das barganhas políticas com as forças armadas nos estados

Enquanto o Congresso se prepara para votar dois projetos de lei orgânica das polícias civil e militar que restringem o poder de governadores sobre braços armados dos Estados, políticos e asseclas aliados dos governadores já começam a gritar contra a proposta criando a velha narrativa de apelação, em cima do presidente Bolsonaro e da bancada do Planalto, para que os projetos morram na praia. As propostas trazem mudanças na estrutura das polícias, como a criação, na PM, da patente de general, hoje exclusiva das Forças Armadas, e a constituição de um Conselho Nacional de Polícia Civil ligado à União.

A narrativa contrária é de que o presidente quer as forças armadas federais e estaduais mais próximas dele para que facilite um possível golpe de perpetuação no poder. A grita dos governadores através dos seus aliados no Congresso só nos leva a pensar no poder de barganha que perderiam com o fim do atual sistema de gestão das PMs e da civil, mas principalmente na área militar, onde existe a ação forte de governadores e políticos aliados para indicar o comando e graduar oficiais na corporação da Polícia Militar.

Os projetos limitam o controle político dos governadores ao prever mandato de dois anos para os comandantes-gerais e delegados-gerais, e impor condições para que eles sejam exonerados antes do prazo. No caso da Polícia Militar, a sugestão é para que a nomeação do comandante saia de uma lista tríplice indicada pelos oficiais. O texto também prevê que a destituição, por iniciativa do governador, seja “justificada e por motivo relevante devidamente comprovado”.

Na Polícia Civil também, a chamada dispensa “fundamentada”, precisa ser ratificada pela Assembleia Legislativa em votação por maioria absoluta dos parlamentares. Isso impediria, por exemplo, a polêmica demissão do presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros feita monocraticamente pelo governador Paulo Câmara.

Autonomia bem vindaPara os policiais esses mecanismos são vistos nas polícias como forma de defesa das corporações contra ingerência e perseguição política. Para os políticos, no entanto, o excesso de autonomia administrativa e financeira - e até funcional, como proposto para as PMs - pode criar um projeto de poder paralelo. A avaliação é que, dessa forma, os governadores se tornam “reféns” dos comandantes.

Amiguinhos coronéis – Eu mesmo já acompanhei por várias vezes a graduação de amigos de políticos incompetentes e a eliminação dos “não puxa-saco” em detrimento da alta competência do oficial. Esse esquema de dependência do poder do governador só deixa os policiais cada vês mais reféns dos políticos e não ajudam em nada na segurança da população que quer uma polícia independente e competente.

Sonho presidencial – O presidente Bolsonaro está mostrando um grande otimismo com a votação da presidência da Câmara. A todos, ele diz que está muito confiante na vitória do progressista, Arthur Lira. Mas o cochicho nos eventos do andar térreo no Planalto é de que primeiro, o presidente tem que esperar ganhar, para depois ver se não virá uma nova traição novamente, como aconteceu com Rodrigo Maia.

Sucesso total do Inclusão – Uma grande sacada o projeto Inclusão lançado pelo professor e cientista da UFPE, Antonio Carlos Xavier, em parceria com o nosso Ponto de Vista, na Agência PE de Rádio. O projeto tem como especialidade aumentar o IDEB e qualificar professores da rede municipal de educação. O Inclusão será oferecido também como projeto educacional para escolas particulares e aos prefeitos e secretários de educação dos municípios. Se liga aí prefeito.

Brasil é quintal da Europa – O presidente da França, Emmanuel Macron está fazendo campanha contra a soja brasileira - que é campeã do agro-negócio mundial – para seus colegas presidentes e primeiro ministros da União Europeia. Diz ele “Continuar a depender da soja brasileira seria endossar o desmatamento da Amazônia. Somos consistentes com as nossas ambições ecológicas, lutamos para produzir soja na Europa!" Eu conto, ou você conta, pra ele que o Brasil é o quintal da agropecuária europeia e asiática?

Quem responderá – Quem são os políticos asseclas que vão gritar a favor dos governadores e contra os policiais?



