Blog do Adriano Roberto


Começa o Festival de Inverno de Triunfo com a 60ª Festa dos Estudantes
Autor
Adriano Roberto

Começa o Festival de Inverno de Triunfo com a 60ª Festa dos Estudantes

Neste sábado, dia 21 de julho Triunfo inicia a sua 60ª Festa dos Estudantes o seu festival de inverno que integrava o antigo circuito do frio criado no governo Jarbas ainda na década de 90.

O evento é realizado porém desde a década de 60 pelos estudantes Triunfenses que estudavam na capital e realizavam campanha de arrecadação de garrafas para custear as despesas da festa. Mais recentemente teve continuidade no governo Eduardo Campos através do projeto Pernambuco nação cultural, depois passou a ser realizado pela Prefeitura com apoio da FUNDARPE, toda a sua história será mostrada em exposição durante o evento no centro cultural Pe. ibiapina.

Em 2017 o festival foi revigorado pelo prefeito João Batista (PR) e será iniciado na sua versão 2018 com a Banda Biquíni Cavadão as 23 hrs. Atrações como Saia Rodada ( dia 26), Mundo livre SA (27), Adilson Ramos e o rap Projota no encerramento (dia 27), comprovam que a festa é diferente do padrão regional, agradando todos os públicos.

Outro diferencial é a valorização dos artistas Triunfenses, que se apresentam diariamente, em função de lei de incentivo sancionada por Batista, e, não deixam a desejar, a exemplo do radiola Serra Alta de Triunfo com a vocalista Jessica Caetano, com passagem recente por Londres e Rio de Janeiro. Um bom programa a conferir.



Marcha Lula Livre, Lula Inocente chega ao Recife nesta sexta-feira (20)
Autor
Adriano Roberto

Marcha Lula Livre, Lula Inocente chega ao Recife nesta sexta-feira (20)

A “Marcha Lula Livre, Lula Inocente”, vai ser encerrada na tarde desta sexta-feira (20), com ato politico na Praça da Democracia, no bairro do Derby/Recife. A Marcha, em defesa da liberdade de Lula e da democracia, é uma iniciativa do Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST) e da Frente Brasil Popular, com apoio da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE). 

Até sexta-feira (20), a Marcha que teve início na última segunda-feira (16), no Marco Zero de Caruaru, Agreste pernambucano, já passou pelos municípios de Pombos, Vitória de Santo Antão, Bonança e Moreno, onde foram realizadas manifestações. No Dia 20, na chegada em Recife, os movimentos sociais farão um grande ato Lula Livre, Lula Inocente.

O presidente da CUT Pernambuco, Paulo Rocha, destacou a importância de ocupar as ruas no próximo período, com atividades que devem se estender até agosto.  “O movimento sindical e social precisa unir forças para ocupar as ruas e construir um grande dia de mobilização em 10 de agosto, quando iremos dizer um basta de desemprego, de reforma da Previdência, de reforma trabalhista, da sanha política e entreguista que estão sendo cometidas por este governo golpista de Temer", enfatizou.

O dia 10 de agosto será um Dia Nacional de Luta, com atos e paralisações em todo país, organizados pela CUT, CSB, CTB, Força Sindical, Intersindical, Nova Central e UGT. A mobilização pedirá a criação de programas e ações imediatas para enfrentar o desemprego e o subemprego crescentes, a renovação da política de valorização do salário mínimo e a revogação dos retrocessos apontados pelos trabalhadores da "reforma" trabalhista.

Para 15 de agosto, está prevista mobilização em Brasília para marcar o dia do registro da candidatura de Lula à Presidência da República.



Sebastião Oliveira anuncia fim das restrições ao Aeroporto Internacional do Recife
Autor
Adriano Roberto

Sebastião Oliveira anuncia fim das restrições ao Aeroporto Internacional do Recife

O Aeroporto Internacional do Recife está liberado para receber novos voos. Quem dá esta boa notícia é deputado federal Sebastião Oliveira (PR), que participou, na tarde desta quinta-feira (20), em Brasília, da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, que libera o equipamento para continuar ampliando a sua quantidade de operações. 

