Blog do Adriano Roberto


Alepe cria Comissão para fiscalizar problemas estruturais na FOP
Autor
Adriano Roberto

Alepe cria Comissão para fiscalizar problemas estruturais na FOP

Após receber 50 alunos que denunciaram problemas estruturais na Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP), a Assembleia Legislativa de Pernambuco criou, nesta segunda-feira, uma Comissão para fiscalizar a infraestrutura de um dos mais importantes centros acadêmicos de saúde do estado. O deputado Wanderson Florêncio (PSC) estará à frente do colegiado.

Com um laudo da Defesa Civil, os estudantes alertaram que os problemas estruturais são facilmente percebidos. A denúncia é que os muros que sustentam os corredores balançam, a fiação está exposta contribuindo para que constantemente falte energia e aumentando o risco de incêndio.  A falta de água é constante, o que motivaram os alunos a suspenderem as aulas.

“Há poucos meses a faculdade foi assunto na imprensa pernambucana por conta dos assaltos e agora é ainda pior. O laudo aponta que o prédio precisa ser evacuado por causa do risco de desabamento. São 500 estudantes, 80 professores, além de 100 famílias que moram no terreno da FOP que estão com suas vidas em risco”, alerta Wanderson Florêncio.
De acordo com o parlamentar, a solução é que os alunos passem a também compor o Campus de Santo Amaro, e para isso, o governo terá tempo suficiente de organização, haja vista, o início das férias.

“Utilizaremos todos os recursos possíveis dentro da Assembleia, Indicações, Requerimentos e Audiências Públicas para que o governo encontre uma solução”, disse.



DETRAN-PE inicia Campanha educativa de verão
Autor
Adriano Roberto

DETRAN-PE inicia Campanha educativa de verão

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE) lançou sexta-feira (29), a campanha educativa de verão, sob o título “Bebida e Direção? Não! Porque eu te amo, eu te adoro e te quero bem”, no Bar Portal da Picanha, no bairro do Rosarinho, Zona Norte do Recife. O mote da campanha é quem ama, cuida. Não permitindo que a pessoa que amamos dirija depois de beber. O objetivo do DETRAN-PE é gerar engajamento e solidariedade, com estímulo ao senso de responsabilidade e cuidado mútuo. A ação será filmada e impulsionada nas mídias digitais.

Segundo a Coordenadora de Educação para o Trânsito, Luciana Carvalho, a campanha de verão tem a finalidade conscientizar sobre os efeitos do álcool e, para isso, conta com intervenção de flash mob. A campanha foi lançada com seis atores/cantores e se desenrola com um casal de atores, interpretados por Isabela Leão e André Falcão, simulando uma briga dentro do bar e o homem quer sair dirigindo depois de beber. A mulher pede para ele voltar “porque o ama, o adora, lhe quer bem” e começa a cantar a música de Tim Maia, e todos os clientes sem perceberem começaram a cantar junto com os garçons cantores, que estavam presentes.   

A campanha acontecerá todas as sextas-feiras até o fim do ano com distribuição de panfletos educativos, squeezes, além da entrega da medalha “Amigo da Vez” para quem não bebeu. Foi parceiro da ação o Aplicativo 99, que, durante toda a campanha, vai distribuir voucher de 20% de desconto nas corridas.

Para Sônia Aroucha, que estava em um happy hour com as amigas, a campanha é muito importante, ao mesmo tempo que diverte, conscientiza as pessoas, chama atenção e alerta para não beber e dirigir. Ela destacou que, sempre quando toma alguma bebida alcoólica, volta para casa de táxi, aplicativo ou com a amiga da vez. 

Ação em memória às vítimas do trânsito

Já no sábado (30), a Coordenadoria de Educação para o Trânsito realizou ação educativa em memória às vítimas do trânsito. Uma blitz, com o caminhão da Turma do Fom-Fom, com foco na prevenção de acidentes com linhas cortantes e na importância do uso da antena corta pipa, será montada no pátio em frente a antiga Fábrica Tacaruna, próximo ao shopping. 

No local, técnicos da Coordenação de Educação e agentes de trânsito do DETRAN-PE, abordaram motociclistas, onde foram distribuídos panfletos com objetivo de lembrar o respeito às leis de trânsito e na prevenção aos acidentes, principalmente com motos, onde serão ressaltadas as causas de acidentes que sequelam e levam a óbito os condutores de motocicletas.