Manifestantes promovem ato contra  a demissão de Áureo Cisneiros
Autor
Adriano Roberto

Manifestantes promovem ato contra a demissão de Áureo Cisneiros

Estiveram presentes no ato, diversas figuras políticas importantes, dentre elas, Marília Arraes (Deputada Federal- PT), Juntas (Co-deputadas Estaduais - PSOL), João Arnado Novaes (Advogado e Militante Social), Paulo Rubem Santiago (Professor Acadêmico e Militante Social), Dani Portela (Vereadora do Recife - PSOL), Liana Cirne (Vereadora do Recife - PT) e Michel Zaidan (Professor e Militante Social), além de todas as centrais sindicais e sindicatos, movimentos e organizações sociais que também fortaleceram o ato com sua presença.

A Deputada Federal Marília Arraes (PT) afirmou que "É importante que consigamos dar uma visibilidade nacional à demissão de Áureo Cisneiros, pois o PSB é um partido que se coloca como vestal do socialismo, da esquerda, da moralidade e que há muito tempo que o 'S' de PSB de socialista não tem nada. E mesmo que eles tentem nos calar, nos persigam, comprem eleição e disputem com Fake News, não iremos descansar, por que no dia que isso acontecer, entregaremos pra eles a escritura do estado de Pernambuco e essa escritura eles não vão ter não!"

Para Dani Portela, Vereadora (PSOL) "O que está acontecendo agora, tem Nome e CPF e é o de Áureo Cisneiros, que hoje não só se representa, ele representa uma categoria organizada em um sindicato, uma pessoa que coloca sua luta por anos em nome dos Policiais Civis e que por isso teve que lutar contra o PSB, que retira e suprime direitos da classe trabalhadora. Um ataque à Áureo é um ataque as trabalhadoras e trabalhadores do estado de Pernambuco."

João Arnaldo Novaes, Advogado e Militante Social afirmou que "Essa demissão é um ataque à todas as lideranças sindicais e à todos e todas que pensam contrário desse governo que se apossou do que é público."

Para Liana Cirne "a simbologia maior do ato está em você, Áureo, um servidor público que vem sofrendo perseguição política que só vimos nos tempos da ditadura militar. E é a partir desses atos que o governo quer que todos os trabalhadores sintam medo e se sintam ameaçados."

As Co-deputadas Estaduais Juntas (PSOL) afirmaram que "A gente sabe que essa demissão tem cunho político e por isso é muito importante que a gente mostre a nossa força e que somos contra as atrocidades desse governo que se diz oposição de Bolsonaro, mas que na verdade tem as mesmas práticas fascistas."

Para Áureo Cisneiros "esse não foi um ato apenas na defesa do meu emprego, é pela liberdade sindical, pela nossa democracia, por todos e todas nós e por isso não vamos parar de lutar, só está começando agora, por isso é importante que possamos nos unir para ir à luta contra os atos ditatoriais praticados pelo governo do PSB."

Também foi convocado um próximo ato que está sendo organizado pelo Sinpol-PE (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) que será no dia 18/01 às 10h.



Até hoje, terça dia 12, o mundo todo vacinou menos que a população da Região Nordeste
Autor
Adriano Roberto

Até hoje, terça dia 12, o mundo todo vacinou menos que a população da Região Nordeste

Enquanto o Brasil usa politicamente um assunto tão importante como a vacinação contra a COVID 19, o mundo toma todas as precalções para vacinar com cuidado e lentamente a população que, na verdade, está servindo de cobaia da vacina. A cobrança da imprensa suja e dos políticos aproveitadores é de que o Governo Bolsonaro já deveria ter vacinado os 200 milhões de brasileiros, mas não é isso que acontece em todo mundo. 

O levantamento do Our World in Data, site oficial da contagem de vacinações feitas no planeta, aponta que até hoje, dia 12 de janeiro, foram vacinadas 32 milhões de pessoas. Isso é quase a metade da população da Região Nordeste do Brasil que é de 57 milhões de habitantes (segundo IBGE de 2020). O Our World não leva em consideração as aplicações feitas durante testes clínicos, como os que foram feitos com a Coronavac e a vacina de Oxford no Brasil. Os imunizantes que necessitam de duas doses são contabilizados apenas uma vez.

Interativo, o site permite visualizar os dados de diferentes formas, como mapas, gráficos e tabelas. Também é possível filtrar os resultados por localidade (países e continentes) e intervalo de tempo. Ele mostra quais vacinas estão sendo administradas, bem como a política de imunização de cada local. O lado negativo é que a plataforma é toda em inglês – mas nada que o Google Tradutor não resolva. Para acessar clique aqui



Ministério pede avanço de reformas para manter fábricas no país
Autor
Adriano Roberto

Ministério pede avanço de reformas para manter fábricas no país

A melhoria do ambiente de negócios e o avanço das reformas estruturais são necessários para reduzir o custo de manter empresas no país, informou hoje (11) o Ministério da Economia. Em nota, a pasta lamentou a decisão da montadora Ford de encerrar a produção no Brasil e destacou que a saída do país contrasta com a recuperação na indústria nos últimos meses.