O documento foi assinado por Antônio Claret, e  José Ricardo Pataro Botelho de Queiroz, presidente da Infraero e diretor-presidente da Anac, respectivamente. O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, fez questão de participar da reunião.

De acordo com Sebastião Oliveira, a medida que impedia novas conexões resultava em perdas incalculáveis para a comunidade aeroportuária e para Pernambuco. “Trabalhamos incansavelmente para sensibilizar a Infraero assinar o TAC. Nosso Estado vai continuar se destacando na rota da aviação aérea nacional e internacional. Tranquilizo toda a população que continuaremos aumentando o número de voos, permitindo que a aviação comercial contribua para o desenvolvimento da economia de Pernambuco”, ressaltou Sebastião Oliveira.

Sebastião Oliveira cita o exemplo da companhia aérea Azul, maior operadoras de voos no Recife,  que estava limitada a realizar 40 operações diárias, quando em dias mais movimentados, esse número pode chegar a 60.  “O Governo de Pernambuco trabalhou forte para trazer o Hub da Azul, inclusive na questão dos incentivos fiscais. Era nosso dever brigar para resolver esta situação o mais rápido possível”, frisou Sebastião Oliveira.



Preço do diesel volta a subir nos postos apesar de subsídio do governo
Autor
Adriano Roberto

Preço do diesel volta a subir nos postos apesar de subsídio do governo

Da Veja - O preço médio do diesel nos postos teve uma leve alta na semana passada, após cinco quedas consecutivas. Foi a primeira vez que o valor subiu desde que o governo cedeu aos caminhoneiros e iniciou um programa de subsídios para baratear o combustível.

O valor médio do diesel nos postos brasileiros atingiu 3,388 reais por litro na semana encerrada em 14 de julho, alta de 0,1% na comparação com o período anterior, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) publicados nesta quarta-feira (18).

O pequeno avanço no preço ocorreu mesmo diante dos esforços do governo, que incluíram redução de tributos, para diminuir os valores e para atender às demandas de caminhoneiros após a greve que parou o país em maio e junho.

Para serem ressarcidos em até 30 centavos de real por litro pela União, conforme o programa de subsídio, produtores e importadores têm de congelar os seus preços de comercialização do diesel em valores estipulados pelo governo federal. Um total de 31 companhias, incluindo a Petrobras, inscreveram-se para participar da segunda fase do programa, em vigor entre 8 de junho e o fim de julho.

Com a leve alta, os preços do combustível fóssil interromperam uma série de cinco quedas que ocorreram após um recorde registrado na semana entre 27 de maio e 2 de junho, de 3,828 reais por litro.

A ideia inicial do governo era conseguir uma redução de 46 centavos no preço do diesel nos postos. Para atingir essa meta, além do programa de subsídios, o governo reduziu tributos federais e contou com uma diminuição das cobranças de ICMS pelos Estados, o que está demorando a acontecer de forma completa.

Gasolina
A gasolina, por sua vez, registrou média nos postos brasileiros de 4,494 reais por litro na semana passada, leve queda de 0,02% sobre a semana anterior, segundo a ANP. O etanol hidratado, concorrente direto da gasolina nas bombas, teve queda 0,9% na semana, para 2,808 reais por litro.



PR se une a centrão e quer definir apoio único à Presidência hoje
Autor
Adriano Roberto

PR se une a centrão e quer definir apoio único à Presidência hoje

Após desistência de aliança com Jair Bolsonaro, o PR de Valdemar Costa Neto decidiu fechar acordo com o centrão para que o grupo apoie candidato único à Presidência.

Dividido entre Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), o bloco quer afunilar para uma decisão final já nesta quinta-feira (19), em café da manhã com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na noite desta quarta-feira (18), caciques dos partidos do centrão participaram de um jantar na casa do senador Ciro Nogueira, presidente do PP. Estiveram no encontro Valdemar da Costa Neto (PR), Paulinho da Força (SD), ACM Neto (DEM) e Marcos Pereira (PRB).

Ao fim do encontro, apesar da indefinição sobre o nome a ser apoiado, havia uma unanimidade: o grupo vai caminhar junto. Costa Neto disse que vai acompanhar o grupo. Os colegas confirmaram.

"É impossível haver divisão. Eu me comprometi que se eu for vencido, vou acompanhar a maioria. Isso já está definido", disse Ciro Nogueira.