Para tanto, o DETRAN-PE contou com o apoio dos parceiros: 1º Batalhão de Policiamento de Trânsito – BPTran; Associação de Motofretistas com Aplicativos do Estado - AMAP- PE; Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto – Cepam; Honda/Motoparts; Irmãos Cruz; Moto Clube Anjos do Evangelho; Polusa; Shineray e Yamara/Disnove.    

No Brasil, o trânsito matou cerca de 39 mil pessoas e sequelou mais de 220 mil em 2018. Os motociclistas que não fizeram uso correto dos equipamentos de segurança, pedestres e ciclistas foram as maiores vítimas, destes, o total de acidentes 75% são motociclistas, os quais ocupam mais de 60% dos leitos dos hospitais públicos.



Senado deve votar isenção de ICMS para igrejas nesta terça
Autor
Adriano Roberto

Senado deve votar isenção de ICMS para igrejas nesta terça

Templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social poderão continuar isentos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 31 de dezembro de 2032. A proposta, um projeto de lei complementar (PLP 55/2019) de autoria da deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), aprovada em maio pelos deputados, pode ter a última votação no plenário do Senado, nesta terça-feira (3), em regime de urgência.

Na última semana a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa aprovou por unanimidade o relatório do senador Irajá (PSD-TO), favorável à prorrogação por mais 15 anos do benefício. Ele explicou que o PLP muda a Lei Complementar 160, de 2017. Ela estabelece prazos de até 15 anos para isenções, sendo o mais curto - de um ano - a regra geral, na qual templos e entidades assistenciais foram enquadrados. 

O prazo máximo é concedido a atividades agropecuárias e industriais e a investimentos em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano. “Não há justificativa para que os incentivos voltados para templos e instituições assistenciais tenham sido enquadrados na regra geral, com prazo mais curto”, disse Irajá em seu voto.

O relator esclareceu ainda que o projeto não implica diretamente renúncia de receita, apenas autoriza os estados a firmar convênios sobre incentivos fiscais do ICMS voltados a templos de qualquer culto e a entidades beneficentes de assistência social. Já a deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ) destacou que “não se trata de nova isenção, mas apenas de renovação daquilo com que elas já contavam antes da lei complementar”.

Igrejas já têm imunidade tributária para não pagar outros impostos, como Imposto de Renda, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Se aprovado pelo plenário do Senado, o texto seguirá para sanção presidencial.



Deputado Feitosa vai ao Sertão falar sobre Energia Nuclear
Autor
Adriano Roberto

Deputado Feitosa vai ao Sertão falar sobre Energia Nuclear

Neste sábado (30) em Petrolândia, no Sertão Pernambucano, o deputado Alberto Feitosa (SD) falou sobre os resultados positivos da possível instalação da Usina Nuclear em Itacuruba. 

Dentro do tema, o parlamentar abordou exemplos de usinas existentes na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia e na Argentina. Também falou dos impactos sociais, econômicos  e culturais  refletidos na vida dos cidadãos brasileiros que se beneficiam do investimento em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, que, neste ano, foi escolhida como Patrimônio Mundial, Natural e Cultural da UNESCO, bateu o recorde na produção de sardinha do País, além de ser um grande polo turístico nacional.

O evento contou com a participação de dezenas de  lideranças da localidade que tiraram suas dúvidas e saíram otimistas com a possibilidade de instalação da Usina. Dentre eles estava o artista, cantor e compositor,  Maurillio Lima, que era contra a instalação e que mudou de ideia ao conhecer mais sobre o tema.

"Antes eu não entendia o que é e como funciona uma Usina. Por isso eu tinha muito medo e receio, eu achava que a usina iria acabar com o nosso São Francisco, com os nossos peixes. Mas agora, depois de ver a apresentação do deputado eu pude esclarecer minhas dúvidas e vi que não traz morte e sim, oportunidade de emprego e desenvolvimento. A primeira coisa que vou fazer quando chegar em casa é contar aos meus parentes e amigos sobre esse grande investimento  que vai ajudar bastante o nosso sertão!", afirmou.

O deputado Alberto Feitosa falou da importância e da oportunidade de esclarecer mais sobre o tema, bem como, se colocou a disposição para realizar mais vezes esse tipo de evento.