“O Ministério da Economia lamenta a decisão global e estratégica da Ford de encerrar a produção no Brasil. A decisão da montadora destoa da forte recuperação observada na maioria dos setores da indústria no país, muitos já registrando resultados superiores ao período pré-crise”, divulgou a pasta esta noite em comunicado.

Segundo a equipe econômica, o governo tem promovido ações para reduzir o custo de manter negócios no país. No entanto, a pasta pediu a aprovação de reformas que modernizem a economia brasileira. “O ministério trabalha intensamente na redução do custo Brasil com iniciativas que já promoveram avanços importantes. Isto reforça a necessidade de rápida implementação das medidas de melhoria do ambiente de negócios e de avançar nas reformas estruturais”, concluiu o texto.

Repercussões

Entidades do setor produtivo também destacaram a necessidade da aprovação de reformas. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) afirmou, em nota, que a reforma tributária deve ser a prioridade para reduzir o principal entrave à competitividade do setor industrial brasileiro.

“O Brasil tem que lutar para melhorar sua competitividade, pois, além das fábricas, há toda uma cadeia automotiva que inclui redes de concessionárias, fornecedores de partes e peças e diversos outros serviços. Essa decisão reforça a urgência de se avançar na agenda de competitividade e redução do custo Brasil”, destacou em comunicado o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.

Para a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) o encerramento das atividades da Ford representa “uma triste notícia para o país”. A entidade também pediu a aprovação de uma agenda que reduza o custo Brasil e criticou a alta tributação sobre os automóveis praticada no país.

“A alta carga tributária brasileira faz diferença na hora da tomada de decisões. O custo de cada automóvel produzido aqui, por exemplo, dobra apenas por conta dos impostos”, informou a Fiesp. “Precisamos urgentemente fazer as reformas estruturais, baixar impostos e melhorar a competitividade da nossa economia para atrair investimentos e gerar os empregos de que o Brasil tanto precisa”, concluiu a entidade em nota.



Lava Jato: filhos de ex-ministro Edison Lobão são alvos de operação
Autor
Adriano Roberto

Lava Jato: filhos de ex-ministro Edison Lobão são alvos de operação

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (12) a 79ª Fase da Lava Jato, denominada Operação Vernissage. Entre os alvos da ação estão Márcio Lobão e Edison Lobão Filho, filhos de Edison Lobão (MDB), ex-ministro de Minas e Energia (2008 a 2014).

A operação, que tem apoio do Ministério Público Federal (MPF) e da Receita Federal, apura um esquema de “fraudar o caráter competitivo” de licitações com o pagamento de propina a altos executivos da Petrobras e de outras empresas ligadas a ela, como a Transpetro. 

Ao menos 70 policiais federais e 10 auditores da Receita Federal cumprem 11 mandados de Busca e Apreensão em Brasília/DF, São Luís/MA, Angra dos Reis/RJ e em São Paulo (2). Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal em Curitiba/PR.

“Suspeita-se que os contratos celebrados pela Transpetro com algumas empresas teriam gerado, entre os anos de 2008 e 2014, o pagamento de mais de R$12 milhões em propinas a este grupo criminoso”, disse a PF, em nota.

Segundo a investigação, após o recebimento da propina eram realizadas “várias operações de lavagem de capitais” para ocultar sua origem ilícita, especialmente, através da aquisição de obras de arte e transações imobiliárias. 

“No caso das obras de arte, tais operações consistiam na aquisição de peças de valor expressivo com a realização de pagamento de quantias ‘por fora’, de modo que não ficassem registrados os reais valores das obras negociadas. 

Neste caso, tanto o comprador, quanto o vendedor emitiam notas fiscais e recibos, mas declaravam à Receita Federal valores flagrantemente menores do que aqueles efetivamente praticados nas transações”, afirmou a PF. 

Desdobramento da 65ª fase

De acordo com o MPF, a operação desta terça é um desdobramento da 65ª fase da Lava Jato, realizada em setembro de 2019, para possibilitar o "aprofundamento de investigações sobre possíveis atos de lavagem de dinheiro relacionados a crimes praticados contra a Transpetro entre 2005 e 2014".