Seja qual for o escolhido, participantes do encontro afirmam que o candidato a vice na chapa já está decidido. Saiu como favorito o nome de Josué Alencar (PR), filho do ex-vice-presidente José Alencar. Com informações da Folhapress.



Shopping de Olinda interdita calçada e põe em risco a passagem de pedestres
Autor
Adriano Roberto

Shopping de Olinda interdita calçada e põe em risco a passagem de pedestres

A construção de uma passarela e jardim interditou a calçada de acesso ao Patteo Olinda Shopping forçando os pedestres a andarem no meio da rua correndo risco. A denúncia foi apresentada durante Audiência Pública realizada em junho pela Câmara Municipal para tratar dos problemas de segurança e mobilidade do empreendimento

“Estamos solicitando explicações sobre essa irregularidade aos responsáveis pelo empreendimento e solicitando providências urgentes no sentido de devolver a calçada para uso dos pedestres” disse o vereador Jorge Federal, presidente da Câmara Municipal de Olinda.



Zé Marcos fecha apoio com Rogério Leão e Sebastião Oliveira
Autor
Adriano Roberto

Zé Marcos fecha apoio com Rogério Leão e Sebastião Oliveira

Do blog Belmonte de Verdade - O ex-deputado estadual e ex-prefeito de São José do Egito, José Marcos de Lima, anunciou nesta quarta-feira (11), seu apoio às pré-candidaturas de Rogério Leão para deputado estadual e Sebastião Oliveira para deputado federal. 

Zé Marcos justificou o apoio destacando o trabalho desenvolvido por ambos, em benefício do povo Pajeuzeiro. 

Nesta decisão, acompanham o ex-deputado Zé Marcos, os vereadores Tadeu do Hospital e Albérico Tiago, os ex-vereadores Bal do Riacho do Meio, João Bilú, Davi Teixeira e Neném Dudu, ainda o suplente Damião Pé no Freio.



Odacy do PT retira candidatura ao Governo do Estado
Autor
Adriano Roberto

Odacy do PT retira candidatura ao Governo do Estado

Como é do conhecimento de todos no PT e na sociedade, acredito bastante no protagonismo e na missão do nosso partido nessas eleições e, sobretudo, no papel do presidente Lula, como candidato preferido da maioria do povo brasileiro, cuja liderança e força tem conseguido derrotar a manipulação e a perseguição política sem precedentes que está sofrendo.

Com essas posições, tenho feito a defesa da candidatura própria do PT ao Governo do Estado e por isso me coloquei à disposição do partido para essa disputa. Além disso, sou defensor da inocência de Lula, do seu direito à liberdade e da sua candidatura vitoriosa à presidente da república. Considero que essa é uma prioridade do povo brasileiro e pernambucano, do PT e do país e, nessa condição, deve orientar o nosso posicionamento partidário em todo o Brasil e, naturalmente, em Pernambuco.

Entendo, ainda, que esse é um momento que demanda unidade do PT de Pernambuco em qualquer das alternativas de táticas eleitorais que ao final for adotada, seja a candidatura própria que sempre defendi, ou seja a aliança que vem sendo tentada pela direção nacional do PT.

Para contribuir com essa unidade, estou retirando a minha pré-candidatura ao Governo do Estado. Em seguida a esse gesto, anuncio que vou, de um lado, me dedicar a disputa de um mandato de Deputado Federal e à defesa do PT e de Lula nessa campanha. De outro lado, vou contribuir com o diálogo interno para construir consensos e pactos no PT-PE, lutando para que eles contemplem - também e com prioridade - à região e o povo sertanejo que tenho o orgulho de representar na minha atuação política e que são a razão da minha militância. 

Faço um gesto concreto acreditando que ele possa estimular a todos os petistas a adotar idêntico posicionamento e, com isso, construir uma unidade sólida e vencer os desafios e disputas que temos pela frente até outubro, bem como para assegurar a vitória que, tenho certeza, teremos na eleição nacional e estadual.