"Quando esclarecemos o assunto, mostrando exemplos, a população se mostra receptiva a possibilidade de instalação de uma Usina Nuclear. Isso mostra que a negação vem pela falta de conhecimento do tema por algumas pessoas, e dizer não a um investimento de tamanha capacidade de transformação positiva na vida dos cidadãos, principalmente uma população tão sofrida como os sertanejos, é negar a melhoria de vida de milhares de pessoas. Dizer não a Usina é dizer não a vida", afirmou Feitosa.



Justiça nega mandado do prefeito Lupércio e mais 12 vereadores contra presidente da Câmara
Autor
Adriano Roberto

Justiça nega mandado do prefeito Lupércio e mais 12 vereadores contra presidente da Câmara

A juíza Eliane Ferraz Guimarães Novaes, da 2ª. Vara da Fazenda Pública de Olinda, indeferiu, hoje (29/11), o mandado de segurança impetrado pelo prefeito Lupércio e mais doze vereadores contra o presidente da Câmara Municipal, vereador Jorge Federal.

Alegando “conduta autoritária” e “omissão ilegal” do presidente do Poder Legislativo a medida judicial rejeitada, solicitava autorização para que o Projeto de Lei No. 100/2019, que trata de pedido de empréstimo junto a Caixa Econômica Federal no valor R$ 20 milhões para requalificação da Avenida Presidente Kennedy e outras artérias, fosse encaminhado para votação “independente de parecer das comissões” da Câmara Municipal.

A juíza Eliane Ferraz declarou na decisão que “não há o que se falar em qualquer conduta autoritária do Presidente do Poder Legislativo, vez que conforme pode se observar nos autos, os impetrantes (Prefeito e doze vereadores) não fizeram constar nenhum requerimento que houvesse sido formalizado ao Presidente da Câmara, bem como não houve nenhuma reunião da Mesa Diretora para deliberar sobre a urgência do Projeto Lei 100/2019, e, por esta razão os impetrantes são carentes de interesse processual.”

A Juíza da 2ª. Vara da Fazenda Pública de Olinda, em sua decisão, reconheceu que “a Câmara Municipal de Olinda tem legitimidade para defender seus interesses e prerrogativas constitucionais. Demonstrando de forma cabal o cumprimento da disciplina do processo legislativo.”
Em sua defesa, a Câmara Municipal de Olinda alegou que “quem descumpre os prazos, que não prestam informações em tempo hábil, que formulam projeto incompleto faltando informações imprescindíveis  para a avaliação e parecer legislativo foi o Poder Executivo, representado pelo prefeito Lupércio.”

E concluiu: “Trata-se de matéria financeira que autoriza a realização de empréstimo do Município, e que requer total zelo do Poder Legislativo antes de autorizá-lo. Infelizmente o que ficou bastante visível foi a espetacularização do processo, como instrumento político.”



Deputado Rogério Leão entrega Transporte do TFD em Orocó
Autor
Adriano Roberto

Deputado Rogério Leão entrega Transporte do TFD em Orocó

As emendas do deputado estadual Rogério Leão estão sendo destinadas à estruturação dos serviços públicos oferecidos em todas as regiões do Estado de Pernambuco, em especial, na área de saúde.

O município de Orocó recebeu uma Van-Sprinter, no valor de R$ 190 mil, através de uma Emenda Parlamentar de autoria do deputado Rogério Leão e que vai ser utilizada para o transporte de pacientes que necessitam de Tratamento Fora do Domicílio - TFD.

O ato de entrega do veículo aconteceu na tarde desta sexta-feira (29) em uma grande festa com as presenças do prefeito municipal, primeira dama, vereadores, secretários, diretores e funcionários da Prefeitura, além do deputado Rogério Leão e da população, que aproveitou o importante momento para abracá-lo e agradecê-lo por estar representando o município na Alepe com muita responsabilidade, garra e determinação.

"Quero parabenizar meu amigo e prefeito de Orocó, George Gueber, pela aquisição e pelo trabalho que vem desenvolvendo no município", disse Rogério Leão. A contrapartida oferecida pelo prefeito, no valor de R$ 40 mil foi de suma importância para aquisição do veículo que atenderá a demanda da população.



Como fica a investigação contra Flávio Bolsonaro após decisão do STF?
Autor
Adriano Roberto

Como fica a investigação contra Flávio Bolsonaro após decisão do STF?