Naquela ocasião, a Operação Galeria teve como alvo Márcio Lobão, filho do ex-ministro Edison Lobão. De acordo com o MPF, um escritório de advocacia ligado à família Lobão, no Rio, recebia dinheiro decorrente de pagamentos indevidos.

"Um dos objetivos da operação é a apreensão de mais de cem obras de arte adquiridas por investigado que também já é réu em ação penal na Lava Jato. 

A apreensão não apenas permitirá que as obras sejam periciadas pelo corpo técnico da Polícia Federal, como garantirá a plena efetividade das penas de perdimento, reparação de danos e pagamento de sanções pecuniárias que eventualmente venha a ser impostas ao réu na ação penal em curso", disse, também em nota, o MPF.

Com informações de Vianey Bentes (da CNN, em Brasília)



Veja calendário de pagamento do IPVA em cada estado
Autor
Adriano Roberto

Veja calendário de pagamento do IPVA em cada estado

Após as festividades de Ano Novo, chega o mês de janeiro e com ele, o pagamento de taxas e impostos, entre eles o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A cobrança do imposto, realizada anualmente, tem calendários diferentes de vencimentos, definidos em cada estado.

O pagamento do IPVA é obrigatório e a alíquota apresenta variação conforme o modelo e o ano de fabricação do veículo e também o estado em que o contribuinte mora.

Em alguns estados, o IPVA pode ser pago com desconto, por quem optar pela chamada cota única. Quem não optar pela parcela única, pode pagar o imposto em parcelas que variam de estado para estado.

Confira abaixo o calendário para o pagamento do imposto em cada um dos estados e no Distrito Federal.

(Clique abaixo nos estados para ver o conteúdo)

Região Norte



Prefeitura de Triunfo-PE abre seleção na Assistência Social
Autor
Adriano Roberto

Prefeitura de Triunfo-PE abre seleção na Assistência Social

A Prefeitura de Triunfo, no estado de Pernambuco, comunicou por meio do edital 01/2021 a abertura de um novo processo seletivo simplificado que busca preencher 35 vagas temporárias em cargos de ensino fundamental, médio e superior para execução dos serviços na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (CRAS, CREAS, Cadastro Único e Programa Bolsa Família, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Casa de Acolhimento Institucional, Programa Criança Feliz, Projeto Conhecer para Transformar e Projeto Inclusão Social e Garantia de Direitos).

Vagas abertas em Triunfo-PE

Assistente Social
Psicólogo
Educador Social
Auxiliar de Educador Social
Entrevistador e Digitador Social
Motorista
Orientador Social
Auxiliar de Orientador Social
Cuidador
Visitador Social
Arte Educador
Coordenador

A Prefeitura oferece salários que variam de R$ 1.100,00 e R$ 2.000,00, por jornadas de trabalho de 24 a 40 horas por semana.

Inscrições na seleção de Triunfo-PE

As inscrições deverão ser realizadas no período 11 a 30 de janeiro de 2021, por meio eletrônico através do site http://triunfo.pe.gov.br/processo-seletivo-001/2021 ou das 08:00 às 13:00 horas, na Secretaria de Desenvolvimento Social, Sala dos Conselhos, Localizada à Praça Júnior Veríssimo, 04, Centro, Triunfo-PE.

O edital na íntegra, e outras publicações referentes a este processo seletivo simplificado estarão disponíveis no endereço eletrônico www.triunfo.pe.gov.br e nos quadros de aviso da Câmara Municipal e da Prefeitura de Triunfo/PE, localizada na Avenida José Veríssimo dos Santos nº 365, Guanabara Triunfo/PE, como também no quadro de avisos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, localizada à Praça Júnior Veríssimo, 04, Centro, Triunfo/PE.



Coluna do Adriano Roberto de terça, 12/01/2021
Autor
Adriano Roberto

Coluna do Adriano Roberto de terça, 12/01/2021

Eles só podem achar que somos trouxas!