Deputados condenados vão representar Congresso durante recesso
Autor
Adriano Roberto

Deputados condenados vão representar Congresso durante recesso

Durante o recesso parlamentar, que começa nesta quarta-feira (18) e segue até o próximo dia 31, a Comissão Representativa do Congresso Nacional contará com a presença de dois deputados condenados pela Justiça: João Rodrigues (PSD-SC) e Celso Jacob (MDB-RJ).

Eles chegaram a ser presos, mas conseguiram a permissão da Justiça para continuarem exercendo seus mandatos na Câmara. Na semana passada, tiveram seus processos de cassação arquivados pela Comissão de Ética da Casa.

Jacob foi condenado em 2006 por falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Três Rios, no Rio de Janeiro. Desde junho do ano passado, passou do regime semiaberto para o aberto, depois de condenação final pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Já Rodrigues recebeu sentença de cinco anos e três meses de reclusão, em regime semiaberto, pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, por fraude e dispensa irregular de licitação para a compra de uma retroescavadeira, em 1999, quando era vice-prefeito de Pinhalzinho, em Santa Catarina, e assumiu a prefeitura interinamente por 30 dias. Atualmente, o deputado tem autorização do STF para trabalhar durante o dia na Câmara.

A Comissão Representativa do Congresso Nacional é uma comissão temporária, integrada por sete senadores e dezesseis deputados, e igual número de suplentes, eleitos pela respectiva Casa na última sessão ordinária de cada período legislativo. Compete ao colegiado:

Zelar pelas prerrogativas do Congresso Nacional, de suas Casas e de seus membros;
Zelar pela preservação da competência legislativa do Congresso Nacional em face da atribuição normativa dos outros Poderes;
Autorizar o presidente e o vice-presidente da República a se ausentarem do país;
Deliberar sobre diversos assuntos de competência do Congresso Nacional;
Fiscalizar e controlar os atos do Poder Executivo;
Convocar ministros de Estados para prestarem informações;
Representar, por qualquer de seus membros, o Congresso Nacional em eventos de interesse nacional e internacional;
Exercer outras atribuições de caráter urgente, que não possam aguardar o início do período legislativo seguinte sem prejuízo para o País ou suas Instituições.



Marina lança plataforma de
Autor
Adriano Roberto

Marina lança plataforma de "vaquinha" para campanha eleitoral

A REDE Sustentabilidade lança campanha para arrecadação em prol da campanha eleitoral da pré-candidatura de Marina Silva à presidência da República. Veja a nota do partido sobre a campnha de arrecadação:

Nesta quarta, lançamos a plataforma de financiamento coletivo e precisamos dar uma boa largada. Não vamos fazer uma divulgação massiva nesse primeiro momento, pois agora é a hora de buscar a contribuição dos mais próximos. Só vamos divulgar com mais força depois que tivermos somado algum volume de doações.

TAREFA PARA TODOS NÓS:  faça o contato um a um. Liguem ou mandem mensagens/e-mail para aquelas pessoas que já tem uma propensão a doar recursos para a Marina e peça que entrem na plataforma (www.doemarina.com.br) e façam a doação nos próximos dias.

A mensagem deve ser direta e personalizada. 

NARRATIVA: Só a Marina pode unir o Brasil e tirar o país do atraso. Mas não basta ser a mais preparada e a mais honesta. Precisamos ter recursos para realizar uma campanha vencedora que faça frente aos grandes partidos. Só a mobilização das pessoas pode equilibrar essa disputa e levar a história e as ideias da Marina para milhões de brasileiros.

OBS: A doação máxima pela internet é de R$ 1.064. Se a pessoa quiser doar mais do que esse valor, deve entrar em dias diferentes e doar R$ 1000 a cada dia, até somar o valor que ele quer doar.



MPCO aponta ilegalidade na nomeação do procurador geral de Camaragibe
Autor
Adriano Roberto

MPCO aponta ilegalidade na nomeação do procurador geral de Camaragibe

O prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), recebeu um “alerta de responsabilização” do Tribunal de Contas do Estado (TCE), sobre a ilegalidade da nomeação e exercício no cargo do procurador geral do Município de Camaragibe, Luís Rogério Lins e Silva.

O pedido partiu do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), após receber uma denúncia de cidadão do município, sendo acatado pela relatora das contas de Camaragibe, conselheira Teresa Duere.