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a decisão do presidente da Corte, Dias Toffoli, que em julho paralisou centenas de processos e investigações alimentados por dados sigilosos da Receita Federal e da Unidade de Inteligência Financeira (UIF, antigo Coaf), a pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

O filho do presidente Jair Bolsonaro é investigado por suspeitas de desvio de recursos de seu ex-gabinete de deputado estadual no Rio de Janeiro, apuração que foi alimentada por dados do antigo Coaf. Flávio Bolsonaro nega as acusações e questiona a idoneidade das investigações das quais é alvo. 

A princípio, a decisão do STF abre caminho para a retomada da investigação contra o senador. No entanto, a Corte deixou para a próxima quarta-feira a definição de parâmetros mais específicos para a atuação da UIF. A partir disso, ficará mais claro o futuro do caso de Flávio Bolsonaro. 

Além disso, há ainda uma decisão específica de setembro, do ministro Gilmar Mendes, paralisando a apuração contra o senador. Essa decisão atendeu a outro recurso da defesa do parlamentar, argumentando que o Ministério Público do Rio de Janeiro estava desrespeitando a decisão de Toffoli e continuava investigando Flávio Bolsonaro. Como a decisão de Mendes se baseia na liminar de Toffoli, a expectativa é que ela também será revogada.

O que falta esclarecer sobre Coaf?
 
Nesta quinta, por 8 votos a 3, os ministros decidiram que a Receita Federal pode repassar informações fiscais e bancárias detalhadas ao Ministério Público sem autorização judicial prévia quando houver indícios de crimes tributários e previdenciários por parte de contribuintes.

A maioria da Corte também considerou constitucional que a UIF envie ao Ministério Público Relatórios de Inteligência Financeiro (RIFs) sem necessidade de decisão de um juiz, mas ministros ainda definirão na próxima quarta-feira parâmetros mais claros sobre como deve ocorrer esse compartilhamento. Ao longo do julgamento, a maioria do STF indicou que a UIF pode compartilhar relatórios detalhando transações suspeitas espontaneamente e também atendendo a pedido de promotores e procuradores, desde que isso seja feito pelo sistema oficial e não envolva levantar informações fora do seu banco de dados.

Na tentativa de anular a investigação, a defesa de Flávio Bolsonaro argumenta que o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) pediu ao antigo Coaf que o órgão solicitasse informações extras sobre o parlamentar a bancos. Além disso, acusa os promotores de terem pedido isso por por e-mail, ou seja, fora do sistema oficial da UIF. 

O Ministério Público do Rio, por sua vez, repudiou essas acusações e disse por meio de nota que "em nenhum momento deixou de cumprir rigorosamente a legislação pertinente e o procedimento oficial no que tange à obtenção de informações" da UIF.

A depender das regras que o STF definir na semana que vem, é possível que a defesa do senador apresente novos recursos questionando a forma como os promotores do Rio de Janeiro solicitaram seus dados ao antigo Coaf. 

Vale lembrar que o primeiro RIF que respingava sobre o senador tratava exclusivamente de Fabrício Queiroz, ex-assessor no seu antigo gabinete de deputado estadual. Esse relatório apontava movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão no período de um ano. Posteriormente, porém, o Ministério Público do Rio de Janeiro recebeu relatório sobre as movimentações do senador.
'Coaf não realiza devassa'
 
Maioria dos ministros apoiou que a Receita Federal possa repassar informações fiscais e bancárias detalhadas ao Ministério Público sem autorização judicial prévia quando houver indícios de crimes tributários e previdenciários 
Ao longo do julgamento, ministros como Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Luiz Fux ressaltaram que a UIF não pode solicitar dados aos bancos, mas apenas produz Relatórios de Inteligência Financeira a partir de informações que lhe são enviadas por instituições financeiras, joalherias e concessionárias seguindo regras pré-estabelecidas que definem o que são transações suspeitas - por exemplo, compras em alto valor pagas em dinheiro vivo ou uma série de depósitos sequenciados em dinheiro. 

"Quando o Ministério Público solicita à UIF informações sobre operações suspeitas referentes a determinados investigado/acusado, a UIF simplesmente consulta sua base de dados já existente para prestar a informação, mas não lhe é permitido solicitar aos bancos informações novas sobre movimentações financeiras", destacou Barroso. 