Não devemos nos deixar enganar por esses políticos profissionais (em fim de carreira) que insistem achar que todos são burros e só eles são os espertos. Será que ninguém viu ou acompanhou as diversas irregularidades - pra não chamar de outra coisa - que foram cometidas pelo ex-prefeito do Recife, que deixou o cargo, mas continua sendo o número dois da hierarquia dos caciques do PSB. Todos sabem que foi Geraldo quem coordenou todas as campanhas de Paulo Câmara, para o Governo do Estado e do garoto João Campos, para prefeitura ano passado. É ele quem só se reporta a Viúva na hora de prestar contas de suas ações e é ele mesmo quem vai ter responder por todas a falcatruas apontadas pelos órgãos reguladores do Estado de Pernambuco.

No âmbito nacional os lacradores de plantão acham também que o povo é burro e não percebe o quanto estão politizando essa história da vacinação. Começando pelo fato de o Corona vírus ter origem na China e esses políticos aproveitadores do dinheiro público querem enfiar pra dentro do nosso organismo uma vacina chinesa sem eficácia. Além de termos que assistir as autoridades mundiais e nacionais de saúde mudar de orientação a todo momento, ora dando importância, ora não, para os relatos científicos de acordo com os íntimos interesses deles.

E no cenário internacional? Estamos a mercê de uma coisa chamada nova ordem mundial, onde as tradicionais empresas de comunicação nos empurram para uma vida cibernética de refém, nos prendendo em redes sociais, nos fisgando e nos acostumando com uma vida social online e depois querem ditar o que devemos ou não postar nas nossos próprios aplicativos deixando-nos reféns de suas armadilhas .

Chega!

Para cada político que me decepciona terei outro para colocar no lugar, para cada vacina chinesa terei uma outra, de outro lugar, para tomar, para cada plataforma que me banir terei outra para me inscrever e me comunicar. Mas principalmente: para cada esperto que quiser me enganar terei um banana para lhe dar e um voto pra depositar contra ele nas próximas eleições. Não desperdice sua melhor arma, o voto.

Ford sai do Brasil – A montadora divulgou a notícia em nota e justificou que a pandemia provocou aumento a capacidade ociosa das fábricas, em movimento inverso às vendas, que caíram fortemente em 2020. A empresa tinha operações há mais de um século no Brasil. Serão fechadas as plantas de Camaçari, na Bahia; Taubaté, em São Paulo; e a fábrica da Troller, em Horizonte, no Ceará. Apesar dos oportunistas tentarem colocar a conta no colo de Bolsonaro, os espaços físicos das fábricas brasileiras, de uma Ford quebrada mundialmente, já estão sendo requisitados por outras montadoras.

Coronavac em baixa – Estou com uma mania de ficar perguntando pra todo mundo que fala comigo, se tomaria a vacina chinesa? Como a grande maioria de pessoas as quais eu me relaciono são de centro ou de direita, o Coronavac tá descartado. Muitos dizem que vão esperar mais um pouco e ver os resultados de quem quer servir de cobaia. O mais engraçado é que as pessoas de esquerda, com quem tive contato, todas me disseram o contrário. Estão esperando com o braço estendido pela vacina o mais rápido possível.

Sairé sem FPM – Além dos problemas com a frota completamente sucateada, problemas na área da saúde, o atual gestor de Sairé, Gildo Dias - PL, não teve disponível um centavo sequer, do primeiro repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) pago dia 08/01.  Isso aconteceu, porque a gestão anterior, do prefeito Fernando Pergentino - PSB, deixou de repassar R$ 297.212,79 (duzentos e noventa e sete mil, duzentos e doze reais e setenta e nove centavos) ao INSS. Dívida esta, que impede o repasse do FPM. Herança maldita.

Deputados sem recesso na Alepe – A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) instala nesta terça-feira (12), às 10 horas, a reunião de autoconvocação para análise da prorrogação, por 180 dias, do decreto de calamidade pública no Estado e em municípios. As reuniões do período extraordinário ocorrerão de maneira remota e suspendem o recesso legislativo constitucional do mês de janeiro. Essa é a segunda vez que a Alepe cancela o recesso dos deputados para apreciar medidas voltadas para a pandemia do coronavírus.

Impeachment por atrasar vacina – Sem noção e perdendo completamente o senso do ridículo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a demora do início da vacinação contra a covid-19 no Brasil pode levar à abertura de um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Na entrevista a um site esquerdista, ele disse que a pressão popular vai fazer com que o impeachment aconteça.

Quem responderá – O que vai acontecer com as denuncias do TCE se chegar ao Tribunal de Justiça de Pernambuco?