A procuradora geral do MPCO, Germana Laureano, apontou a ilegalidade da nomeação, pois está em desacordo com a Emenda 1 da Lei Orgânica, aprovada em 2016. A Emenda exige que o procurador geral do Município tenha mais de 30 anos de idade e cinco anos de experiência profissional.

Em investigação preliminar do MPCO, foi constatado que o advogado Luís Rogério Lins e Silva, nomeado pelo prefeito em fevereiro como procurador geral, tem apenas 27 anos de idade, não atendendo ao exigido pela Lei Orgânica.

“A nomeação atenta contra o princípio da legalidade e pode caracterizar, em tese, crime de responsabilidade e improbidade”, aponta a procuradora geral do MPCO.

Notificado para se manifestar sobre a questão, o prefeito Demóstenes Meira disse que a Emenda da Lei Orgânica era “nula”, defendendo a validade da nomeação.

Contudo, a conselheira Teresa Duere concordou com o MPCO, apontando que a Prefeitura não apresentou nenhuma medida judicial sobre a suposta nulidade da Emenda. Para a relatora, a Emenda deve ter sua presunção de legalidade, não podendo ser desconsiderada pelo prefeito, sem o aval do Poder Judiciário.

O TCE indicou no “alerta” que o prefeito pode estar cometendo crime de responsabilidade, ao manter no cargo uma pessoa nomeada de forma ilegal.

“O prefeito pode ser sancionado nas contas anuais”, aponta a relatora.

O “alerta” foi protocolado na Prefeitura em 10 de julho, através de ofício assinado pela conselheira Teresa Duere.

O MPCO está acompanhando as medidas adotadas pela Prefeitura, após esta receber o ofício do TCE.



Eita! Os Ferreiras de novo! Agora com o pessoal da Novas de Paz
Autor
Adriano Roberto

Eita! Os Ferreiras de novo! Agora com o pessoal da Novas de Paz

O Ministério Público Eleitoral em Pernambuco ajuizou três novas ações no Tribunal Regional Eleitoral contra o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR), o deputado estadual André Ferreira (PSC) e Clarissa Tércio (PSC).

Eles são acusados de propaganda eleitoral antecipada, embora Anderson não seja candidato a nada.

Os irmãos Anderson e André Ferreira teriam participado de uma espécie de “showmício”, em abril deste ano, que contou com apresentação da cantora evangélica Cristina Mel, indicada três vezes ao Grammy Latino.

No evento, diz a representação, Anderson Ferreira fez propaganda eleitoral em benefício do irmão (presente no palco) e do pai, Manoel Ferreira (PSC), que é candidato a deputado estadual, dizendo o seguinte:

“Agora eu tenho convicção que um Ferreira vai para Câmara Federal, em nome de Jesus, continuar aquele trabalho que nós tínhamos feito. O André é candidato a deputado federal, mas o meio político do Estado de Pernambuco, que vocês sabem como está, está querendo levar ele pra um lugar ainda maior (o Senado). Amém! Pra Senador, primeiro senador evangélico em Pernambuco. (…) Nosso pai, Manoel Ferreira, não pode deixar essa cadeira sozinha e vai vir para deputado estadual”.

Já Clarissa Tércio teve sua imagem divulgada por meio de cartazes de grande porte (18 outdoors, em vias públicas), ao custo total de R$ 22.400,00.
As peças publicitárias, diz o Ministério Público Eleitoral, continham sua imagem e nome, com o seguinte texto: “Ouça Clarissa Tércio na Rádio Novas de Paz, 101.7 FM e 91.3FM”.

“Sabe-se que ela é ‘pré-candidata’ a deputada estadual nas eleições de 2018, tanto que, em março deste ano, filiou-se ao Partido Social Cristão (PSC). Os outdoors já foram retirados por determinação de um dos juízes eleitorais da Comissão de Propaganda Eleitoral do Recife, mas o Ministério Público Eleitoral busca condenação da pré-candidata por propaganda antecipada”, diz a representação.

Para o procurador regional eleitoral substituto em Pernambuco, Wellington Cabral Saraiva, propaganda antecipada gera desigualdade na eleição e causa prejuízo aos candidatos que não dispõem dos mesmos recursos econômicos para se promover.