Para Fachin, a forma de atuação do Coaf impede que sejam produzidos RIFs encomendados, como repudiou Dias Toffoli em seu voto. "Isso retira, a meu ver, a possibilidade que se verifica de alegadas devassas sob encomenda", argumentou Fachin. 

Receita Federal

No caso da Receita Federal, votaram para permitir o repasse de dados detalhados pelo órgão ao Ministério Público quando houver indícios criminosos levantados em processo administrativo fiscal os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. 

"O compartilhamento dessa prova nada mais é do que prova emprestada, lícita", argumentou Moraes.

"Se a prova foi obtida pela Receita licitamente (no processo administrativo), não deve haver fundamento jurídico que impeça esse compartilhamento com o Ministério Público diante de indícios de conduta criminosa", defendeu também Barroso. 
Já Celso de Mello e Marco Aurélio votaram contra a possibilidade do Fisco compartilhar qualquer informação com o órgão de investigação por considerar que isso fere o direito constitucional à privacidade. 

O presidente do STF, por sua vez, autorizou em seu voto apenas o livre compartilhamento de "informações globais", tais como inconsistência entre patrimônio e renda totais declarados e algumas movimentações financeiras, mas não permitiu que a Receita repasse dados detalhados como extratos bancários ou a íntegra da declaração de Imposto de Renda sem autorização judicial por considerar que isso seria quebra de sigilo fiscal e bancário.



Hospital Getúlio Vargas literalmente caindo aos pedaços em PE
Autor
Adriano Roberto

Hospital Getúlio Vargas literalmente caindo aos pedaços em PE

Três blocos do Hospital Getúlio Vargas (HGV), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, foram evacuados na madrugada desta sexta-feira (29). A retirada de pacientes e funcionários aconteceu após vistoria do Corpo de Bombeiros, que recebeu chamado com relatos de estalos na estrutura do prédio.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, funcionários chamaram a corporação por volta da 1h20. Os bombeiros verificaram rachaduras no prédio e isolaram três blocos. A Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) foi acionada, que realizou vistorias no local e interditou apenas um bloco, onde funciona o ambulatório do HGV - todas as consultas previstas para esta sexta-feira foram canceladas.

Funcionários e pacientes que estavam no local afirmam que ouviram e sentiram tremores na estrutura do prédio. Ninguém ficou ferido e não houve tumultos, ainda segundo os bombeiros. Pacientes e funcionários foram transferidos para outras unidades hospitalares do Estado. Com informações da FolhaPE.



Recebido como um rei na Tupanatinga cruelmente explorada pelo Governo PE
Autor
Adriano Roberto

Recebido como um rei na Tupanatinga cruelmente explorada pelo Governo PE

Nesta quarta, 27 cumprimos mais uma etapa do Ponto de Vista Itinerante que estou apresentando pelas principais emissoras afiliadas à Rede PE de Rádio. Em Tupanatinga, fomos recebidos como um rei pelo diretor da emissora, Odilon Neto e sua mãe, Dona Lúcia. Odilon é neto do o ex-prefeito do município de Tupanatinga, Odilon Teixeira Cavalcanti.

Além da atenção enorme por parte do companheiro comunicador, Rafa Almeida, ainda tivemos o carinho dos ouvintes no meio da rua comprovando a grande audiência que tem o Ponto de Vista na região.

E foi com o povo nas ruas, onde tomamos conhecimento da exploração desenfreada, por parte do Governo do Estado, neste município detentor do maior lençol freático de Pernambuco.  Conhecido como cidade das águas subterrâneas, Tupanatinga está neste momento com todas as vagas hoteleiras ocupadas com homens do exército e funcionários da Compesa perfurando dezenas de poços e distribuindo para mais de 20 municípios da região.

Mas isso não está trazendo benefício algum para os moradores de Tupanatinga e eles reclamam que o prefeito, Silvio Roque (PP), não cobra nada do Governo Estadual para retirar a água e distribuir. Fica aqui nosso repúdio à incenssibilidade da direção da Compesa e do próprio governador que deveria ao menos concertar a PE 270, que dá acesso ao município e se encontra intransitável.

Seria bom que o grupo do saudoso ex-prefeito Odilon, que nos deixou há dois anos, levantassem um legítimo representante de um dos maiores prefeitos que a cidade já teve para acabar com esse descaso, por parte do Palácio do Campo das Princesas, que tem a conivência do atual prefeito do município.