Cães ladram, caravana passa: Brasil e Japão assinam acordo do grafeno e nióbio
Autor
Adriano Roberto

Cães ladram, caravana passa: Brasil e Japão assinam acordo do grafeno e nióbio

Brasil e Japão assinaram, nesta sexta-feira (8), o Memorando de Cooperação entre os governos no Campo de Tecnologias Relacionadas à Produção e ao Uso de Nióbio e Grafeno. O objetivo do documento bilateral é aprofundar o entendimento mútuo para explorar a cooperação na cadeia de valor de produtos que usam nióbio ou grafeno e propiciar uma cooperação mais estruturada no futuro, incluindo potenciais projetos conjuntos.

A iniciativa é resultado de tratativas iniciadas pelo Presidente Jair Bolsonaro, que em 2019 manifestou interesse na cooperação ao então primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, durante o Fórum Econômico de Davos; e de reunião entre o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes e o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada em 2019. Assinaram o memorando o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o ministro de Negócios Estrangeiros do Japão, Toshimitsu Motegi.

“O acordo é fundamental porque o Japão é um país que tem alta tecnologia e nos une a ele na procura de explorar as capacidades do nióbio e do grafeno”, afirmou o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Leonidas Medeiros. “Esses materiais são produtos do futuro, que vão alcançar toda a cadeia produtiva dos países, na parte industrial e no uso da tecnologia.”

Durante o encontro, promovido no Palácio do Itamaraty, em Brasília (DF), foram firmados também acordos de cooperação entre os dois países nas áreas de biodiversidade, desenvolvimento de sensores e plataforma de agricultura de precisão em apoio à agricultura sustentável brasileira e uso de tecnologias avançadas de radar de abertura sintética e uso de inteligência artificial para o combate ao desmatamento ilegal.

Minerais estratégicos e cooperação

Em outubro de 2016, Brasil e Japão assinaram Memorando de Cooperação para a Promoção de Investimentos e Cooperação Econômica no Setor de Infraestrutura. Desde então, os governos de ambos os países vêm manifestando interesse mútuo em ampliar o investimento japonês no Brasil, incluindo os minerais raros ou estratégicos, como o grafeno e o nióbio.

Em julho de 2020, foi aberta chamada pública para apoiar empreendimentos tecnológicos à base de grafeno, destinando aproximadamente R$ 1,5 milhão para apoiar propostas de pesquisa aplicada, desenvolvimento tecnológico e inovação que visem a gerar empreendimentos e soluções de base tecnológica, tendo como principal objeto o grafeno.

Já o nióbio é considerado um mineral estratégico para o país. O Brasil é o maior produtor mundial desse material, responsável por aproximadamente 86% da produção, e tem o Japão como um dos principais importadores da liga ferronióbio (9,6% do exportado pelo Brasil). Com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.



De Petrolina para o Brasil: revisão de conteúdos do Enem, em três Aulões, acontece nos dias 12, 14 e 21
Autor
Adriano Roberto

De Petrolina para o Brasil: revisão de conteúdos do Enem, em três Aulões, acontece nos dias 12, 14 e 21

Estão confirmados para os próximos dias 12 (terça), 14 (quinta) e 21 (quinta) deste mês, às 18h, no canal oficial do River Shopping no YouTube, os Aulões virtuais da 6ª edição do Projeto Preparação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 que ocorrerão nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, na versão impressa, e, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021, na versão digital.

Nesta edição, o Preparação, que é uma realização do Plenus Colégio e Curso em parceria com a TV Grande Rio e o River Shopping, começa os trabalhos na próxima terça-feira (12), revisando o que historicamente costuma cair mais como conteúdo na prova de linguagens e códigos.

Na quinta-feira (14), será a vez dos estudantes revisarem os assuntos que serão abordados no Enem nas provas de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia). E concluindo esta edição, no mesmo horário e canal, os professores do Plenus voltam a se encontrar no dia 21 para trabalhar com os alunos as questões das ciências da natureza (matemática, física, química e biologia).

De acordo com o professor e coordenador do Pré-Vestibular da escola, Nivaldo Moreira, os Aulões serão entrecortados por animadas apresentações, vídeos, além de números de música com os artistas Keu Dantas, Andreia Vitória e Elisson Castro. "Teremos também sorteios de brindes e informações sobre os dias de provas do Enem. O projeto vem sendo melhorado a cada ano. Começamos na Concha Acústica em 2016 e depois fechamos parceria com a TV Grande Rio e o River Shopping.”, concluiu. 



Coluna do Adriano Roberto de segunda, 11/01/2021
Autor
Adriano Roberto

Coluna do Adriano Roberto de segunda, 11/01/2021

Somos mais pacíficos e inteligentes que os americanos

Que tempos difíceis estamos vivendo neste planeta com governos tão complicados. Os acontecimentos hoje em dia não estão mais divididos por lugares e nem tempo, por mais distantes que ocorram. As ações que aconteceram nos Estados Unidos semana passada, por exemplo, influenciam até hoje em todos os recantos do mundo. Imediatamente toda imprensa brasileira, assim como as redes sociais, inundaram postagens relacionas ao fato.  Aqui no Brasil repercutiram a invasão do Capitólio e rapidamente também fizeram comparações do caso Donald Tramp com o governo Bolsonaro.

Mas basta ter um olhar um pouco mais apurado no cenário americano, para ver que não temos nenhum talento para ser tão inocentes ou politicamente irascível assim e fazer algo minimamente parecido com aquilo. É só assistir com mais atenção as imagens violentas de todo o evento tosco e vamos notar as várias armações que se sucederam. A forma muito fácil que os manifestantes tiveram acesso a um local altamente cercado de segurança, a infiltração de grupos que iriam radicalizar lá dentro e a repercussão negativa que tudo isso traria para o país, em sua imagem pelo mundo.

A ligação de Bolsonaro com Tramp atiçou os desafetos do presidente brasileiro, tanto os políticos como não políticos. Jornalistas desejando a morte do nosso presidente para não passar pelo que eles preveem acontecer por aqui, comentaristas políticos dizendo que Bolsonaro inspira as mesmas reações nos seus seguidores. Todos formam uma constante nos noticiários e nas redes sociais. Alguns internautas até ensaiaram incentivar a manifestação igual, mas como as redes não perdoam as Fake News logo o desmentido veio à tona e a colocação divulgada nos sites bolsonaristas enveredou exatamente para o discurso contrário. Ainda pediram para tomar cuidado com os infiltrados e não dar o gostinho de qualquer tipo de violencia.

Manifestação é no voto – O núcleo duro da comunicação de Bolsonaro tratou logo de divulgar que não há um só pensamento de citar manifestações nas ruas ou em qualquer instituição da Praça dos Três Poderes. “Nossa manifestação é pacífica, é na urna, com o voto”. Disse um dos representantes da área de imprensa do Planalto. Mostrando claramente que o discurso do Governo será o de não entrar na provocação dos adversários (que são muitos, dentro e fora da política).

Debandada nas redes – Muitos conservadores de direita que utilizam as redes sociais reclamaram da debandada considerável de seguidores, principalmente no Twitter, Facebook e YouTube. Até os filhos do presidente também foram atingidos pelo corte de milhares de seguidores. Eduardo e Carlos Bolsonaro já convidaram os simpatizantes a migrarem para o Telegam – que substitui o WhatsApp e o Parler, para substituir o Face.

Cerco apertado – Depois da postagem no Twitter do ministro da justiça, André Mendonça, condenando e dizendo que vai tomar providências jurídicas contra jornalistas que sugeriram o suicídio do presidente, na Polícia Federal, o burburinho é que está em curso uma forte investigação sobre o Rodrigo Maia. Isso justifica o porque Botafogo está tão irritado com os integrantes do Planalto.

Outdoor de Bolsonaro em Triunfo – Para quem acha que Bolsonaro está em baixa no Sertão pernambucano, o grupo denominado – Bolsonaros de Triunfo - colocou um enorme outdoor no município pajeusense em homenagem ao presidente. A peça ficou estrategicamente posicionada na área central, perto do lago na cidade mais linda de Pernambuco. Alguns adversários até tentaram estragar a cortesia, mas o pessoal de direita bateu o pé e disse que são muitos os que apoiam Bolsonaro por alí.

Destaque nacional do Judô – Com o patrocínio do Grupo Ferreira Souza, judoca Alana Moura gravou um vídeo e agradeceu ao empreendedor social Antonio Souza, do grupo Ferreira Souza, não só por acreditar e patrocinar a sua participação nas competições estaduais e nacionais, mas também por realizar um sonho que vai mudar totalmente o seu modo de viver. Alana foi destaque local e nacional em 2020 na modalidade.

Quem responderá – Quando a Polícia federal vai chegar no poder juduciário, em todos os níveis?