Operação mira 35 suspeitos de integrar milícia no Rio
Autor
Adriano Roberto

Operação mira 35 suspeitos de integrar milícia no Rio

Policiais civis cumprem hoje (28) 35 mandados de prisão preventiva contra suspeitos de integrar milícia que atua na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. A operação coordenada pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense ainda inclui 93 mandados de busca e apreensão.

O grupo é suspeito da prática de dezenas de homicídios nos últimos anos, além da ocultação de cadáveres em cemitérios clandestinos.

A milícia também é conhecida por explorar serviços como TV a cabo clandestina, venda de cigarros e exploração de transporte alternativo, como o serviço de mototáxi.

Cerca de 300 policiais cumprem mandados em Belford Roxo, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, além das cidades de São Pedro da Aldeia (Região dos Lagos) e do Rio de Janeiro.



Câmara de Olinda antecipa segunda parcela do 13º salário
Autor
Adriano Roberto

Câmara de Olinda antecipa segunda parcela do 13º salário

A Câmara Municipal de Olinda paga nesta quarta-feira (27/11) a segunda parcela do décimo terceiro mês e amanhã (quinta-feira) os salários dos funcionários referentes ao mês de novembro.

“Reduzimos custos, otimizamos nosso orçamento e a conquistamos um equilíbrio fiscal que nos permite honrar os compromissos com o funcionalismo numa momento de compras e confraternização da família,” disse o vereador Jorge Federal, presidente da Câmara de Olinda.



DETRAN-PE realiza blitz preventiva alertando sobre como evitar conflitos no trânsito em Caruaru
Autor
Adriano Roberto

DETRAN-PE realiza blitz preventiva alertando sobre como evitar conflitos no trânsito em Caruaru

A Operação Prevenção “segundos que salvam vidas”, desenvolvida pelas Diretorias de Fiscalização, Operações e Atendimento, em parceria com a Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes de Caruaru – DESTRA, desembarcaram hoje (27), em Caruaru, na frente do Shopping Difusora, levando a blitz preventiva, com objetivo de alertar aos condutores sobre como evitar conflitos no trânsito.

Na ação, agentes de trânsito e psicólogas do o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, distribuíram panfletos com dicas de boas práticas, no sentido de evitar acidentes e, até mesmo, morte, resultante de discussão nas vias e contou com o Detran Itinerante, caminhão que disponibiliza serviços, quando houve atendimentos dos usuários com serviços de emissão de Nada Consta, taxas, multas e agendamento.

Segundo a Gerente de Psicomédica e Presidente da Associação Brasileira de Psicologia de Tráfego de Pernambuco – ABRASIT-PE, Juliana Guimarães, o trânsito é um espaço de convivência. “Essa blitz Prevenção “Segundos que salvam vidas” foi pensada para sensibilizar a população na questão de saúde no trânsito, uma vez que, o trânsito é um problema de saúde pública mundial. 

Dados da Organização Mundial de Saúde – OMS, apontam que 5% da população tem hábito comportamental agressivo ao volante e que mais de 90% dos acidentes são causados por falha humana”.

Juliana informou ainda que, 1.35 milhões morrem por ano no mundo, com 30 a 50 milhões de feridos e sequelados. Ela destacou que a morte no trânsito está em 8º lugar no mundo e, no Brasil, está em 5º e 1º em morte de 5 a 29 anos. 

Segundo o gerente de fiscalização, Paulo Paz, para a ação da Operação Prevenção “Segundos que salvam vidas”, que trabalha a forma correta de portar no trânsito, mostrando os perigos de ingerir bebida alcoólica e dirigir, e os cuidados que devem ter com os veículos, pneus, iluminação e equipamentos de segurança obrigatório, foi designado 1 PK, 4 viaturas e 10 agentes, além de profissionais de saúde (psicólogos).  

“Dirigir é um exercício diário de respeito ao próximo. Temos que ter consciência da importância de manter a distância adequada entre os veículos, fazer manutenção nos automóveis. Essas são características de um bom condutor, mais a característica principal é o respeito para uma boa convivência”, ressaltou. Paulo lembra que, no próximo sábado (30), a Operação Prevenção “segundos que salvam vidas”, está das 13h às 17h, no município de Santa Cruz do Capibaribe.